Redação E-Commerce Brasil

Amazon planeja gastar pelo menos US$ 100 mi para manter funcionários da Zoox

Sexta-feira, 10 de julho de 2020   Tempo de leitura: 4 minutos

A Amazon planeja criar prêmios em ações no valor de pelo menos US$ 100 milhões para manter os mais de 900 empregados da Zoox, a startup de veículos autônomos pela qual fez uma oferta no mês passado, e pode cancelar o acordo, se um grande número de funcionários da startup recusar ofertas de emprego da gigante da tecnologia.

A Amazon, que está se expandindo agressivamente no setor de direção autônoma, anunciou em 26 de junho acordo para adquirir a empresa do Vale do Silício, fundada em um esforço ambicioso para projetar um veículo totalmente autônomo a partir do zero, em vez de modernizar carros existentes.

A Amazon pagará US$ 1,3 bilhão pela aquisição, que as partes esperam concluir em setembro. A Zoox foi avaliada em US$ 3,2 bilhões em 2018, de acordo com dados do PitchBook.

Documentos do acordo

Os documentos do acordo com a Amazon mostram que a Zoox estava gastando mais de US$ 30 milhões por mês no início de 2020 e projetou que ficaria sem dinheiro até julho. A Amazon teve a opção de emprestar à Zoox US$ 30 milhões na assinatura do contrato em junho, com a opção de empréstimos adicionais antes do fechamento do negócio.

Amazon e Zoox não responderam imediatamente ao pedidos para comentar o assunto.

As tentativas de superar a oferta ou tirar funcionários da Zoox da Amazon começaram antes mesmo que as empresas chegassem a um acordo definitivo.

Depois que a Zoox assinou um acordo de exclusividade para negociar com a Amazon, mas antes que as empresas chegassem a um acordo final, um terceiro entrou em cena para oferecer US$ 1,05 bilhão pela Zoox.

A oferta veio do Cruise, empresa de veículos autônomos parcialmente apoiada pela General Motors, Honda Motor e SoftBank Group, segundo reportagem da Reuters.

A Zoox não respondeu à oferta. A Reuters informou em 4 de junho que o fundador da Cruise procurou engenheiros da Zoox com ofertas de emprego.

Vantagens para os ‘funcionários-chave’

Os documentos de transação Amazon-Zoox descrevem duas listas de “funcionários-chave”. Todos na primeira lista devem aceitar empregos na Amazon para o fechamento do negócio ocorrer e, pelo menos, 19 da segunda lista devem permanecer na empresa.

O acordo recompensará prestadores de serviços da Zoox que se juntaram à empresa até 18 de maio com um bônus de transação de US$ 125 milhões pagos na proporção de suas ações.

A Amazon forneceu 30% do financiamento para o bônus, além de US$ 100 milhões em units Amazon que criará para os funcionários da Zoox que ficarem na empresa após o acordo.

As informações são da Reuters

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.