Redação E-Commerce Brasil

ADDI, plataforma de vendas a prazo sem cartão de crédito, recebe aporte de US$ 75 mi

Quinta-feira, 09 de setembro de 2021   Tempo de leitura: 2 minutos

A plataforma latino-americana de compras a prazo sem cartão de crédito ADDI anunciou na quarta-feira (8) que recebeu um investimento de US$ 75 milhões liderado pela Greycroft.

A rodada também envolveu os fundos GGV Capital, Citius Capital, Intersection Growth, Andreessen Horowitz, Citius VC, Endeavor Catalyst, Foundation Capital, monashees, Quona Capital e Union Square’s Opportunity.

A ADDI é focada em consumidores que não têm cartão de crédito

A empresa afirmou em nota que usará os novos recursos para escalar suas operações no Brasil e na Colômbia, além de expandir sua atuação para o México no início de 2022.

A ADDI usa o modelo conhecido como BNPL (buy now, pay later – compre agora, pague depois), com foco em clientes que não usam cartão de crédito, principalmente com compras via internet, o que já é usado também por gigantes como a chinesa AliExpress.

A ADDI estreou no Brasil em março passado, e afirma ter acordos com mais de 100 varejistas. A plataforma prevê movimentar cerca de R$ 1 bilhão no Brasil em 2022.

A empresa disse que vai aumentar sua oferta de BNPL, permitindo que clientes e varejistas paguem por meio de sua plataforma e aplicativo, que será lançado no fim deste mês.

No Brasil, a empresa permitirá pagamento sem juros via Pix, substituindo os boletos bancários. A utilização do Pix também servirá como forma de verificação de identidade do consumidor.

Leia também: Via investe nas startups GoPublic, Poupa Certo e byebnk

Fonte: Reuters, via 6 Minutos

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER