Projeto mantido por:

Tendências de meios de pagamento para 2022: fique por dentro

por Carolina Fanin Segunda-feira, 17 de janeiro de 2022   Tempo de leitura: 13 minutos

Não podemos negar a grande digitalização ocorrida durante o período mais severo de pandemia e isolamento social. Esse movimento, do offline para o digital, se tornou necessário para que as empresas pudessem se manter, mesmo quando seus clientes estavam em casa.

Os consumidores logo se adaptaram à nova realidade e, assim, as compras online, que já haviam crescido significativamente em 2020, continuaram em ascensão e fecharam o primeiro trimestre de 2021 com um crescimento de 72%.

Uma pesquisa da PWC indicou que 40% dos diretores de empresa entrevistados afirmaram que suas organizações aceleraram a digitalização de processos para estimular o crescimento.

Neste cenário, se consolidaram os meios de pagamento digitais. Cada vez mais práticos e rápidos, possibilitaram que as pessoas pudessem comprar à distância e sem contato.

Saiba quais são as principais tendências de meios de pagamento para 2022 e como você pode adotá-las na sua empresa para continuar crescendo!

A evolução dos meios de pagamento

Pode ser que você nunca tenha utilizado uma folha de cheque para realizar um pagamento, ou, mesmo que tenha usado, com certeza já não o faz há alguns anos.

Entretanto, o cheque já foi um meio de pagamento muito utilizado, principalmente para pagamento de compras a prazo, parceladas ou de grandes quantias.

Outra forma de realizar pagamentos e transferências era presencialmente nos bancos ou lotéricas. Já parou para pensar que isso significava passar horas numa fila de banco para realizar uma tarefa que, hoje, fazemos em apenas alguns cliques no nosso celular?

Com o avanço da internet e da tecnologia em geral, a forma como fazemos as coisas mais cotidianas mudou — e isso inclui os pagamentos.

Com a popularização do e-commerce, por exemplo, o comportamento de consumo se modificou e, por isso, a tecnologia de pagamento online também precisou evoluir.

Hoje, o que temos de mais novo em meios de pagamento é o Pix, transferência instantânea e gratuita na maioria dos casos. Ele funciona a qualquer dia e horário e se tornou preferência dos brasileiros, mesmo tendo pouco tempo de existência.

Tendências de meios de pagamento para 2022

Com os consumidores cada dia mais exigentes, esperando por experiências de compra melhores e mais ágeis, faz sentido que as empresas invistam em checkout e meios de pagamento.

Modernizar os pagamentos é fechar com chave de ouro a jornada de compra e a experiência com a sua marca.

A pandemia foi responsável por mudar definitivamente a forma como as pessoas se comportam, o que forçou as empresas a agilizarem sua transformação digital e, em pouco tempo, adaptarem-se à nova realidade vigente.

E se você ainda está em dúvida se deve ou não seguir essas tendências, saiba que essa pode ser uma boa estratégia para:

  • Aumentar a conversão em vendas;
  • Reduzir abandonos de carrinho;
  • Expandir sua marca geograficamente.

Veja a seguir quais são as maiores tendências neste sentido:

Pix

O Pix é considerado uma grande revolução no mercado de meios de pagamento. Com todos os seus benefícios e rápida aceitação, hoje ele já é considerado um “queridinho” do brasileiro.

Mas, mesmo com seus números impressionantes, muitos dos sites de e-commerce ainda não aceitam essa forma de pagamento em sua plataforma.

Apesar de parecer muito simples começar a aceitar o Pix (bastando ter uma chave para que as pessoas realizem o pagamento), sem automação, a conciliação pode ser complicada, e o seu futuro cliente pode se sentir inseguro para finalizar uma transação dessa maneira.

Por isso, o ideal é que você busque uma empresa de pagamentos que possua a tecnologia necessária para automatizar as cobranças também por Pix, além dos meios já conhecidos como boleto e cartão de crédito, para integrar o Pix em uma interface segura em seu site.

Lembre-se: quanto mais opções de pagamento você oferecer, maiores serão as chances de conversão.

Embedded Finance

Embedded Finance nada mais é do que incorporar serviços financeiros à sua empresa — assim como fazem as grandes empresas do varejo, por exemplo, ao oferecer um cartão de crédito que você pode utilizar tanto dentro da loja, quanto fora.

O intuito é oferecer aos seus clientes uma experiência mais completa, oferecendo serviços que podem agregar valor à sua marca.

Se você não possui o know how ou os recursos necessários para fazer isso com um time de desenvolvimento interno, busque fintechs que possam te ajudar com essas soluções financeiras por API.

Para a maioria das empresas, ter um parceiro que ofereça essas soluções será a chave para o sucesso da implementação de pagamentos embutidos, que são uma nova fonte de receita e de fidelização de clientes.

5G

O 5G não é um meio de pagamento em si, porém ele poderá impactar diretamente na forma como as empresas recebem os pagamentos.

Conforme for implementada, a tecnologia 5G gerará mudanças importantes no mercado de meios de pagamentos via mobile.

Estes ganharão novas opções e permitirão análises maiores e mais rápidas de seus riscos.

Sua conexão mais ampla e estável permitirá a realização de compras em tempo real e também garantirá maior segurança nas transações.

Variedade

Como citamos ao falar do Pix, oferecer mais opções de pagamento geralmente significa uma maior conversão de vendas.

Entretanto, é preciso entender por que isso se tornará uma grande tendência.

Para você ter uma ideia, ao final de 2020, havia 2,6 bilhões de usuários de carteira digital, e esse número deve ultrapassar 4,4 bilhões até 2025. Isso significa que as pessoas estão abertas às mudanças no mundo dos pagamentos, buscando praticidade e facilidade.

Uma pesquisa realizada em 2017 pelo E-commerce Trends já mostrava que 28,4% das pessoas entrevistadas já haviam abandonado compras por falta de opção do meio de pagamento desejado.

Com a grande concorrência que existe hoje em dia na internet, imagine como seria perder um cliente por uma simples falta de opção. Chega a dar arrepios só de pensar!

Digitalização do B2B

Oferecer conveniência e praticidade não é um objetivo exclusivo do B2C. Empresas B2B também estão buscando a digitalização de seus processos, incluindo as cobranças e pagamentos.

Também motivadas pela pandemia e consequente migração para o online, muitas empresas já começaram a cobrar de seus clientes através de faturas digitais. Portanto, isso tem tudo para se tornar uma grande tendência em 2022, uma vez que o comportamento dos clientes no meio B2B também mudou.

De acordo com uma pesquisa realizada pela BlueSnap, 53% dos tomadores de decisão querem aceitar mais meios de pagamento digitais.

Segurança digital

Falar em pagamentos digitais e não falar em segurança digital é praticamente impossível. Afinal, as pessoas só realizam esse tipo de transação por que se sentem seguras ao fazê-lo.

Cuidar da segurança no seu site no que diz respeito às informações de pagamento de seus clientes e de seus dados pessoais, não é apenas uma tendência, mas uma necessidade para ter uma boa taxa de aprovação nas transações.

Investir em sistemas seguros de captação, armazenagem e tratamento de dados será essencial para conseguir lidar com os dados de seus clientes de maneira segura.

Atenção: opte sempre por contratar empresas que possuam selos e certificados de segurança online, como o PCI Compliance, e que utilizem sistemas anti-fraude.

Automatização financeira

Por último, mas não menos importante, a tendência da automação.

Automatizar processos significa torná-los mais rápidos, assertivos e também seguros, eliminando erros e burocracias. Ou seja, vai de encontro com o que os consumidores esperam da sua empresa.

Como estamos sempre em busca de processos melhores e mais rápidos, faz sentido que as empresas estejam investindo intensamente em automação.

Automatizar o seu financeiro, por exemplo, pode garantir cobranças mais assertivas, diminuição da inadimplência e também clientes mais satisfeitos com o profissionalismo da sua empresa.

Especificamente, automatizar pagamentos dentro de sua plataforma transmite mais segurança aos seus consumidores. Isso sem contar na facilidade da conciliação destes pagamentos em tempo real e melhor gestão do seu estoque.

Live Commerce

O Live Commerce, resumidamente, é uma estratégia de vendas para divulgação de produtos e serviços realizados no ambiente online.

Esse formato integra transmissões ao vivo (lives) atrelado aos objetivos de um e-commerce tradicional.

Essa estratégia funciona principalmente para aumentar a confiança e credibilidade da marca e também aproximar seu público, tirando dúvidas e mostrando melhor os produtos ou serviços!

Uma boa dica para bombar no Live Commerce é contratar influenciadores para mostrar seus produtos. Assim, além de atingir o público da sua marca, você também atinge os milhares (ou milhões) de seguidores do influenciador!

Em resumo, as tendências de meios de pagamento para 2022 têm tudo para fazer com que a sua empresa venda muito mais, otimize recursos e esteja cada vez mais preparada para superar as expectativas de seus clientes.

Basta buscar as ferramentas certas e investir em tecnologia para colocar em prática, sem medo!

Sua empresa está preparada para vender muito em 2022? Conta pra gente quais dessas tendências você acredita que faz mais sentido para o seu negócio!

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER