Redação E-Commerce Brasil

Comércio eletrônico deve crescer 32% em 2021, estima XP Investimentos

Quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021   Tempo de leitura: 1 minuto

Em 2021, o comércio eletrônico deve continuar em alta, após o aumento exponencial no ano passado devido à pandemia de Covid-19. Neste ano, a alta deve ser 32%, segundo expectativa do relatório da XP Investimentos.

O levantamento mostra que o mercado ainda tem espaço para a expansão no Brasil. Em 2019, por exemplo, a taxa de penetração das vendas online ficou em 6%. No ano passado, esse índice fechou em 9%.

A maior contribuição para esse resultado veio do segmento de eletrônicos, que registrou um quarto de todos os pedidos. Na sequência, a categoria de jogos contribuiu cerca de 19%.

O relatório também ressalta que, diferente de outros países, como Estados Unidos e China, onde uma única companhia domina o e-commerce, no Brasil existe uma forte concorrência interna — com marcas fortes e consolidadas — além da concorrência externa, como Amazon e Alibaba.

Parte desse crescimento está ligado aos serviços financeiros oferecidos pelas empresas, como carteiras digitais e cashback, segundo o levantamento. Outra tendência que deve se fortalecer é o ‘figital‘, união dos termos físico e digital.

Leia também: Reino Unido estuda implantação de imposto sobre comércio eletrônico

Fonte: CNN Brasil

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.