Acesso rápido
  Redação E-Commerce Brasil

63% das MPEs apostam no Natal para aumentar as vendas, diz Serasa

Sexta-feira, 14 de setembro de 2018   Tempo de leitura: 2 minutos

Segundo sondagem realizada em julho pelo Serasa Empreendedor – braço da Serasa Experian voltado ao microempreendedor -, 63% dos empreendedores elegeram o Natal como o melhor momento para concentrar esforços e aumentar o faturamento. Em segundo lugar, aparece a Black Friday, com 25%, e em terceiro, o Dia das Crianças, com 12%.

Na sondagem realizada com 385 MEIs e MEs dos mais variados segmentos, quem elegeu o Natal como a melhor data, definiu o prazo de dois a três meses como o mais apropriado para se programar e atender as demandas de fim de ano.

Segundo a gerente do Serasa Empreendedor, Barbara Passuello, é fundamental que o empreendedor aproveite as principais datas sazonais, tanto para ampliar a visibilidade e se destacar da concorrência, quanto para fomentar o crescimento de forma planejada.

“O Natal é considerado o período mais forte para incrementar o faturamento das empresas, aproveitando a tradição de fim de ano e a injeção do décimo terceiro salário na economia. O resultado da pesquisa reforça que os empreendedores estão conectados com esta realidade e se planejando de forma antecipada para não deixar escapar as oportunidades”, diz Passuello.

Também foi possível identificar como deve ser a preparação dos microempreendedores frente ao aumento no volume de negócios esperado para a época natalina. A solicitação de empréstimos correspondeu a quase um terço das respostas, como a principal iniciativa a ser adotada (29%). Na sequência, o aumento de ações de divulgação aparece com 26%. Veja a tabela completa abaixo:

Comércio é o segmento que mais visa o Natal para turbinar negócios

Na comparação com as outras datas comemorativas consideradas no levantamento, o potencial natalino de vendas sobressaiu na escolha de todos os segmentos de microempreendedores individuais e microempresas. No topo do ranking dos que miraram nessa época para turbinar o faturamento estão os MEIS e as MEs do Comércio (67%), seguidos por Indústria (65%) e Serviços (62%).

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.