Uso de assistentes virtuais para e-commerce

por Vitor Barbosa Quarta-feira, 21 de abril de 2021   Tempo de leitura: 10 minutos

Uma coisa é certa, o mundo tem pressa e o seu cliente também. O novo perfil do consumidor está muito mais imediatista e busca por respostas rápidas aos seus problemas.  Nesse cenário, as assistentes virtuais vêm cada dia mais ganhando espaço. Isso porque conseguem interagir em linguagem natural e ainda possuem muito potencial de crescimento e inovação.

Mas será que as assistentes virtuais são o futuro do atendimento? Muitos especialistas no assunto acreditam que sim.

Por isso, vou explicar melhor sobre elas, quais são suas aplicações e ganhos para o seu e-commerce.

O que são as assistentes virtuais?

As assistentes virtuais mais conhecidas são a Siri, Alexa e a Cortana. Você provavelmente já ouviu falar delas. Mas como elas funcionam na prática? Essas assistentes usam a inteligência artificial para identificar e responder comandos de voz. Com o uso do machine learning, elas aprendem de forma mais rápida sobre o comportamento humano, aperfeiçoando sua resposta de acordo com as interações com o usuário.

Essa é uma tendência que vem evoluindo de forma muito acelerada e promete ser o futuro do atendimento nas empresas.

Isso porque, em um recente estudo da Juniper Research, o número de assistentes virtuais pessoais em uso será de 8 bilhões até 2023. Sendo que o comércio por voz atingirá mais de R$80 bilhões até o mesmo ano.

Muito desse crescimento se dá pela possibilidade de estar conectado a tudo o tempo todo e da facilidade que isso representa na rotina das pessoas. Essas assistentes por voz podem ser usadas em vários dispositivos, o que permite estar mais presente e próximo do seu cliente.

Aplicações práticas para o seu e-commerce

Algumas de suas aplicações mais usadas no dia a dia dos consumidores são para a automação de residências, integrando as smart TVs aos celulares e, até mesmo, a lâmpadas e eletrodomésticos.

Outros usos, como criação de agenda pessoal e profissional, organizando horário e avisando de compromissos e várias outras atividades, já são possíveis. Mas como você pode aplicar isso no seu e-commerce? Vou te contar agora.

Automação de tarefas básicas

Você pode usar as assistentes virtuais para gerenciar algumas tarefas básicas do seu e-commerce, como o recebimento de novos pedidos e notificações de trocas via e-mail. Ela é capaz de gerenciar sua agenda pessoal e profissional, notificar sobre compromissos e até mesmo ajuda na hora de criar aquela planilha de resultados.

Desafios na gestão

Com o uso da inteligência artificial, você pode programar consultas a gráficos e análises do seu negócio. Por exemplo, perguntar sobre o volume de vendas e devoluções e qual cidade ou região compra mais no seu e-commerce.

Busca por produtos no seu site

O comando por voz já é muito usado na rede de pesquisa. Por isso seu site deve estar preparado para essa nova tendência de busca por voz, tanto para retornar a essas buscas feitas em sites como o Google, quanto para oferecer essa opção dentro do seu e-commerce. Afinal, o marketing por voz tem evoluído muito, desde a explosão de podcasts e pela praticidade que isso representa.

Atendimento

No atendimento, as assistentes virtuais vão ajudar para oferecer uma comunicação mais rápida e efetiva. Isso porque consegue oferecer um atendimento em tempo integral, automatizado e personalizado com o tom da sua marca, aumentando a satisfação do cliente e melhorando a experiência. Vou explorar mais esse ponto.

Essa tecnologia também já vem sendo muito usada para aprimorar a comunicação com o cliente. Isso porque permitem uma comunicação mais personalizada e automatizada. Na maioria das vezes, essas assistentes virtuais interagem com os usuários de forma tão inteligente e humanizada que nem parece que foi com uma inteligência artificial.

Tome alguns cuidados

Conheça o seu consumidor e o seu mercado de atuação. Faz sentido implementar essa tecnologia no seu negócio? Para responder a essa pergunta, consulte o seu público, faça pesquisas de satisfação e analise dados históricos que possam te fornecer alguns insights.

Outra questão é o tom de voz e a linguagem usada. Como sua empresa irá se comunicar com o cliente? Qual é a forma que seus clientes irão te entender e identificar com sua marca.

Entenda também quais são as dores do seu cliente. A tecnologia vem para tentar diminuir atritos na nossa vida e assim deve ser também na sua empresa. Entenda dentro da jornada do seu cliente onde estão os maiores atritos. É nesse ponto que a tecnologia deve ser aplicada.

Com isso, defina então seu objetivo, construa seus diálogos e aproveite os benefícios que essa tecnologia pode oferecer.

Ganhos e benefícios para seu negócio

Em uma pesquisa da IBM, das empresas que investiram em assistentes virtuais, cerca de 60% tiveram retorno do investimento entre 1 a 2 meses.  Isso porque a ferramenta consegue:

  • Reduzir custos: por conseguir automatizar o atendimento, não é necessário contratações não planejadas e nem mesmo custos com pessoal;
  • Atendimento em tempo integral: ficam disponível 24 horas e 7 dias por semana;
  • Melhoria da produtividade: otimizam o tempo da equipe, pois conseguem focar em tarefas mais estratégicas;
  • Redução de retrabalho e erro: como o uso é totalmente tecnológico e usa de inteligência artificial, fica muito mais difícil de ocorrer algum erro ou retrabalho;
  • Melhoria na satisfação do cliente: o cliente irá conseguir um retorno mais rápido e efetivo, melhorando sua experiência com a marca e assim melhorando a satisfação.

Muitos ainda têm um certo medo e preconceito com o uso de tecnologias como as assistentes virtuais. Um dos maiores receios é a substituição do trabalho humano pelo robotizado. Mas a inteligência artificial veio justamente para dar maior poder para as equipes. Isso porque permite que dados e informações fiquem mais acessíveis e reduz a necessidade de um trabalho rotineiro, focando em atividades mais estratégicas e complexas.

Para as empresas, é importante ressaltar a necessidade de testar. Uma tecnologia pode não dar certo com seu público, por isso vale começar em uma escala menor, testar e depois expandir para todo o negócio.

Se você acredita que faz sentido aplicar essa tecnologia de assistentes virtuais no seu e-commerce, não tenha medo. Invista e vai expandindo aos poucos, o resultado com certeza será satisfatório.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.