Redação E-Commerce Brasil

Cade aprova compra do Grupo Zap pela OLX Brasil

Quinta-feira, 17 de setembro de 2020   Tempo de leitura: 2 minutos

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou a compra do Grupo Zap, que atua como portal imobiliário virtual, pela OLX Brasil. Ao examinar o possível impacto do negócio na competitividade, a superintendência identificou que não existem barreiras legais ou regulatórias que impeçam ou possam retardar a entrada de novos agentes no mercado de classificados online.

“Além disso, a tecnologia e a mão-de-obra necessárias para que um entrante opere nesse mercado estão disponíveis”, destacou em nota. Assim, o negócio não deverá prejudicar a competitividade no segmento. Por fim, o Cade concluiu que as plataformas de classificados online imóveis da companhia compradora têm a possibilidade de restringir o acesso de softwares de terceiros.

Negócio fechado

“Todavia, ao fazê-lo as plataformas tenderiam a perder os clientes que utilizam softwares de terceiros para melhor gerir os seus leads”, apontou o órgão. “Dessa forma, embora as requerentes tenham capacidade de discriminar os softwares imobiliários de terceiros no interior de suas plataformas não há racionalidade econômica para a implementação dessa conduta”, completou.

Com o despacho, a operação foi aprovada pelo Cade sem a necessidade de julgamento no tribunal do órgão antitruste.

Leia também: Bradesco e OLX firmam parceria para financiamento de imóveis pela internet

As informações são do Valor Econômico

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.