Redação E-Commerce Brasil

Brasileiros pretendem gastar mais no Dia dos Pais do que gastaram com namorados

Quarta-feira, 21 de julho de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

Os brasileiros pretendem gastar em média R$ 245 com o presente do Dia dos Pais, um valor superior ao apontado no estudo feito para o Dia dos Namorados que foi de R$ 240 e para o Dia das Mães de R$ 210. Os dados são de uma pesquisa realizada pela plataforma de e-commerce Shopee reuniu mais de 3.800 brasileiros de todas as regiões do país.

A maior parte do grupo entrevistado nesta pesquisa (60%) faz compras online há mais de um ano, é mulher (67%) e com faixa etária entre 31 e 45 anos. Outro dado é que 70,5% dos participantes costumam usar o e-commerce para comprar presentes em datas comemorativas.

Dia dos Pais
Maioria dos entrevistados (60%) faz compras online há mais de um ano, é mulher (67%) e com faixa etária entre 31 e 45 anos

Os resultados revelam ainda um comportamento de consumo onde quem compra online há mais tempo tende a gastar mais: R$ 263 será o ticket médio de gasto para quem compra na internet há mais de um ano; R$ 226 para compradores de 6 meses; e R$ 204 para quem está há menos de 6 meses comprando no universo digital.

Para o Dia dos Pais, a pesquisa revelou que 70,5% dos participantes confessaram estar indecisos sobre o que presentear e 53,7% planejam comprar algo com duas semanas ou mais de antecedência.

No estudo, 60,5% dos entrevistados afirmaram considerar importante o preço acessível e a boa relação de custo-benefício na hora de buscar opções de presente, seguidos de 15% que preferem escolher algo que a pessoa deseja ganhar.

O estudo também apontou os quatro principais fatores que fazem os consumidores irem às compras online, onde 66% responderam que são motivados por cupons de frete grátis; 57,1% afirmaram que são os preços baixos, 56,6% as promoções, e 54% a variedade de produtos disponíveis.

Quando questionados sobre os produtos que estão na intenção de compra para o Dia dos Pais, os entrevistados revelaram uma lista de itens preferidos: calçados (sapatos, tênis) com 16% das intenções de compra, seguidos de acessórios (relógio, carteira, óculos, boné), joias, esportes, câmeras e acessórios, eletrodomésticos, saúde e beleza, acessórios para veículo, informática, comida e bebida.

Leia também: E-commerce tem alta de 13% nas vendas e de 24% no faturamento no 1º semestre

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER