Redação E-Commerce Brasil

Benefícios da descentralização das operações no e-commerce de autopeças

Segunda-feira, 17 de maio de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

A descentralização das operações no e-commerce é uma das principais mudanças no mercado de autopeças. O setor, que há 5 anos concentrava suas atividades apenas no eixo Belo Horizonte – Rio de Janeiro – São Paulo, se viu obrigado a fazer adaptações quando outras capitais brasileiras passaram a ter relevância no segmento.

Ismael Becker Fuentes, gerente comercial da Total Express, explica que ao otimizar os canais de negócio, sobretudo encontrando soluções logísticas de aproximação de estoque com o consumidor, é possível melhorar o atendimento ao cliente significativamente.

“O novo varejo é omnichannel. Todo mundo que está no e-commerce vem buscando essa proximidade com o consumidor, e fazer isso com velocidade está trazendo retorno em vendas e fidelização do cliente”, afirma.

Leia também: Novos modelos logísticos dão eficiência às vendas automotivas online

Shipping from store como estratégia

Para isso, Fuentes indica o Shipping From Store como principal estratégia a ser adotada. Sendo a modalidade de negócio que mais cresceu em 2020, esse processo se dá quando lojas físicas e concessionárias passam a ser usadas como hubs logísticos, ou seja, aproveitando os estoques já disponíveis para atender pedidos online nas imediações. “Ao adotar esse modelo, é possível gerar aumento da receita, otimização, margem de lucro, além de criar sensação de regionalização e diminuir o desperdício”, enfatiza.

O gerente comercial usa o exemplo de um cliente que em um primeiro momento tinha suas operações partindo de um único centro de distribuição fazendo cobertura para todo o Brasil. “O prazo médio desse atendimento era de 4,5 dias. Usando a rede de distribuição desse cliente, esse prazo cai para 3 dias, gerando uma série de benefícios”, aponta, já que o atendimento regionalizado do cliente final permite reduzir o custo de frete e tempo de entrega.

Levando em consideração o atual cenário econômico do Brasil, afetado drasticamente pela pandemia da covid-19, essa é considerada uma solução bastante acertada, já que transforma lojas físicas, que foram fechadas por respeito às medidas de restrições, em minicentros de distribuição para facilitar a entrega dos produtos.

Por Marina Teodoro, especial para o E-Commerce Brasil

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.