Redação E-Commerce Brasil

Amazon pretende dobrar número de funcionários negros na liderança nos EUA

Terça-feira, 20 de abril de 2021   Tempo de leitura: 1 minuto

A Amazon disse na quarta-feira (14) que tem como objetivo dobrar o número de funcionários negros em cargos de liderança sênior e contratar 30% mais negros como funcionários corporativos nos Estados Unidos neste ano.

Dados da Amazon mostram que os funcionários negros norte-americanos em funções de liderança representaram 3,8% no ano passado.

A empresa com sede em Seattle também tem como meta ter 30% mais mulheres em cargos de liderança sênior relacionados a tecnologia e ciência em 2021.

Um gerente do varejista online processou a empresa no mês passado por assédio e discriminação, dizendo que ela contrata negros para cargos inferiores e a promoção vem mais tarde para eles do que os trabalhadores brancos.

Na época, a Amazon disse que estava investigando as alegações. Disse que luta por uma cultura igualitária e não tolera a discriminação: “Essas alegações não refletem nossos esforços ou nossos valores”.

As mulheres representavam 31,4% dos funcionários corporativos da Amazon nos EUA em 2020, enquanto ela tinha 22,8% de mulheres em cargos de liderança sênior.

Leia também: Bezos diz que Amazon precisa fazer mais por funcionários em última carta como presidente

Fonte: Reuters

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.