Quick access:

Como aproveitar ao máximo as mídias sociais

por Pedro Ordonez Segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Atualmente fica cada vez mais difícil escapar das mídias socias seja no âmbito pessoal, seja no ambiente corporativo. Comunidades como o Facebook, Twitter, Instagram e LinkedIn têm se provado excelentes meios de comunicação e divulgação das marcas, sejam elas já consolidadas e estabelecidas no mercado, sejam elas pequenas e novas marcas locais.

Tirar um bom proveito dessas mídias pode parecer um desafio, mas acredite, não é nenhum bicho de 7 cabeças. Mesmo que você esteja montando seu e-commerce e tenha poucos ou nenhum funcionário ainda, tente dar atenção especial à esta área da web. Aposto que você vai se surpreender com o resultado.

A regra de ouro que deve sempre estar em mente é: saiba para quem você está escrevendo. Essa regra é especialmente importante pois cada mídia tem seu público e conteúdos específicos. Vamos às principais:

Facebook

O Facebook é um espaço de grande aceitação para a maioria dos conteúdos e formatos, é um ótimo local para compartilhar seus eventos, lançamentos e publicidade em geral.

Importante não encher a página apenas com conteúdos institucionais do seu negócio. Importante que tudo que seja postado seja relevante e interessante para seu público.

Se bem trabalhado, o Facebook pode se tornar uma das principais janelas do seu negócio, então esteja lá. Informações completas sobre a sua empresa devem estar presentes: site, telefone, endereço e até horário de funcionamento são buscas frequentes. A publicidade nesta rede pode ser eficiente, e com poucos trocados você consegue promover seu conteúdo a um público específico.

Vale colocar que de todas, o Facebook, na minha opinião, é a ferramenta que mais demanda atenção. Muitos clientes virão até a sua página tirar dúvidas, reclamar e comentar sobre os serviços. Fique atento e responda sempre com inteligência, carinho e bom-humor.

LinkedIn

O LinkedIn é uma plataforma de networking direcionada ao universo do trabalho. Aqui o conteúdo deve ser trabalhado com cuidado, sem muito espaço para brincadeiras ou bobagens. Divulgue artigos, palestras, workshops, eventos e outros conteúdos relevantes para o público profissional.

Aqui sua empresa vai se conectar aos seus futuros funcionários e interessados e, assim como podemos ver currículos de vários profissionais, eles podem ver os “currículos das empresas”. Procure por conexões comerciais e possíveis parceiros, veja o que está sendo divulgado e compartilhe o que é interessante.

Os serviços pagos do linkedin incluem divulgação de vagas e captura de currículos, divulgação de conteúdo e promoção da marca e, diferente do Facebook (onde você pode investir qualquer valor), existe um investimento mínimo, o que acaba tornando-o um pouco mais caro.

Twitter

Aqui é o local para ser livre! O volume de conteúdo do Twitter é enorme e é uma ferramenta utilizada para contar histórias do dia-a-dia, atividades da empresa e coisas do cotidiano em geral. Seus clientes podem procurar a sua página do Twitter para saber sobre novidades, datas, lançamentos, eventos e outras coisas.

O Twitter é uma ótima ferramenta de RP, divulgue o que está acontecendo. Se algo atrasou, divulgue também. Faça absolutamente todos os anúncios públicos através do Twitter, muito pouco tempo é gasto para administrar suas publicações e pequenos anúncios como: “Tivemos um problema com o distribuidor e as entregas de setembro podem atrasar.” e “O site está fora do ar, mas estamos consertando” são muito úteis e econômicas.

Esteja antenado com o que está rolando. O uso de uma hashtag certa em um momento certo pode te trazer muitas visualizações.

Instagram

Essa é uma ferramenta muito específica. Ela divulga fotografias, vídeos e GIFs e, muitas vezes, seu texto não vai ser lido. Assim como o Twitter, procure divulgar seu dia a dia e suas atividades, tire fotos em eventos, tire fotos com outras pessoas, marque todo mundo.

Abuse de hashtags e serviços de localização. Se a sua empresa trabalha com produtos físicos, tire fotos deles, se trabalha com arte, moda ou decoração, abuse das fotos.

Os anúncios patrocinados aqui são dispensáveis, a não ser que tenha uma verba para publicidade. O espaço patrocinado tem pouco resultado a não ser que invista alto e ele é disputado, em geral, por grandes marcas.

As redes não terminam por aqui

Existem centenas de outras redes sociais – Google+, Pinterest, Devinart, Meetup, Youtube, Patreon, Reddit, Digg…), cada uma delas com seu propósito único. Elas têm públicos e temas diferentes e específicos, desde artes plásticas a teorias da conspiração.

Conhecer todas chega a ser impossível, então limite sua presença às redes que te atendam, conecte todas elas, conecte seus funcionários, esteja sempre atento ao que estão falando sobre sua empresa, use isso ao seu favor.

Pode apostar que seus consumidores, clientes, parceiros, investidores estarão de olho! Por fim, lembre-se: muitas coisas incríveis podem ser feitas online com pouco ou nenhum recurso e muitas pessoas estão dispostas a ouvir a sua história, basta querer contá-las.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo