Redação E-Commerce Brasil

Amazon testa máquinas que empacotam encomendas no lugar de pessoas

Segunda-feira, 13 de Maio de 2019   Tempo de leitura: 2 minutos

A Amazon está testando máquinas capazes de empacotar encomendas sem ajuda de pessoas.

De acordo com duas fontes próximas à implantação dessas tecnologias, ouvidas pela Reuters, cada uma das duas máquinas instaladas substitui 24 funcionários.

Elas conseguem escanear os itens que passam pela esteira e, de acordo com o tamanho e a forma do item, envelopá-los em caixas customizadas em questão de segundos.

Conhecidas como CartonWrap, elas empacotam entre 600 e 700 caixas por hora, em torno de quatro a cinco vezes mais rápido do que o ritmo de um humano. Existe a necessidade, porém, de uma pessoa para carregar a lista de pedidos, outra para estocar as caixas e a cola e um técnico para consertar ocasionais congestionamentos.

Se a instalação dessas máquinas se concretizar, significaria um corte de 1,3 mil empregos nos seus 55 centros de distribuição nos Estados Unidos.

Segundo as fontes, não existe um prazo para a novidade ser oficialmente adotada, em parte porque o processo de validação dos equipamentos e dos processos demora bastante tempo.

“Estamos pilotando essa nova tecnologia com o objetivo de aumentar a segurança, agilizar o tempo de entrega e incrementar a eficiência da nossa rede”, afirmou a Amazon em nota à Reuters. “Esperamos que a economiza gerada pela eficiência seja reinvestida em novos serviços aos clientes, o que continuará criando novos postos de trabalho”, concluiu o texto.

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.