Acesso rápido

Speakable: a propriedade do Google para buscas por voz

por Sidney Jhony Dias da Silva Quinta-feira, 03 de janeiro de 2019   Tempo de leitura: 6 minutos

Cada vez mais aumenta o número de pesquisa por voz. De acordo com a ComScore, 50% das pesquisas até 2020 serão realizadas por voz. A geração Millennials e geração Z são os novos consumidores e os maiores usuários de buscas por voz.

Caso seu e-commerce tenha um blog e você goste de inovação, esse artigo é para você. Imagine um cenário onde é possível escolher qual sessão de um post do seu blog será exibido nas buscas por voz. Agora, com o Speakable, é possível.

Por enquanto a versão beta está disponível apenas nos EUA para o Google Assistant e Google Home. Mas, em breve, será lançada em outros países, segundo a informação do próprio Google: “Esperamos fazer o lançamento em outros países e idiomas assim que houver um número suficiente de editores que tenham implementado a propriedade speakable”. No mundo digital ser o primeiro faz toda a diferença.

O Google desenvolveu o Speakable. Trata-se de uma propriedade do schema.org* que é implementada por dados estruturados na página web. Com essa propriedade é possível informar qual sessão da sua página deve ser lida em uma busca por voz.

* schema.org – Vocabulário que utiliza dados estruturados para melhorar a indexação nos motores de buscas.

O primeiro passo para utilizar o Speakable é solicitar a inclusão do seu blog no índice do Google Notícias. Siga os passos nesse link do Google: https://news.google.com/publisher#p:id=pfehome

Veja abaixo uma implementação simples de uma página html utilizando o Speakable:

<html>
<head>
<title>qual é melhor j8 ou a8?</title>
<meta name=”description” content=”Confira o duelo entre o Galaxy J8 x A8 e saiba qual a melhor câmera, desempenho, hardware e tempo de bateria” />
<script type=”application/ld+json”>
{
“@context”: “http://schema.org/”,
“@type”: “WebPage”,
“name”: “Titulo da página”,
“speakable”:
{
“@type”: “SpeakableSpecification”,
“xpath”: [
“/html/head/title”,
“/html/head/meta[@name=’description’]/@content”
]
},
“url”: “https:seusite.com.br”
}
</script>
</head>
</html>

Nesse exemplo a sessão escolhida para ser exibida em uma busca por voz foi o titulo e o conteúdo dentro do meta description.

Para maiores informações sobre a especificação acesse: https://pending.schema.org/SpeakableSpecification

Vantagens para o seu e-commerce:

  • Implementar schema.org é um código semântico que ajuda os buscadores a retornarem buscas mais informativas para o usuário;
  • O seu e-commerce vai estar preparado para as buscas de voz do Google Assistant;
  • Provavelmente será suportados nas páginas AMP;
  • Mensurar a leitura dos textos para as buscas, lembrando que as respostas do Google Assistant duram em torno de 20 a 30 segundos;
  • Benefícios para otimizar o SEO do seu e-commerce em curto e médio prazo;
  • Existem rumores que o Speakable será utilizado em QA Pages (perguntas e respostas nas buscas), futuramente pode ser um novo tipo de snippets em destaque;
  • É um campo novo, no qual você e seus concorrentes vão começar a disputar um espaço de igual para igual.

Foi apenas uma introdução, espero que tenham gostado. No próximo post vou demonstrar um exemplo prático como desenvolver o seu próprio chatbot.

Primeiro faça. Depois faça certo. Por último faça melhor.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.