Redação E-Commerce Brasil

85% dos brasileiros com smartphone compram online, informa Mobile Time e Opinion Box

Sexta-feira, 11 de outubro de 2019   Tempo de leitura: 10 minutos

O Panorama do Comércio Móvel no Brasil mostra que 85% dos brasileiros que possuem um smartphone compram online. Além disso, cresce a preferência pelo mobile e os aplicativos disputam cada vez mais a preferência do usuário.

O levantamento é realizado pelo Mobile Time em parceria com a Opinion Box. Trata-se de um panorama que busca estudar os padrões de consumo no comércio eletrônico através dos dispositivos móveis. Para Christian Reed, CEO da Opinion Box, o propósito da pesquisa “é ajudar as empresas a tomarem decisões mais inteligentes”.

Durante a divulgação do panorama, o executivo explicou, ao lado de Fernando Paiva, editor do Mobile Time e coordenador da pesquisa, como a cada edição surge a necessidade de incluir novas variáveis para acompanhar as mudanças de comportamento do consumidor. O panorama já é realizado há 5 anos e está em sua 10ª edição.

As novas variáveis se tornam necessárias porque o padrão de consumo muda radicalmente a cada nova tecnologia. “A transformação digital tem como base a tecnologia, mas ela é, acima de tudo, uma transformação humana”, explica Reed.

Atualmente, a população brasileira com acesso a um smartphone é de 60% do total, representando 90% do potencial de compra do país. A partir dessa informação, é possível traçar uma relação entre os aplicativos mais usados e preferidos pelo usuário em cada categoria de destaque.

Crescimento do m-commerce: recorrência

De acordo com o levantamento, 85% dos consumidores com smartphone já realizaram compras por ele. Nos últimos 4 anos, o crescimento de usuários que já realizaram alguma compra pelo celular aumentou exponencialmente. Em 2015, somente 41% da população já tinha comprado.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

Acompanhando o aumento das compras, faz-se relevante a recorrência no mobile. Atualmente, 77% dos consumidores móveis afirmaram comprar mais hoje do que há seis meses. Ademais, 75% respondeu ter realizado compras pelo smatphone nos últimos 30 dias.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

O que o consumidor vê no m-commerce?

Do total de consumidores que compram pelo smatphone, 73% responderam que preferem realizar a compra pelo mobile. Relacionado a isso, 88% afirmam estarem satisfeitos ou muito satisfeitos com a experiência de compra pelo celular.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

Entre as principais funcionalidades oferecidas, a que os usuários mais gostam é a de retirar o produto comprado online na loja física. Navegação gratuita, recomendações personalizadas e checkout facilitado também estão em destaque.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

Pagamento

O meio preferido de pagamento para compras mobile no Brasil continua o cartão de crédito, com 65% dos usuários. O boleto bancário é o segundo meio mais votado, preferido por 25% dos consumidores.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

O boleto é importante no e-commerce pois atende à uma parcela significativa da população que não tem acesso a crédito.

E os que não compram?

15% dos usuários de smatphone ainda não compram online. A maior parte deles não se sente confortável: a pesquisa mostra que 33% dos usuários não confiam no smartphone. Além disso, 27% não compram por não poder experimentar o produto e 23% não acham a compra pelo dispositivo prática.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

A pesquisa mostra ainda que a maior parte dos consumidores que não compra online está na faixa etária acima dos 50 anos.

Aplicativos mais usados pelo mobile

Os 4 primeiros colocados na preferência dos consumidores móveis continuam os mesmos da última edição da pesquisa, respectivamente: Mercado Livre, Americanas.com, iFood e Magazine Luiza. Enquanto isso, as roupas ainda são os produtos mais procurados pelos consumidores.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

Em ascensão

O destaque, no entanto, é dos aplicativos que apareceram pela primeira vez na lista: Amazon, Uber Eats e Rappi. A ascensão da Amazon pode ser explicada pela expansão da marca no país e pelos benefícios do serviço Prime.

Já o Uber Eats ganhou destaque desde a última edição da pesquisa e vem ganhando espaço com relação ao concorrente iFood.

A Rappi subiu para o patamar de unicórnio ao receber um grande aporte do Softbank em maio. Além disso, o super app vem conquistando o gosto dos consumidores com promoções e benefícios de cashback.

O declínio do Aliexpress

O aplicativo Aliexpress no ranking, lembrado como preferido por 10% dos consumidores na última edição, foi mencionado por apenas 6% na atual.

A metodologia da pesquisa, solicita que o usuário se lembre dos 3 aplicativos que mais usou e os escreva na resposta. Dessa maneira, revela não só os aplicativos mais comprados, mas também os que estão na ponta da língua dos consumidores.

Uber x 99

Com relação à pesquisa do ano passado, o panorama deste ano aponta que houve aumento de 9% na quantidade de usuários de smartphone que solicitaram um carro particular ou táxi por aplicativo. Em 2018, 66% dos brasileiros já tinham pedido e em 2019 esse número saltou para 75%.

Os dois principais aplicativos preferidos continuam o Uber e a 99. Embora a distância ainda seja grande, a preferência pelo Uber caiu de 86% em 2018 para 73% este ano. Já com relação à 99, saltou de 6% para 22%.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

Uber Eats e iFood

O iFood continua sendo o principal aplicativo de delivery de alimentos no Brasil. Desde a primeira edição da pesquisa, em 2015, ele aparece como o preferido nessa categoria pelos consumidores. Atualmente, 71% dos brasileiros o veem como melhor aplicativo para pedir comida.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

Encurta, no entanto, a diferença com o concorrente Uber Eats, que apareceu pela primeira vez na pesquisa como um dos preferidos pelos consumidores. Atualmente, 8% dos consumidores o consideram o melhor aplicativo para delivery de alimentos.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

Aplicativos de delivery de alimentos menores

O panorama mostra que cada vez mais os brasileiros pedem comida por aplicativos. Em 2015, apenas 26% dos consumidores móveis utilizavam esse serviço. Em contrapartida, em 2019, 62% dos usuários responderam que compram por esses aplicativos. Esse aumento está cada vez mais focado nos mais populares.

A ascensão e preferência dos líderes iFood e Uber Eats fez com que o consumidor móvel deixasse de lado outros aplicativos do gênero. De acordo com a pesquisa, aplicativos de menor expressão estão perdendo a preferência do consumidor.

Compra de ingressos não avança

O principal aplicativo de compra de ingressos continua sendo o Ingresso.com. A categoria está estagnada com relação à pesquisa do ano passado, com 29% dos usuários já tendo comprado ingressos pelo celular, depois de um período de crescimento nos anos anteriores.

A pesquisa mostra ainda que houve um crescimento no número de aplicativos que oferecem esse serviço, mas o uso e a preferência ainda não são significativos – ou seja, não superam os 3% de usuários, para serem computados pela pesquisa. Dessa forma, aparecem com o crescimento da categoria “outros”.

Apesar de pequenos, esses aplicativos somam 42% dos ingressos vendidos pelo mobile. Enquanto isso, os cinco maiores aplicativos de vendas de ingresso dividem a fatia de 58% do todo.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

Apesar da liderança do Ingresso.com, o aplicativo Sympla se destacou ao entrar de maneira tímida pela primeira no ranking.

Aplicativos de hospedagem

Booking.com e Trivago continuam sendo os preferidos quando se trata de hospedagem. Ambos dividem o pódio com 23% do uso respectivamente.

Outros aplicativos menos usados, como Hotel Urbano, Decolar.com e e Hotéis.com são responsáveis por apenas 17% das reservas mobile. Cai também o uso de aplicativos com representação menor de 3% (em vermelho no gráfico 16). Isso nos mostra a condensação do uso dos 3 primeiros colocados do ranking.

Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box – Comércio móvel no Brasil – setembro de 2019.

Airbnb

O Airbnb ocupa a terceira posição, tendo como destaque o pouco tempo no ranking. Só começou a ser contado como preferido em 2017, mas já contava então com 12% das reservas. Em 2019, os 18% dos usuários diz usar o aplicativo para se hospedar com mais frequência.

Bicicletas e patinetes

Por fim, mas não menos importante, temos o aumento de uso dos aplicativos de transporte alternativo. Estão computados nessa lista as bicicletas e patinetes disponibilizados pelo Itaú, Yellow e Grin.

Por ser ter se tornado popular em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro há pouco tempo, essa é a segunda vez em que o uso dessas modalidades é computado na pesquisa. Da última edição para cá, o uso de bicicletas e patinetes cresceu 2% cada um.

Assim, 9% dos usuários de smartphone afirmaram já terem alugado uma bicicleta por aplicativo e 4% já fizeram uso de de um patinete da mesma forma.

Vale lembrar ainda que essa novidade ainda está restrita à áreas urbanas muito específicas e não é acessível à toda população. No último relatório, foi apontado uso predominante na região Sudeste, onde há maior oferta, e pelas classes A e B principalmente.

 

Por Júlia Rondinelli, da redação E-Commerce Brasil. 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.