Redação E-Commerce Brasil

Como usar o WhatsApp como uma ferramenta de venda?

Terça-feira, 24 de agosto de 2021   Tempo de leitura: 2 minutos

Pedro Ivo Martins, CRO da Dito, falou durante o The Future of E-Commerce Enterprise sobre as vendas pelo WhatsApp no varejo omnichannel.

palco do e-commerce brasil - Pedro Ivo Martins TFOE Enterprise
Pedro Ivo no palco do E-Commerce Brasil e Vivianne Vilela/Foto: Ronaldo Huhn

Como projetar resultado? Segundo ele, é necessário alguns indicadores, tais como: número de vendedores, número de contatos, taxa de conversão e ticket médio.

“Trata-se de uma projeção. Não existe promessa em termos de estratégia”, alerta o executivo. Isso porque na prática cada segmento pode responder de uma forma diferente.

Martins explicou ainda que variáveis são dependentes de benchmark: número de contatos e taxa de conversão.

Ele recomendou que para as marcas que estão começando a engajar, 16 contatos por dia com os clientes da base são ideais. Já para as intermediárias, 32, e para as avançadas ou maduras, 48.

“Quando fizer a projeção, faça-a conservadora, com os dados de principiantes”, ele completa.

Seguindo essa estratégia, a taxa de conversão para os iniciantes deve ser de 3,1%, ou seja, a cada 100 pessoas impactadas, 3 vão virar clientes de venda ativa por WhatsApp. Para os intermediários: 6,3%. Avançados/maduros: 9,8%.

Contato por ano

Outro benchmark que ajudam a conferir se a calculadora está viável: número de contatos recebidos por ano. Ele orienta que a baixa quantidade de contatos (menos de 8 por ano), pode significar uma base pouco explorada. Já muitos contatos (mais de 16 por ano), pode significar uma base estressada, que desiste da marca.

Estão inclusos nesses contatos as mensagens de boas-vindas, de pós-venda, solução de problemas, relacionamento com o consumidor, entre outros.

Confira a apresentação de slides disponibilizada pelo palestrantes:

The Future of E-Commerce – Enterprise | Venda ativa via WhatsApp no varejo omnichannel from E-Commerce Brasil

Leia também: Digitalização é o centro da estratégia omnichannel, diz CMO da JET.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER