Tenho uma loja virtual e quero abrir uma loja física

por Larissa Lotufo Terça-feira, 10 de outubro de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

Para trabalhar com empreendedorismo é preciso estar sempre atento às inovações e mudanças que o mercado e o mundo sofrem, pois qualquer alteração pode abrir espaço para oportunidades de negócio. Foi dessa maneira que o desenvolvimento da Era Informacional impactou o modo de como se pensar o mercado até o patamar que encontramos hoje.

Se antes um empresário/a obrigatoriamente necessitava de um espaço físico para montar a sua empresa, com o advento da internet essa realidade mudou. Nesse contexto, muitos empreendedores passaram a abrir seu negócio virtual e a crescer neste espaço. Hoje, o mercado virtual é compreendido como tão importante quanto o mercado físico, sendo que a expansão do e-commerce até supera a do mercado físico na atualidade.

E cada vez mais é possível observar a junção do mercado on e offline entre as empresas que buscam oferecer mais comodidade aos clientes ao disponibilizar a compra em ambientes virtuais e físicos. Dessa maneira, é comum que empresários/as do mercado online queiram abrir lojas em espaços físicos.

Para concretizar essa ação é necessário ter em mente algumas ideias essenciais para que a nova plataforma de negócio flua tão bem quanto a anterior. Pensando nisso, produzimos este especial para os empresários que buscam expandir seu negócio para um novo espaço do mercado. Aproveite as dicas para aplicar as ideias com segurança e tranquilidade!

Para quem está habituado ao ambiente virtual, abrir uma loja física pode ser um desafio na hora de oferecer atendimento e vitrine aos clientes, já que a maneira pela qual esses procedimentos são realizados no mundo offline envolvem mais transparência e instantaneidade do que no espaço virtual.

Do mesmo modo, as implicações jurídicas e contábeis exigem cuidados, por isso é importante estar por dentro de todos os procedimentos que envolvem abrir um negócio físico vinculado a um virtual.

De modo geral, é necessário somente atualizar os dados de sua loja virtual. Como aponta Fabio Garcia Leal Ferraz – Professor de Direito Empresarial e Sócio do Escritório Bernardini & Advogados, “não há necessidade ​de obtenção de novo registro da empresa e nem nova sociedade empresária para migração ou ampliação do negócio (de físico para virtual ou vice-versa), pois o que determina se vai ser loja virtual ou física é apenas o objeto social que constará no contrato social”.

Ferraz ainda complementa a ideia apontando que “para uma empresa atuar em vários tipos de mercado (físico, virtual, etc) basta estar tudo devidamente apontado em seu contrato social: com o objeto da sociedade e com os CNAE’s registrados corretamente na Junta Comercial não haverá maiores problemas para desenvolvimento das atividades empresariais”.

Portanto, se você quer explorar o mercado físico contate seu advogado e/ou contador para que todos os registros sejam devidamente atualizados: a empresa será uma só, mas as especificações de suas atividades serão diversas.

Como indica Maurício Queiroz – Professor Universitário e Advogado especialista em Direito Tributário, “dizer que o modo de constituição de empresas virtuais e físicas são parecidos não significa dizer que não há, para cada um destes ramos, peculiaridades na atuação”.

Então fique atento às especificidades que as lojas físicas exigem, como fiscalização de estoque, horário de funcionamento, entrada e saída de funcionários, atualização de notas fiscais dos produtos, emissão de notas para clientes etc.

Em muitas empresas as equipes do on e offline criam um espírito de competição desnecessário e negativo aos negócios, porque entendem que venda de uma equipe prejudica as vendas da outra, como apontou Edson Dória – gerente de e-commerce do Grupo Paquetá em palestra do 7º Congresso E-commerce Brasil Vendas 2017.

Por isso, é importante incentivar os funcionários a compreenderem que ambos os ambientes são parte de uma só empresa e que independente da opção do cliente na hora da compra, o atendimento deve ser sempre de qualidade.

Estimule os funcionários do offline a conhecerem o ambiente virtual e os ensine a instruir o cliente a realizar compras de modo online, caso essa seja a vontade do consumidor. Deixe claro que muitas vezes a venda foi realizada de maneira virtual, mas a retirada vai ser feita na loja física, portanto o funcionário deve estar por dentro de todas as possibilidades de venda/logística para oferecer um bom atendimento.

Diferente do ambiente virtual, em que os produtos são demonstrados através de fotos/vídeos e descrições, nas lojas físicas cada produto deve estar disponível nas prateleiras para o cliente interagir com eles. Nesse sentido, a mesma necessidade de criar vitrines bonitas, organizadas e de fácil acesso existe nessa modalidade de negócio, porém a perspectiva é outra.

Separe sua loja por categorias e dê indicações claras aos clientes de qual é cada seção. Mantenha os produtos bem organizados e com preço sempre de fácil acesso para evitar dúvidas – disponibilizar máquinas de consulta ao preço é uma boa opção para lojas de grande porte.

Tome cuidado com a limpeza dos produtos e das vitrines, para que o cliente não tenha acesso ao produto ou prateleira suja, ter uma equipe própria para esse tipo de serviço é essencial em lojas maiores.

Assim como no meio virtual, os clientes buscam facilidade e diversas opções de pagamento, portanto a sua loja física deve dispor de máquinas de cartão, opções de parcelamento através de cartões ou carnês, além de rápido atendimento nos caixas de dinheiro.

Integrar a sua loja física a programas de fidelização de clientes que acompanhem as compras virtuais podem ser uma boa opção para que o seu cliente sinta que a empresa é uma só e que o pagamento será de confiança e facilitado em qualquer ambiente.

Através de uma boa estrutura contábil-jurídica, integração no atendimento, organização de ambos os espaços e facilidade nas formas de pagamento, a sua loja tem tudo para dar certo em qualquer espaço no qual resolver atuar.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.