Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

Amazon escolhe Nova York e Arlington como novas sedes nos EUA

Terça-feira, 13 de novembro de 2018   Tempo de leitura: 2 minutos

A Amazon anunciou, nesta terça-feira (13), as duas cidades onde vai instalar suas novas sedes americanas: a tradicional Nova York e Arlington, esta última no estado de Virgínia. A busca por novos terrenos começou em setembro de 2017 e contou com centenas de localidades interessadas em receber o gigante do e-commerce.

Os novos prédios terão um custo de US$ 5 bilhões (cerca de R$ 19 bilhões) e gerarão, segundo a empresa, mais de 50 mil empregos – 25 mil em cada sede. As contratações ocorrerão já em 2019.

Empresa de Jeff Bezos anunciou as duas novas cidades como sede da Amazon nos EUA/Reprodução

Além disso, a empresa anunciou que selecionou Nashville para o seu Centro de Excelência para negócios operacionais, responsável pelo transporte, cadeia de suprimentos, fulfillment e outras atividades similares. Esse projeto deve criar cerca de cinco mil postos de trabalho.

“Estamos animados por construir as novas sedes na cidade de Nova York e [no estado de] Virgínia”, afirmou Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon, em comunicado à imprensa. “Essas duas localidades nos permitirão atrair mais talentos globais, que nos ajudarão a continuar inovando para nossos clientes nos próximos anos. A equipe [responsável pela pesquisa das cidades] fez um ótimo trabalho selecionando esses lugares e nós esperamos nos tornar uma parte ainda maior dessas comunidades”, completou Bezos.

Em Nova York, o prédio ficará localizado em Long Island, ilha vizinha a Manhattan, e custará cerca de US$ 2,5 bilhões (R$ 9,5 milhões). Terá 371 mil metros quadrados de área, com possibilidade de expansão para 743 mil metros quadrados. Nos próximos 20 anos, a estimativa é de que a cidade receba US$ 10 bilhões (R$ 38 bilhões) de impostos apenas da Amazon.

Já o espaço na Virgínia será construído em Arlington, em uma região apelidada de “National Landing”, a 4,8 km de distância da capital americana Washington. O prédio terá as mesmas dimensões e o mesmo custo – o retorno em impostos para a cidade será de US$ 3,2 bilhões (R$ 12,16 bilhões) nas próximas duas décadas.

Desde 2016, a Amazon está na mira das críticas do presidente americano Donald Trump. Ele acusa a empresa de não pagar taxas – o que é incorreto, uma vez que a coleta de impostos para marketplaces só vale para quatro estados – e pressiona multinacionais – como a Apple – a deixarem suas operações no exterior para investirem nos EUA.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.