Redação E-Commerce Brasil

Amend vendeu 64% mais na última Black Friday com busca inteligente da SmartHint

Segunda-feira, 11 de maio de 2020   Tempo de leitura: 7 minutos

Com busca inteligente da SmartHint, a Amend Cosméticos vendeu 64% mais em sua loja virtual na última Black Friday do que na anterior. Segundo Helenice Moura, head de e-commerce da Amend, esse resultado não é exclusivo da ferramenta, mas com certeza ela contribuiu muito para esse resultado.

“A busca inteligente da SmartHint é uma busca intuitiva, mais rápida e mais eficiente. Leva uma melhor experiência para o consumidor em termos de entrega e velocidade, principalmente no mobile”, afirma Helenice.

Além da velocidade, uma das características mais importantes da busca inteligente da SmartHint é o reconhecimento de similaridade fonética, ou seja, a capacidade de reconhecer sons semelhantes e mostrar os resultados dos produtos mesmo que tenham sido digitados com a grafia errada.

Segundo Helenice Moura, esse é um fator importantíssimo para a Amend, que tem uma variedade tão grande de produtos e categorias e, às vezes, desperta dúvidas quanto à grafia de seus itens.

“Com uma busca inteligente funcionando, conseguimos entregar pro consumidor exatamente o que ele procura, por mais específico que seja. Se ele quer um shampoo de tratamento para desamarelar o cabelo, a busca tem que entregar essa solução pra ele”, afirma.

A busca inteligente da SmartHint entrega os resultados em milissegundos e reconhece semelhança entre os sons. Nesse caso, a palavra “desamarelador” foi digitada com “z” e, mesmo assim, os resultados foram encontrados.

Legenda: A busca inteligente da SmartHint entrega os resultados em milissegundos e reconhece semelhança entre os sons. Nesse caso, a palavra “desamarelador” foi digitada com “z” e, mesmo assim, os resultados foram encontrados.

Salvos pela busca inteligente

Nessa mesma Black Friday (2019), a busca da SmartHint também ajudou a Amend a enfrentar um problema técnico. Na época, a plataforma de e-commerce que usavam foi vendida e a empresa que a comprou, não comprou a busca. Resultado: grande parte dos lojistas que usavam essa plataforma ficaram sem o campo de busca em suas lojas virtuais e tiveram prejuízos.

Mas a Helenice conta que a Amend não teve nenhum problema, pois bem naquele mês haviam contratado a busca da SmartHint.

“Na Amend não estava acontecendo nada, nossa busca estava intacta, funcionando normalmente, porque a gente tinha a busca inteligente da SmartHint. Essa ferramenta salvou a pátria”, relata.

Resultados continuam positivos

Depois desse episódio, a Amend continuou utilizando a ferramenta da startup curitibana e tendo bons resultados. Tanto é que, mesmo depois de migrarem para a plataforma VTEX, continuaram usando a busca da SmartHint.

“A busca inteligente da SmartHint, tem inteligência artificial embarcada e esse é o core do negócio, a equipe está centrada nisso. É diferente de você ter uma busca de uma plataforma que trabalha com outras coisas. O core da plataforma não é a busca, a busca é apenas um plus, então eles nunca vão se dedicar 100% para isso”, explica Helenice.

Busca e inteligência artificial

A busca da SmartHint é baseada em inteligência artificial, por isso é chamada de busca inteligente. Em 2019 já estava sendo utilizada por alguns clientes, mas foi oficialmente lançada para o mercado em março de 2020, no hub da E-commerce Brasil.

Desde o início, os profissionais de TI da startup vêm estudando para inovar e melhorar seu desempenho a cada dia, afirma Rodrigo Schiavini, CEO da SmartHint.

“Hoje, a ferramenta conta com características essenciais para elevar a experiência de compra on-line e dar maior assertividade na busca pelos produtos, como velocidade, reconhecimento de similaridade fonética, reconhecimento de cor e análise de navegação”, explica.

Para Rodrigo, esses aspectos são importantes, porque além de oferecerem uma navegação mais agradável, personalizam a experiência de compra: “Pode ser que o cliente digite errado, pode ser que busque uma blusa vermelha, pode ser que queira um tênis de corrida. Ele busca do jeito dele e quer encontrar os resultados, caso contrário, vai procurar em outra loja. Mas nós conseguimos entregar tudo isso para ele, seja com a fonética, busca por cor ou análise de navegação”.

“O cliente está mais antenado, não quer perder tempo e quer se sentir especial. Por isso, quanto mais personalizada for a experiência dele, mais satisfeito ficará com a loja”, conclui Rodrigo Schiavini.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.