Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Como o livestreaming está transformando o e-commerce na China

Sexta-feira, 05 de abril de 2019   Tempo de leitura: 6 minutos

Talvez não exista outro mercado no mundo onde o comércio e o entretenimento sejam mais integrados do que na China. O país está liderando o mundo ao usar o livestreaming para envolver os consumidores em plataformas de comércio eletrônico, onde os influenciadores utilizam o meio para dar vida aos produtos quando — poderiam ainda estar estáticos em uma página da web, por exemplo. E a prova de que a estratégia está funcionando: o Taobao Marketplace da Alibaba gerou mais de 100 bilhões de RMB (US$ 15,1 bilhões) em volume bruto de mercadorias em 2018, um aumento de quase 400% ano a ano.

A China tem o maior mercado de livestreaming do mundo. Ela alcançou US$ 4,4 bilhões em 2018, com um crescimento de 32% ano a ano, de acordo com um relatório da Deloitte. O mesmo relatório estimou que o número de espectadores de livestream no ano passado na China totalizou 456 milhões.

Como a China é diferente

Embora a maior parte das plataformas de transmissão ao vivo no Ocidente esteja focada em jogos e entretenimento, a transmissão ao vivo é a opção ideal para os consumidores chineses quando procuram novos produtos e decidem o que comprar. É uma parte essencial da jornada de descoberta, ao contrário dos consumidores nos EUA e na Europa. Talvez não surpreenda que o Taobao também seja uma comunidade de conteúdo: é o lar de mais de 4.000 hosts de transmissão ao vivo, que geram 150 mil horas de conteúdo diariamente. E mais de 80% deles são mulheres na plataforma. Como as transmissões ao vivo ocorrem em plataformas de e-commerce na China, os fãs podem comprar os itens que veem imediatamente no mesmo aplicativo. No Taobao, os clientes podem comprar diariamente mais de 600 mil produtos por meio do livestream.

E o livestreaming é o principal meio para os principais líderes de opinião (KOLs) engajarem seu público na China. No país, os fãs podem fazer perguntas sobre os produtos, postar comentários para os anfitriões e até enviar presentes virtuais como agradecimento enquanto assistem ao livestream. Plataformas como Youtube e Instagram ainda não escalaram atividades de transmissão ao vivo para KOLs.

Conteúdo diverso é outro ponto de diferenciação. Na China, enquanto a moda e a beleza continuam sendo as principais categorias de transmissão ao vivo, praticamente qualquer categoria é um jogo justo para os fluxos de vídeo. Os anfitriões conversam sobre as últimas tendências de beleza, experimentam diferentes itens de moda, apresentam alimentos mais populares, exibem pulseiras de jade dos mercados de joias locais e até mesmo comem suas sopas de macarrão favoritas.

Em particular, o livestreaming de produtos frescos está ganhando popularidade, já que a proveniência do produto é importante para os consumidores chineses. Os anfitriões de livestream demonstram frequentemente como os fazendeiros escolhem os vegetais e capturam peixes vivos de um rio próximo. Os espectadores podem fazer perguntas e pedidos enquanto assistem à transmissão ao vivo.

Conteúdo interessante atrai uma base de fãs descomunal para os principais hosts. “O comércio eletrônico se tornou popular, especialmente entre as consumidoras das cidades de menor nível e das áreas rurais. Essas mulheres tratam os canais como seus amigos íntimos, alguém para quem podem pedir conselhos sobre produtos, cujas recomendações elas confiam”, disse Lauren Hallanan, vice-presidente do Meet Group, uma plataforma líder global de entretenimento social. “Para muitos deles, a compra de produtos por meio de livestreaming já se tornou um hábito e só vejo essa tendência crescendo mais forte no futuro”.

Viya, conhecida por sua capacidade de vender centenas de milhões de RMB em produtos em uma sessão, atrai regularmente milhões de espectadores para seu fluxo diário no Taobao. Crítico de beleza, Austin Jiaqi Li, ou o “Batom Brother”, experimenta 300 batons por dia. Ele vendeu 15 mil batons em 15 minutos. Os batons que ele apresenta geralmente são vendidos em diferentes plataformas de comércio eletrônico pouco depois de uma de suas transmissões.

Assista ao vídeo de Austin Li clicando aqui.

Como as marcas internacionais estão se recuperando

Marcas internacionais estão tomando nota do poder do livestreaming. A Lancôme trabalhou com a Viya para apresentar seus produtos em uma sessão ao vivo em março deste ano para o Dia Internacional da Mulher, vendendo produtos no valor de RMB 10 milhões. Durante as principais festas de compras chinesas, o livestreaming é uma forma envolvente de as marcas internacionais alcançarem seus clientes. Para o 11.11 Global Shopping Festival em novembro passado, a Tmall apresentou seu terceiro desfile “Veja agora, compre agora”, com marcas como Guess, Clarks e Anna Sui, onde os consumidores chineses podiam encomendar itens diretamente da pista enquanto transmitiam no aplicativo Taobao.

Apesar disso, o livestreaming não é apenas para marcas estabelecidas. Ele também ajuda os consumidores chineses a explorar marcas de todo o mundo. A fabricante americana de bolsas Welden vendeu US$ 300 mil na GMV durante uma sessão de dois dias no Taobao no ano passado — 1,7 milhões de espectadores sintonizaram com o canal.

O futuro do novo varejo de livestreaming

Semelhante à integração do varejo online com o offline, o livestreaming ainda tem um enorme potencial para se tornar a norma para o comércio na China, unindo experiências online e offline. Houve uma mudança visível no livestreaming de salas de transmissão para lojas de varejo offline, fazendas locais e fábricas de vestuário no Taobao. Por exemplo: por meio da transmissão ao vivo no Taobao, a startup Shopshops, com sede em Nova York, está ajudando os consumidores chineses a descobrir butiques locais nas principais capitais da moda em todo o mundo. Marcas internacionais têm uma oportunidade única de usar transmissões ao vivo para trazer os consumidores chineses para suas lojas próprias no exterior, estúdios de design de vestuário ou até mesmo festivais de música.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.