Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Amazon começa a vender com estoque próprio no Brasil

Terça-feira, 22 de janeiro de 2019   Tempo de leitura: 4 minutos

A Amazon começou, nesta terça-feira (22), a vender produtos do estoque próprio em seu site brasileiro – até então, a empresa trabalhava majoritariamente com marketplace. Além do departamento de livros, a gigante do e-commerce vai entrar de cabeça em outras 11 categorias, incluindo eletrônicos, papelaria e decoração.

Ao todo, são 120 mil produtos que ganharão o selo “vendido e enviado pela Amazon”, além dos 200 mil livros já comercializados fora do marketplace. Para trazer todos esses itens, foram necessárias parcerias com cerca de 800 fornecedores – incluindo importadoras.

Agora, a empresa passa a competir de uma vez por todas com sites como Submarino, Americanas.com, Ponto Frio e Magazine Luiza, que também utilizam esse sistema híbrido.

Concorrência interna?

Apesar de, na prática, tornar-se um concorrente de outros lojistas dentro do próprio marketplace, a Amazon promete não canibalizar os varejistas parceiros. “Acho que os vendedores vão ficar muito felizes com esse lançamento”, afirmou Daniel Mazini, diretor de Varejo da Amazon no Brasil.

Segundo ele, a experiência obtida com a categoria de livros – cujo modelo também engloba marketplace e estoque próprio – mostrou que é possível à Amazon conviver em harmonia com os varejistas.

“Uma vez que se oferece experiência melhor ao cliente, você traz mais consumidores à loja. Os vendedores verão tráfego crescendo, melhoria nas vendas. No mundo inteiro, 50% das unidades são entregues por varejistas [parceiros]”, disse.

Questionado se a novidade não poderia criar atrito com os sellers, Mazini foi enfático. “[Ter estoque próprio] Não significa tirar foco nenhum do marketplace, que é importante para a gente”, defendeu.

Além do anúncio da operação própria, o e-commerce lançou novas quatro categorias: Bebê, Beleza, Cuidados Pessoais e Brinquedos. Todas estão abertas para lojistas.

Centro de distribuição, entregas e frete grátis

Depois de meses de especulação, a Amazon finalmente confirmou o seu novo centro de distribuição na cidade de Cajamar, interior de São Paulo. O espaço tem 47 mil metros quadrados e possui tecnologia toda baseada nos padrões americanos.

Lá, o processo de pick and pack ocorre de forma diferente do modelo normalmente implantado por empresas. A organização dos corredores, que costuma ser feita por setor ou tipo de produto, é aleatória no CD da Amazon. “Sabemos que a compra do consumidor é aleatória [também]”, justificou Daniel Mazini.

A partir daí, cabe ao sistema da própria multinacional identificar os pedidos, onde cada item está armazenado e traçar a rota mais rápida para funcionários montarem os pacotes.

O novo prédio, que já está em funcionamento, foi o primeiro passo para oferecer alguns serviços logísticos parecidos com os praticados nos Estados Unidos. A velocidade de entrega é um deles.

Já o menu de fretes varia de entrega simples até a entrega agendada, passando pela expressa – internautas das regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba recebem suas compras em até dois dias.

O serviço será prestado por transportadoras como Correios, Total Express, Sequoia e Loggi.

Daniel Mazini, diretor de Varejo da Amazon, explica novidades no e-commerce/Foto: Julio Vilela
Daniel Mazini, diretor de Varejo da Amazon, explica novidades no e-commerce/Foto: Julio Vilela

“Sempre buscamos ampliar esse leque [de empresas]. Se amanhã de manhã virmos que as pessoas estão comprando mais de um lugar ‘x’, vamos rever a nossa malha transportadora para aprimorar”, afirmou Mazini. “Não adianta falar que vai entregar em dois dias e não cumprir.”

A gigante do e-commerce também instituiu uma política de frete grátis. Compras a partir de R$ 149 para produtos vendidos e entregues pela Amazon não terão cobrança de entrega para nenhum estado.

Por Caio Colagrande, da redação do E-Commerce Brasil

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.