Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Balanços da Black Friday mostram crescimento de até 24% no e-commerce

Quinta-feira, 29 de novembro de 2018   Tempo de leitura: 4 minutos

Em um número recorde de balanços sobre a Black Friday no Brasil, levantamentos mostram que o e-commerce cresceu entre 15% e 24% na data em 2018 – o número varia de acordo com a metodologia e a empresa responsável pela estatística.

Ebit

De acordo com o Ebit/Nielsen, considerados os quatro principais dias de promoções – de quinta até segunda-feira, quando muitas lojas promoveram a Cyber Monday -, o e-commerce faturou R$ 3,92 bilhões, um aumento de 24% na comparação com o ano passado.

Ao todo, foram 6,9 milhões de pedidos, ao custo médio de R$568 (alta de 9%).

“A Black Friday é individualmente a data mais importante do ano para o e-commerce e faz parte do período do Natal, que é o período de maior faturamento. Esse resultado positivo deve contribuir para que o e-commerce feche 2018 com um crescimento bem consistente”, avaliou Ana Szasz, líder comercial para Ebit/Nielsen.

Este é o primeiro levantamento realizado pela empresa desde que a Nielsen comprou o Ebit.

Confira abaixo os produtos mais vendidos durante a Black Friday:

 

Clearsale

Já de acordo com a Clearsale, empresa especializada em antifraude e segurança de pagamentos, de sexta até a segunda-feira foram R$ 3,4 bilhões em faturamento, aumento de 19,7% em relação a 2017.

Quando considerado apenas o dia 23, a empresa registrou R$ 2,01 bilhões em vendas, crescimento de 15,3%.

As cinco cidades com mais faturamento, tanto no levantamento do dia quanto o que inclui fim de semana e Cyber Monday, foram São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Curitiba, nesta ordem.

Já os segmentos com mais procura apenas na Black Friday foram eletrodomésticos, celulares, eletrônicos, informática e móveis. Quando considerado o período inteiro, a única diferença é a substituição de móveis por vestuário.

Já por região, o Sudeste foi o que teve melhor desempenho, disparado: R$ 2,08 bilhões em faturamento. Em segundo lugar vem o Nordeste, com R$ 511,87 milhões, seguido por Sul, Centro-Oeste e Nordeste.

No total, foram R$ 33,77 milhões de fraudes evitadas.

Vtex

A plataforma de e-commerce Vtex, por sua vez, concentrou o balanço no número de pedidos. A empresa registrou 1,6 milhão de pedidos online durante a semana da Black Friday, da segunda-feira (19) anterior ao domingo (25).

O número representa crescimento de 34% em relação ao mesmo período de 2017 e 150% a mais a média de vendas registradas em uma semana comum. Apenas no dia oficial da data, a companhia registrou 674 mil pedidos online, totalizando um crescimento de 47% em relação à data do ano passado e uma média de venda de 468 pedidos por minuto.

Dos produtos mais comprados pelos brasileiros ao longo da semana, cerca 22% pertencem à categoria de moda e acessórios, 19% eletrodomésticos e 14% cosméticos. Apenas na Black Friday, os eletrônicos tomaram a liderança, com 27%, seguido de moda e acessórios (18%) e cosméticos (15%).

Ainda segundo a empresa, que oferece tecnologia para cerca de 20% do mercado de varejo digital do Brasil, os números representam incremento de vendas de 632% em relação a uma sexta-feira comum.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.