Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Como transformar cliente em fã de uma marca?

Terça-feira, 02 de abril de 2019   Tempo de leitura: 3 minutos

Em sua apresentação durante o Ads&Performance 2019, Bruno Gobbato, especialista em customer experience e customer service, mostra logo de início uma marca que remete à infância para a maioria dos brasileiros: a Brinquedos Estrela. “Esta imagem nos traz uma forte memória afetiva”, define.

Ele afirma que as lembranças trazidas pela Brinquedos Estrela estão relacionadas a sentimentos de afeição que diferenciam um simples cliente de um fã. “Para um cliente, a relação com uma marca é simplesmente transacional, ele é mais sensível a valores. Já o fã entende o preço de forma diferente e aprecia profundamente a sua empresa”, explica.

O que transforma um cliente em fã?

Para Gobbato, alguns fatores são essenciais para fazer de um simples cliente um verdadeiro fã. Em primeiro lugar, produtos relevantes e duráveis são fundamentais, assim como o relacionamento com o consumidor – que deve ser próximo – e a coerência da marca. Em seguida, estão a integridade e a transparência, que geram confiança.

Também é importante promover experiências únicas que se traduzem em encantamento. “Faça com que ele [o cliente] se sinta único e importante de alguma forma”, explica. Finalmente, ele aponta a inovação e a criatividade como fatores imprescindíveis para atrair novos fãs: “É preciso sempre investir em novidades e tecnologia”.

O executivo trouxe como grande exemplo de fãs o case Falcon, o primeiro boneco para meninos lançado em 1977. “É um brinquedo muito masculino, um cara muito durão”, diverte-se. Ele afirma que, nos últimos anos, muitos pediram a volta da comercialização do boneco, mas um consumidor fez diferente e propôs uma parceria para fazer o relançamento por meio de uma linha de montagem terceirizada, em um processo que teria risco zero para a Estrela.

“Esse cliente, que na verdade é um fã, foi um dos primeiros a receber o novo Falcon”, conta o executivo a respeito do relançamento em 2017. Ele também mencionou outro fã que, após entrar em contato com a empresa por e-mail, contribuiu de forma muito importante para o design das novas embalagens do Falcon. “O que essas histórias trazem de aprendizado é que é preciso deixar o fã participar, fazer junto”, resume.

Outro case importante foi o retorno do Ferrorama. A empresa desafiou os fãs “a provarem a sua fé no relançamento do produto”, nas palavras de Carlos Tilkian, presidente da Brinquedos Estrela. Para tanto, eles teriam que percorrer o último trecho do Caminho de Santiago de Compostela – cerca de 20 km – com o trem.

Quando o trem chegasse, o brinquedo seria finalmente relançado. E assim foi. Os fãs percorreram o caminho montando e desmontando trilhos e movendo incessantemente o trenzinho, como mostra o vídeo abaixo. Com o desafio concluído, em 2010 o brinquedo voltou ao mercado.

Por Marina Rodriguez, em colaboração para E-Commerce Brasil.

 

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.