Venda facilitada para pequenas e médias empresas

por Sidney Zynger Quarta-feira, 27 de novembro de 2019   Tempo de leitura: 6 minutos

Aumentar o faturamento e atingir novos nichos de mercado é o objetivo de todos os empreendedores virtuais. Para os negócios de pequeno e médio porte, este é também um desafio a ser superado, já que os grandes players são responsáveis pela maior parte das vendas no e-commerce.

Segundo a pesquisa da Ebit-Nielsen, no 1º semestre de 2019, os marketplaces cresceram 13% em relação ao ano passado, ou seja, cada vez mais testemunhamos a crescente do varejo online.

Neste cenário, a grande sacada para as lojas virtuais é a possibilidade de integração aos marketplaces. Os também chamados shoppings virtuais são uma ótima alternativa para PMEs aumentarem as vendas e atingirem novos públicos através de maior possibilidade de visualizações dos produtos e, por consequência, maior sucesso em vendas.

Entre as soluções em ferramentas mais procuradas por quem está iniciando um negócio, a escolha de um ERP é fundamental. O ERP é o sistema de gestão que facilita o trabalho dos empreendedores e integra e-commerces e marketplaces com maestria. Pensando especialmente neste público de PMEs e MEIs, é interessante escolher um sistema de gestão que ofereça opções para desenvolver as empresas de todos os portes, através de integrações a marketplaces.

Integrar para vender mais

O marketplace é um importante aliado para o negócio de lojistas virtuais que usam a ferramenta para ganhar maior visibilidade e aumentar suas vendas, principalmente os de pequeno e médio porte. O sucesso de um e-commerce depende de facilitadores que auxiliem o negócio a crescer, e a integração é um grande aliado para isso se tornar realidade.

A venda se torna descomplicada e o empresário do e-commerce passa a estar conectado com um universo de possibilidades de vendas, com chances multiplicadas se comparadas a quem só vende através da própria loja virtual.

Os desafios do varejo virtual

Trabalhar com e-commerce é ganhar muitas possibilidades para quem deseja expandir seu negócio, impulsionando as vendas de seus produtos. Mas também é um grande desafio pois o mercado e, principalmente, o consumidor estão em constante transformação. É um público exigente e cada vez mais qualificado busca e-commerces nichados a fim de encontrar os produtos desejados.

O primeiro dado a ser analisado é que para o consumidor atual a compra física é influenciada pela abordagem digital, pautada na influência social. Ou seja, ele vê no site, onde pode conferir versões diferentes e informações técnicas, é, muitas vezes, atingido com anúncios nas redes sociais e acaba decidindo pela compra na loja física. E, da mesma forma, a compra online é ditada muitas vezes pela experiência com o produto em loja física.

Para impactar o consumidor atual é importante a empresa ter destaque omnichannel, ou seja, estar presente em diversas frentes para ir ao encontro do consumidor de alguma forma. A separação do físico e do digital não existe, um complementa a experiência do outro.

A automatização dos processos

O mercado online é uma das frentes que mais cresce e é onde o consumidor mais gasta. Nesse contexto, a experiência da compra, muitas vezes, conta mais do que um fator isolado, como o preço, por exemplo. De nada adianta oferecer condições e não entregar o produto na data estimada.

A experiência de compra se inicia na pesquisa e só acaba com o sucesso na hora da entrega. Principalmente para o pequeno e médio empresário online, é válido estruturar seu negócio com integrações aos marketplaces, a fim de vender mais e atender melhor o público consumidor.

Portanto, a grande dica para quem é da área de e-commerce é investir em automatização de processos. O auxílio de um sistema de gestão é indispensável para integrar os setores, automatizar os processos e desburocratizar os trabalhos.

Entre as vantagens, estão também a visão mais abrangente do negócio e a economia em contratação de mão de obra, pois a ferramenta torna o trabalho mais rápido e eficiente. Além disso, a agilidade na operação como um todo traz melhores experiências ao usuário.O futuro é de quem inova e se mantém em movimento.

Leia também: Marketplace dá lucro? Especialista ensina a utilizar o formato como acelerador de vendas


Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica? Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.