Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

95% dos brasileiros revelam falta de apego a produtos, lojas ou marcas, aponta estudo

Sexta-feira, 18 de outubro de 2019   Tempo de leitura: 3 minutos

De acordo com o levantamento da Nielsen Brasil, menos de 5% dos brasileiros realmente são super leais a marcas, lojas e produtos. Com o consumidor cada vez menos fiel, são as marcas líderes que estão sendo mais impactadas, perdendo a preferência. No total das cestas medidas pela Nielsen, 68,3% das líderes perderam penetração.

O movimento mais acentuado ocorreu em produtos de Higiene & Beleza (85%), Alimentos (75%) e Limpeza (71,4%). Apenas em Bebidas houve maior entrada das marcas desenvolvidas (58,8%). “Com uma rotina mais rápida e dinâmica, está muito mais fácil mudar e mais difícil se comprometer com marcas de produtos de consumo ou formatos varejistas”, afirmou a líder da Indústria de Alimentos da Nielsen Brasil, Cristina Alvarenga. “E o principal fator que contribui para isso é um ambiente de consumo que incentiva a troca ou experimentação. Há mais opções de produtos, novos formatos de lojas, canais e formas de compra, lançamentos de novos itens, maior mix entre os canais”, acrescentou.

Um exemplo de como o ambiente de consumo está mais competitivo é o crescimento do número de lojas: 15% entre 2011 e 2019, bem superior à expansão populacional (7%). A consequência disso é o aumento de diferentes pontos de venda sendo visitados, 8 atualmente, contra 5 em 2013. Nesse contexto de disputa pelo bolso do consumidor, são lançados mais itens novos do que descontinuados: a média de itens por loja aumentou 5% no último ano.

Acertar nas estratégias

O estudo também indicou que marcas desenvolvidas perderam mais repetidores do que a média, 52,2% contra 44%. Isso mostra que a indústria e o varejo precisam conhecer mais e procurar falar a mesma língua dos seus consumidores. “O consumidor está menos apegado ao conhecido. Quase metade dos participantes da pesquisa mencionaram que amam experimentar coisas novas”, reforçou Cristina.

Uma maneira de atrair o cliente de forma assertiva é planejar estrategicamente promoções, levando também em conta objetivos de relação longo-prazo. O estudo mostrou que das marcas que intensificaram promoções acima da média e ganharam share, 82% também ganharam penetração, 57% conquistaram lealdade e 48%, repetidores. Porém, apenas 34% das marcas conseguiram incrementar os três pontos no longo prazo.

Conhecer o consumidor

Para a indústria e varejo, a principal conclusão da Nielsen é que eles precisam repensar a forma de trabalhar em conjunto. Também precisam conhecer e estudar o consumidor, atingi-lo de forma direcionada, oferecendo mix de produtos assertivos, programas de fidelidade, ações regionais, promoções relevantes, entre outras opções. Em uma só linha: se reinventar de maneira dinâmica, atenta e com os ouvidos colados em seu consumidor.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.