Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Clientes preferem assistência humana em situações complexas, aponta pesquisa

Sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019   Tempo de leitura: 3 minutos

As empresas têm focado seus esforços cada vez mais na transformação digital para oferecer a melhor experiência aos seus clientes e, consequentemente, obter melhores resultados. Porém, mesmo com o crescente investimento em novas tecnologias, o grande desafio das organizações é o de combinar interações tecnológicas e humanas no atendimento. Afinal, há consumidores que ainda preferem a assistência humana em diversas situações.

Clientes ainda preferem assistência humana para resolver problemas complexos

Pesquisa sobre transformação digital, encomendada pela Avaya, junto à IDC (International Data Corporation), mostra que, ao realizar ações, como registrar uma reclamação, buscar auxílio, retornar um produto e solicitar um serviço, por exemplo, os clientes ainda preferem falar com um ser humano.

O estudo também apontou que os clientes alternam entre a preferência de falar com humanos ou com o atendimento automático. Ou seja, combinar as habilidades humanas – como criatividade e empatia – com a capacidade de processamento das máquinas, abre uma gama maior de possibilidades às empresas em oferecer a melhor e mais completa experiência possível aos clientes.

Desafio

“As novas tecnologias – especialmente a inteligência artificial – podem ser grandes aliadas para reduzir custos e melhorar a experiência do consumidor, mas temos um desafio que é entender como aliar a expertise humana com a tecnologia para obter resultados cada vez mais satisfatórios. Dessa forma, é importante que as organizações estabeleçam uma estratégia multichannel e omnichannel, respeitando as necessidades, o contexto e desejos dos consumidores”, apontou Marcio Rodrigues, presidente da Avaya no Brasil.

Nesse sentido, o estudo constatou ainda que mais de 1/3 das organizações encaram como um desafio a combinação de interações digitais e humanas.

“Ainda é importante que as companhias não só invistam em tecnologia, mas que também tenham ferramentas que, mesmo sem qualquer interação humana, passem confiança ao cliente. Afinal, sem essa segurança, não há adesão”, conclui o executivo.

A pesquisa foi realizada com 800 empresas de 15 países, incluindo o Brasil. Para ler o conteúdo na íntegra em inglês, acesse aqui.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.