Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Número de tentativas de fraude aumentaram 51% nesta Black Friday, diz ClearSale

Quarta-feira, 29 de novembro de 2017   Tempo de leitura: 4 minutos

De acordo com dados da ClearSale, empresa de antifraude para o comércio eletrônico, foram evitadas 4796 tentativas de fraude durante a Black Friday 2017, que somadas atingiriam R$7.009.191,00 em prejuízo para os varejistas. Em relação ao ano anterior, o valor apresenta um aumento de 51%.

A empresa, responsável por analisar 85% das transações do e-commerce brasileiro, identificou que o ticket médio das fraudes evitadas alcançou R$1.461 – 47% a mais que em 2016. Segundo a ClearSale, as categorias mais buscadas pelos fraudadores este ano foram Celulares, Vestuário e Eletrônicos.

Quanto à localização dos fraudadores, a maioria deles se encontra na região Norte, o que reforça o dado divulgado pelo Mapa da Fraude de 2016, que mostrou que a região lidera o ranking nacional. Já do lado das vítimas, 31% tem entre 21 e 30 anos, 27% possuem entre 31 e 40 anos e, do total, 56% são homens.

Os números são representativos, mas não precisam gerar pânico, diz Omar Jarouche, gerente de soluções e planejamento da ClearSale. “A Black Friday apresenta um crescimento no volume de pedido expressivo no e-commerce brasileiro e, a cada ano, traz mais bons compradores do que fraudadores. Em 2017, tivemos um leve aumento no número total de fraudes evitadas, mas um aumento expressivo no valor do possível prejuízo, o que mostra que os fraudadores estão se arriscando mais, procurando por produtos mais caros. Uma dica para não passar por apuros, é buscar nos e-commerces os selos que mostram os parceiros que agregam segurança ao site”, comenta.

A ClearSale assegura que comprar no varejo online está cada vez mais seguro. Prova disso é o fato de que em 2016, dos R$ 46,7 bilhões em transações analisadas durante o ano todo, cerca de 3,05% sofreu tentativas de fraudes, enquanto, no ano anterior, foi 4,39%. Na contramão desses números, evidenciando o sucesso dos e-commerces, o crescimento foi de 11,5% em valor e 12,1% em quantidades de pedidos no mesmo período.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.