Redação E-Commerce Brasil

Amazon lança cursos gratuitos de inteligência artificial

Segunda-feira, 17 de agosto de 2020   Tempo de leitura: 2 minutos

A Amazon criou cursos de machine learning, um dos campos da inteligência artificial. Os cursos eram apenas para uso de seus funcionários, mas a empresa decidiu oferecê-los de graça para todos.

Os três primeiros cursos oferecidos na Machine Learning University, como é chamada a área de ensino da Amazon, são sobre processamento de linguagem natural (usada, por exemplo, na assistente de voz Alexa para compreender comandos); visão computacional (como a que usamos para reconhecer objetos com o aplicativo Google Lens) e dados tabulares (adotados para usar forma mais inteligente informações que estão contidas em planilhas).

Leia também: Amazon já entrega dois terços de seus próprios pacotes

Mais cursos da Amazon

A Amazon informou que incluirá mais nove cursos em vídeo até o fim do ano na sua plataforma de ensino de aprendizagem de máquina e, em 2021, todas as aulas estarão disponíveis e contarão com materiais de apoio.

A consultoria americana Allied Market estima que o faturamento do mercado global de inteligência artificial atingirá US$ 170 bilhões em 2025, mantendo uma taxa anual de crescimento de 55,6% que vem ocorrendo desde 2018. As empresas na liderança desse setor são as americanas Google, IBM, e Microsoft.

Leia também: Segundo editora de inovação da Vogue, “a moda será digital, sustentável e criativa”

As informações são da Exame

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.