Sex Shop online: como um ramo tabu consegue ser tão lucrativo no e-commerce?

por Elvis Gomes Terça-feira, 15 de junho de 2021   Tempo de leitura: 8 minutos

Segundo dados levantados pelo portal mercadoerotico.org, o número de empreendedores que atuam no setor de Sex Shop  e do mercado erótico triplicou em 2020, em relação ao ano anterior.

A estimativa é que existam 100 fornecedores, entre indústrias nacionais, importadores e distribuidores, além de 9 mil pontos de vendas e 50 mil vendedores porta a porta. A pesquisa foi realizada em fevereiro de 2021 e ouviu 135 empresários, de diversos tipos de negócios no mercado erótico. A maior parte (76,13%) são mulheres e quase metade (47%) trabalha por conta própria, sem funcionários.

Quais os motivos do crescimento do mercado erótico?

O mercado erótico vendeu mais de 1 milhão de vibradores durante pandemia, conforme divulgado no portal Extra em 2020.

Atraídos pela alta demanda de produtos sensuais durante o isolamento social, os novos empreendedores do mercado erótico viram no segmento de sex shop online uma oportunidade de renda extra, ou até mesmo, uma nova atividade profissional, visto que muitos perderam seus postos de trabalho em função da pandemia.

E com o fechamento das lojas físicas, as vendas online foram a única alternativa para estes novos empreendedores venderem seus produtos e atenderem seus clientes da melhor forma.

Porém, o mercado de lojas virtuais de produtos eróticos aindaé um grande tabu para empreendedores, que sentem dificuldades em obter financiamentos em bancos para poder ter um capital de giro em sua operação. Em alguns casos, acabam mudando o ramo da empresa para Moda Íntima.

A Plataforma Live eCommerce atende uma grande fatia de lojas virtuais deste segmento, entre eles o maior distribuidor de sex shop do Brasil e me chamou a atenção o assunto. Como um setor tabu está crescendo tanto?

Temos lojistas que faturam de 30 mil a mais de 1 milhão de reais em vendas de produtos eróticos. Sim, é um mercado muito lucrativo, pois existe um grande volume de vendas e o custo de aquisição deste produto é relativamente baixo.

Sex shop ainda é um tabu

O tabu também ainda persiste nos consumidores. Não faltam pessoas que começam a julgá-lo quando você entra em uma loja física de brinquedos sexuais. Tudo isso indica que uma loja virtual de sex shop  é definitivamente uma forma de encorajar muitas pessoas a pedirem seus brinquedos e acessórios sem serem julgadas.

Por conta dos tabus,  um e-commerce de sex shop não é a mesma coisa que abrir qualquer outra loja virtual. Muitos aspectos diferenciam essas lojas de nicho de e-commerce em geral.

As principais grandes diferenças em abrir uma loja virtual de sex shop envolvem um pouco de segurança adicional para você e seus clientes. Encare os fatos: as pessoas podem adorar esses produtos, mas muitas vezes ficam com vergonha de comprá-los. É por isso que a embalagem simples e 100% genérica é um padrão da indústria.

Mas essas limitações sociais também têm um efeito direto no processamento do seu pagamento. A indústria de brinquedos sexuais foi rotulada de “alto risco”, em parte devido à frequência com que os clientes se envergonham da ideia de um sex shop aparecer em seu extrato de cartão de crédito e decidem iniciar um estorno.  Muitas pessoas mantêm segredo sobre a compra desses produtos e cometem fraudes se acharem que há o risco de alguém descobrir. Assim, há a necessidade do lojista ter processador de pagamentos de alto risco.

Você também precisará implementar a verificação de idade em sua loja virtual para cumprir as leis regionais que impedem que menores de idade comprem esses produtos. Cuide para que os seus clientes mantenham o anonimato e para que se sintam sempre seguros ao visitar e consumir pelo seu e-commerce.

Produtos de sex shop costumam exigir um pouco mais de estratégia, e não é fácil divulgar os produtos por conta das restrições e  políticas das plataformas de divulgação online.

Como iniciar um negócio de sex shop online ?

Os desenvolvimentos recentes nas soluções de tecnologia da web e a disponibilidade de plataformas de e-commerce prontas para uso tornaram bastante fácil não apenas construir lojas virtuais sem conhecimento de codificação, mas também encontrar produtos para vender nelas.

  • Pesquise o Mercado
  • Analise os concorrentes
  • Selecione bem seus fornecedores de produtos
  • Crie um planejamento financeiro
  • Procuro produtos nacionais e depois passe para os produtos importados
  • Planeje bem a divulgação e como será feita esta divulgação
  • Procure uma consultoria de E-commerce para auxiliar no planejamento  e desenvolvimento da sua loja virtual
  • Escolha a Plataforma de E-commerce que vai entender seu momento atual

É fácil abrir uma loja virtual de sex shop?

Sem dúvida! No entanto, a maior questão não é como começar um negócio de sex shop online, mas como vender brinquedos sexuais online, já que construir tais lojas se tornou muito fácil hoje em dia. Você pode construir um sex shop online em qualquer momento, mas administrar nem sempre é tão fácil.

Do lado de fora, é como qualquer negócio normal de comércio eletrônico. Por dentro, está sujeito a altos e baixos, competição acirrada, questões de privacidade e também algumas complicações legais.

Felizmente, esses desafios também tornam esse negócio MUITO LUCRATIVO. Administramos diversas operações  e uma coisa comum em todos é que todos possuem estratégias imediatas para lidar com cada um desses desafios, em vez de fugir deles.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER