Acesso rápido

Terceiro trimestre: compras através de smartphones continuam crescendo

por Alessandro Gil Sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Já estamos no final do ano, e quando menos esperarmos Dezembro e, acabou 2015! Tivemos um ano instável, com uma economia cheia de altos e baixos, e a difícil sensação de incerteza do que vem pela frente. A verdade é que nem tudo está perdido, o mercado não parou e principalmente, apesar da crise quem conseguiu criar, se ajustar e manter os olhos bem atentos à jornada do consumidor conseguiu surfar a onda.

A verdade é que estamos sim em um momento de mudanças, muitas informações, dados, novas métricas, novos formatos. Mas estamos também em um momento de oportunidades. Como já dizia o ditado, em tempos de crise, se cria! Cria, reinventa, abre bem os olhos e conta com a ajuda de quem entende, de quem está lá estudando e avaliando o mercado. Porque se o mercado não parou é porque o consumidor continua ativo, apenas está mais atento, seletivo e informado.

É com base nessa visão que publicamos o infográfico abaixo, com os dados do nosso terceiro trimestre, em um panorama global. Não há nada melhor do que dados reais para embasar decisões futuras. Afinal o ano ainda não acabou e temos muito que aproveitar desses últimos meses, que representam uma das melhores épocas do ano para o varejo. As notícias são boas, e os resultados mesmo com toda essa instabilidade são de crescimento, vem com a gente!

infografico mobile

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.