Acesso rápido

Terceiro trimestre: compras através de smartphones continuam crescendo

por Alessandro Gil Sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Já estamos no final do ano, e quando menos esperarmos Dezembro e, acabou 2015! Tivemos um ano instável, com uma economia cheia de altos e baixos, e a difícil sensação de incerteza do que vem pela frente. A verdade é que nem tudo está perdido, o mercado não parou e principalmente, apesar da crise quem conseguiu criar, se ajustar e manter os olhos bem atentos à jornada do consumidor conseguiu surfar a onda.

A verdade é que estamos sim em um momento de mudanças, muitas informações, dados, novas métricas, novos formatos. Mas estamos também em um momento de oportunidades. Como já dizia o ditado, em tempos de crise, se cria! Cria, reinventa, abre bem os olhos e conta com a ajuda de quem entende, de quem está lá estudando e avaliando o mercado. Porque se o mercado não parou é porque o consumidor continua ativo, apenas está mais atento, seletivo e informado.

É com base nessa visão que publicamos o infográfico abaixo, com os dados do nosso terceiro trimestre, em um panorama global. Não há nada melhor do que dados reais para embasar decisões futuras. Afinal o ano ainda não acabou e temos muito que aproveitar desses últimos meses, que representam uma das melhores épocas do ano para o varejo. As notícias são boas, e os resultados mesmo com toda essa instabilidade são de crescimento, vem com a gente!

infografico mobile

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.