Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

ClearSale realiza primeira Black Friday 100% na nuvem

Quarta-feira, 15 de dezembro de 2021   Tempo de leitura: 5 minutos

Por causa da Black Friday, o final do mês de novembro é uma das épocas que mais geram transações no e-commerce brasileiro – e, com isso, existe uma preocupação para análises exatas com relação às fraudes. Além de todo um trabalho para que as empresas possam focar apenas em vender com qualidade, sem criar fricções e prejudicar a experiência do cliente.

Em 2021, a ClearSale se preparou de uma forma bastante extensa para o evento. E os resultados ficaram acima do esperado, considerando a quantidade de pedidos para a data: houve 100% de disponibilidade para os clientes, garantindo durante todo o período da Black Friday, uma jornada sem intercorrências.

Mas qual é o conceito de 100% de disponibilidade? Basicamente, é suportar toda a volumetria de pedidos, que nesta Black Friday superou a marca de 7,3 milhões, sem que haja nenhum problema no servidor. Em outras palavras, toda a inteligência, ferramentas e os produtos da ClearSale não tiveram ruídos diante da quantidade milionária de pedidos.

“Importante dizer que essa métrica não atinge apenas um número pequeno de clientes, mas sim toda uma base grande e robusta – na última divulgação de resultados, passamos o número de 5 mil clientes. O trabalho para essa quantidade é muito difícil, claro, mas o resultado é muito mais satisfatório. Causar esse impacto em praticamente todos os principais players do mercado, na maior data do e-commerce brasileiro, é um fato relevante para poucas empresas. Orgulho em saber que a ClearSale é uma delas”, relata Omar Jarouche, Diretor de Marketing e Soluções.

Por fim, é importante ressaltar que tudo foi realizado com a mobilização de cerca de 35% da área de TI, que se revezaram em salas virtuais de monitoramento desde a quinta-feira até a noite de sábado. Após o período mais crítico da data, houve revezamento do time em formato de plantão.

Testes começaram há quase quatro meses

Claro que, para resultados com qualidade, há todo um planejamento desenhado por vários meses. Desde o começo de agosto, houve intensificação dos testes de stress, com períodos que variavam entre uma e duas semanas. A partir de outubro, esses mesmos testes passaram a ser realizados semanalmente. Já no começo de novembro, a ClearSale chegou ao total de três dias de teste na mesma semana.

Durante essas verificações, foi possível realizar alguns ajustes, o que impactou diretamente no aumento da capacidade e da quantidade de instâncias de servidores, seja em aplicação ou bancos de dados. Outro destaque do período é que foi no decorrer desses processos que mais um aprimoramento relevante foi finalizado: a migração completa para a nuvem.

Black Friday 2021: a primeira 100% realizada na nuvem

Além do 100% de disponibilidade, essa foi a primeira Black Friday que a ClearSale atuou 100% na nuvem. A melhoria proporcionou mais flexibilidade para ampliar a estrutura da empresa de forma ágil e robusta. Assim, suportando os elevados volumes de transações e processamentos a cada minuto.

Graças ao aumento de servidores, foi possível isolar ou dedicar alguns deles para componentes mais usados ou que demandam mais recursos, sejam eles processamento de modelos estatísticos, de regras de decisão ou processos automatizados de detecção de ataques. Além disso, estar na nuvem também gerou aumento da capacidade dos sistemas de integração e da plataforma de análise.

Leia também: E-commerce fatura R$ 4 bilhões na Black Friday, alta de 4,5% em relação a 2020

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER