Projeto mantido por:

Todos os selos no e-commerce aumentam conversão?

por Anderson Cruz Quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Não é segredo para ninguém que para o consumidor adquirir qualquer produto na internet ele precisa confiar na loja em que está realizando a compra, afinal existem muitos estabelecimentos online que oferecem o mesmo produto com preços parecidos. Credibilidade e confiança, essas são as palavras que definem se o cliente vai se decidir pela compra ou abandonará o carrinho e partirá para o site que está “a dois cliques de distância”.

Sabendo disso, os e-commerces têm trabalhado para conseguir que seus serviços (como entrega e atendimento) sejam satisfatórios para os clientes, pois quanto melhor a experiência do usuário, maior a chance dele retornar à sua loja online, ficando longe da concorrência e reduzindo seu custo de aquisição com clientes. Existem outras práticas utilizadas para melhorar a credibilidade e a confiança do cliente, uma delas é a utilização de selos. Mas será que eles realmente funcionam?

Sim, selos ajudam a aumentar as conversões!

Se você tem um e-commerce, deve investir na contratação de um serviço que lhe permita a utilização de um selo. São muitas as lojas virtuais que têm algum tipo de selo em suas páginas, selos esses que têm como consequência principal criar diferenciação em relação à concorrência e aumentar a conversão de vendas.

Uma pesquisa realizada pelo Site Blindado com sua base de clientes constatou que selos de segurança causam um aumento de até 30% na conversão de vendas. Mas é importante entender que não é qualquer selo que funcionará. Isso vale apenas para selos com um serviço legítimo por trás e fornecidos por empresas confiáveis.

Os grandes e-commerces usam selo?

Faça um exercício rápido. Lembre-se de alguns dos principais e-commerces do país, como Nova Pontocom, Máquina de Vendas e B2W. Se estiver com o celular, entre nos sites deles agora e procure pelos selos no rodapé e nas páginas de compra. Se as empresas que estão à frente do setor utilizam, não tenha dúvidas de que sua loja virtual também se beneficiará.

Mas apenas inserir um selo qualquer em sua página não vai fazer com que você venda mais. Os selos precisam dizer alguma coisa sobre você. Por exemplo, indicar que você é um site blindado, protegendo as informações e garantindo a segurança da sua página.

Tipos de selo e critérios para se adotar cada um deles

Existem alguns nomes usados por especialistas que variam, mas para facilitar seu entendimento vamos dividir os selos em duas categorias. Ambas são parte integrante de uma muito maior: credibilidade.

• Selos de indicação e confiança: um exemplo é o selo do E-commerce Brasil, utilizado por varejistas online. Em cada caso, existem critérios propostos pelas “certificadoras” que devem ser atendidos para a liberação do selo.

• Selos de segurança: Esses selos indicam que o site se preocupa com a segurança da loja e do e-commerce. Um site com o Selo Site Blindado, por exemplo, demonstra para o cliente que seus dados estarão seguros, deixando-o mais confortável para comprar. Entretanto, ressaltamos que o importante é a análise de segurança que está por trás do selo.

Os selos se complementam, criando uma atmosfera que incentiva o cliente a optar por realizar a compra. Recomendamos que você utilize apenas selos que possuem serviços por trás e possuam um canal de comunicação com seu cliente, para facilitar o entendimento do efeito daquele selo. Um exemplo são as landing pages acessadas ao se clicar em um selo de segurança.

Essas landing pages informam ao seu cliente o serviço que está por trás do selo e garantem a legitimidade dele. É assim que selos verdadeiros são diferenciados dos falsos, deixando os usuários mais tranquilos.

Portanto, cuidado com selos que são apenas selos. Tenha consciência do que existe por trás disso. Se for “oco”, não será uma boa ideia. Se existir um serviço ou contexto plausível que realmente se torne um diferencial, essa será uma ação que fará seu negócio ser visto de maneira mais positiva por seus clientes, aumentando, potencialmente, suas vendas.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

2 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Oi Anderson. Bato na mesma tecla que bati outras vezes quanto aos selos: reduzam os preços do serviço. 200-300 mensais para quem está começando é impraticável.

    Responder
CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER