Projeto mantido por:

  Redação E-Commerce Brasil

Brinquedos cresceu 6,2% e indústria nacional busca 70% de mercado até 2021

Terça-feira, 06 de março de 2018   Tempo de leitura: 4 minutos

A última década representou para o setor quadro de seguido crescimento. Estatística da ABRINQ registra faturamento de R$ 6.391 bilhões em 2017, crescimento de 6,2% em relação ao ano anterior, que foi de R$ 6.018 bilhões. Nos anos de 2014, 2015 e 2016, também foram períodos de significativo crescimento.

Em número de empregos diretos e indiretos gerados, o ano fechou favoravelmente ao setor, que teve em 2017, 33.791 postos contra 32.681 no ano de 2016, com 406 fábricas no país.

Entre os desafios da indústria para alcançar 70% do mercado nacional até 2021, o presidente da ABRINQ, Synésio Batista da Costa, cita como essenciais: a alteração no modelo de defesa comercial, estímulos na proteção dos trabalhadores nas fábricas da Ásia, criação de empregos no Brasil, combate ao “errado”, ao subfaturamento nas importações e à concorrência desleal. Segundo ele, junto à sociedade também é necessário “lembrar às famílias a importância de seus filhos brincarem, valorizando o ato de brincar”.

ABRIN – Feira Internacional de Brinquedos começou nesta segunda-feira, 5 de março, e vai até o dia 8 no Expo Center Norte, em São Paulo.

É a terceira maior feira do setor do mundo e a maior da América Latina, responsável por promover 25% dos negócios do ano. Esta edição apresenta cerca de 1.500 lançamentos – entre brinquedos em geral, colecionáveis e educativos, jogos, pelúcias, artigos para festas, fantasias, puericultura leve e pesada, entre outros – que começam a chegar às lojas de todo o País nos próximos meses.

Números da feira:

Expositores: 130

Lançamentos: 1.500

Público esperado: 15.000 profissionais do setor (feira não aberta ao público)

Rodadas de negócios

Nos dias 6 e 7, a ABRIN realiza 400 reuniões agendadas entre empresas expositoras e compradores convidados do Distrito Federal, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo (capital e região metropolitana). As reuniões acontecem fora dos estandes, num ambiente reservado e exclusivo.

Pequenas empresas 

A ABRIN abre oportunidade para 16 pequenos fabricantes participarem de uma feira de porte internacional por meio de projetos especiais de estandes, com tamanho entre 9 e 20 metros e montagem padronizada. Desse modo, as empresas conhecer a feira pela primeira vez ou ganhar corpo para retornar com estandes maiores.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER