Redação E-Commerce Brasil

Coronavírus: pesquisa revela hábitos de consumo durante a quarentena

Segunda-feira, 23 de março de 2020   Tempo de leitura: 3 minutos

A disseminação da Covid-19, mais conhecida como Coronavírus, fez o mundo ficar em alerta e todas as projeções da economia para este ano estão sendo recalculadas. Dificilmente escaparemos de uma nova recessão global.

De acordo um levantamento divulgado pela Kantar, líder global em dados, insights e consultoria, o impacto imediato já pode ser percebido. Há quatro semanas o relatório Focus, do Banco Central, indicava um crescimento para 2020 de 2,23%. Mas no dia 13 de março, a previsão foi reduzida para 1,68%. Por enquanto, a expectativa para 2021 permanece em 2,5%.

Ainda segundo o levantamento, os principais setores afetados são turismo, hospitalidade (áreas que viram as ações despencarem 70% no último mês) e aviação (com uma queda média de 78%).

Outros setores também serão impactados, como commodities, petróleo e varejo. O motivo é o reflexo dessa crise no mercado chinês (que reflete no mundo todo) ou pelas medidas de quarentena.

Consumidores preocupados

No Brasil, o risco para a cesta de bens de consumo massivo (FMCG) é de recessão devido à pandemia. Os números indicam que 77% dos consumidores afirmam estar muito preocupados com o Covid-19. A maior preocupação é com relação à saúde dos filhos (21% deles), à saúde dos idosos da família (17%) e à saúde da população em geral (16%).

Hábitos de consumo

74% dos que participaram da pesquisa garantem sair da quarentena apenas para o necessário, como bancos e supermercados. 67% deixaram de frequentar bares e restaurantes e 66% de ir a shoppings e parques.

Entre as atitudes que estão sendo consideradas, 27% buscam alimentos mais saudáveis e nutritivos, 21% alimentos frescos e os mesmos 21% produtos de limpeza, enquanto 20% pretendem estocar alimentos básicos e comprar remédios para gripe e resfriado.

Informação

O estudo abordou também o acesso à informação. 77% dos brasileiros confiam na TV para se atualizar sobre o coronavírus. 66% não estão cientes que alguns canais por assinatura estão abertos sem custo. E 60% desconhecem o aplicativo com informações sobre a doença.

Leia também: o impacto da Covid-19 no  e-commerce

Em contrapartida, 93% sabem que os campeonatos de futebol foram cancelados. E 76% sabem que museus, teatros e cinemas não funcionarão nos próximos dias. O levantamento completo revela, ainda, os hábitos dos consumidores sobre o acesso à vídeos, TV e às redes sociais, como twitter.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.