Acesso rápido

Seu e-commerce carrega em menos de 2 segundos?

por Gustavo Renkel Segunda-feira, 11 de dezembro de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

Por mais incrível que pareça, ainda existem sites lentos. Projetos que não foram otimizados, tanto na estrutura quanto na hospedagem de site que são fatores decisivos para ter o carregamento rápido.

Se seu site demora mais de 6 ou 7 segundos para carregar, fique alerta. O Google já leva em consideração o tempo de abertura do seu site para rankeamento nos resultados de busca.

E ano passado, John Mueller, Webmaster Trends Analyst da Google publicou em sua conta no Twitter, que não há limite de requisições HTTPS, mas é importante seu site carregar rapidamente, cerca de 2 e 3 segundos.

Alguns outros fatores que você precisa manter a atenção são a taxa de rejeição e o tempo médio na página.

As vendas digitais aumentaram em 2017, cerca de 7,5% comparado com mesmo período em 2016.

Isso quer dizer que usuários estão realizando suas compras através da internet, buscando por qualidade, preço e rapidez.

Por isso a importância de ter um site rápido. E isso talvez seja influência do Google, pois a velocidade que ele responde às suas solicitações é “desumana”.

Google

Para ficar bem posicionado no Google, existem milhares de fatores que são levados em consideração, certo? E a velocidade é uma delas. Sim, a velocidade que seu site é carregado afeta no posicionamento no Google.

Então se seu site demora para ser carregado, acredite, o Google e os usuários não gostam.

John Mueller, afirma que: “As páginas muito lentas são levadas em consideração.”

Infraestrutura / Hospedagem

Você sabia que a infraestrutura de hospedagem do seu E-commerce afeta a velocidade do seu site?

Se você gerencia um E-commerce acredito que o seu tempo vale ouro, mas isso é um problema, sabia?

Na correria do dia a dia, a infraestrutura pode passar despercebida, e você acaba dando pouca importância para o desempenho do seu site.

O E-commerce precisa de uma hospedagem de qualidade, otimizada e gerenciada, assim além de ter um site rápido, sua equipe mantém o foco nas vendas.

Há vários planos de hospedagens disponíveis no mercado, como a Hospedagem Compartilhada, Cloud Server e o Servidor Dedicado, cada uma com seu diferencial.

Alguns fatores essenciais para uma infraestrutura de sites criar experiências incríveis para você e seus clientes, são:

  1. Velocidade (tema desse post);
  2. Usabilidade;
  3. Disponibilidade;
  4. Segurança;
  5. SEO.

Se tratando de velocidade, existem algumas configurações em seu ambiente que servem para que sua hospedagem forneça o melhor de sua capacidade. É claro que cada caso é um caso, mas entre os sites com menor tempo de carregamento as configurações utilizadas são:

  • Otimização do servidor web (apache ou nginx);
  • Configuração do PHP;
  • Utilização de uma rede de distribuição de conteúdo inteligente (CDN);
  • Tuning do banco de dados.

Separei nesse post alguns hacks não convencionais para gerar mais tráfego, multiplicar sua conversão e aumentar os lucros – acredito ser útil.

CDN

A CDN faz parte da infraestrutura, mas decidi criar um tópico somente para ela, por sua importância em relação a velocidade dos sites.

As CDNs otimizam o carregamento do seu site, como? Utilizando o conceito de redes de distribuição de conteúdo (content delivery networks), seu site é carregado em servidores próximos de acordo com a sua região geográfica. Isso é demais!

Procure uma hospedagem com esse recurso disponível que com certeza a diferença de latência será menor.

SEO

A velocidade de um E-commerce influencia o SEO, acredito que você já sabia disso, não é? Minha dica é, no seu planejamento de SEO, análise todos suas páginas, verifique a velocidade de abertura, taxa de rejeição e o tempo médio na página.

De nada adianta ter um conteúdo épico na página de produto se a velocidade não contribuiu para o SEO e sua hospedagem não for otimizada.

A um tempo atrás, a SEMRUSH apresentou para nosso leitores do blog da SECNET, alguns segredos de SEO para E-commerce, se usados de forma estratégica e alinhada com sua infraestrutura, o resultado será visível na SERP.

Velocidade das Gigantes Brasileiras

Resolvi analisar os maiores e-commerces do Brasil. Utilizando a extensão do Chrome, Page Load Time. Fiz duas requisições em modo anônimo para medir o tempo de abertura das páginas principais (Home). Confira o resultado:

Americanas

1º acesso: 4,5s

2º acesso (cache): 2,0s

Privalia

1º acesso: 2,1s

2º acesso (cache): 1,4s

Shoptime

1º acesso: 5,7s

2º acesso (cache): 3,0s

Barateiro

1º acesso: 3,1s

2º acesso (cache): 0,7s

Netshoes

1º acesso: 6,4s

2º acesso (cache): 1,1s

Walmart

1º acesso: 3,4s

2º acesso (cache): 2,8s

Submarino

1º acesso: 4,7s

2º acesso (cache): 2,7s

Extra

1º acesso: 5,4s

2º acesso (cache): 1,3s

Algumas lojas virtuais hospedadas na SECNET chegam a carregar em 4,5s. Esses números pequenos podem ser a sua grande dor de cabeça. Cada segundo ganho, melhora a experiência dos seus clientes.

Os principais motivos do carregamento lento

Uma pesquisa realizada pela Load Impact em 2013 mostra que a média de carregamento de uma loja virtual é 8 segundos. O bom desempenho é crucial para o comércio eletrônico, já que a correlação entre o desempenho e as vendas são visíveis.

Alguns motivos que levam seu e-commerce a ficar lento são:

  1. Número de requisições;
  2. Imagens;
  3. Sistema de cache;
  4. Anúncios pagos;
  5. Otimização de infraestrutura.

Fora estes citados acima, existem outros fatores que levam um site a lentidão e que devem ser considerados e corrigidos para obter o melhor desempenho da sua plataforma e infraestrutura.

Dicas práticas  para aumentar a velocidade do seu e-commerce

E aí, seu E-commerce carrega em menos de 2 segundos? Acredito que para chegar nesse ponto é preciso muito planejamento, desde a infraestrutura a arquitetura do site.

Ter um site rápido trará apenas benefícios para o seu negócio, mas para que isso aconteça é necessário que algumas otimizações sejam realizadas, como:

  • Otimizar sua hospedagem para sua aplicação e evitar lentidão;
  • Utilizar CDNs, como por exemplo o CloudFlare, dessa forma você oferece uma navegação mais rápida e segura para seus clientes;
  • Compactar arquivos (como CSS, HTML e JavaScript) para diminuir o tamanho dos arquivos que precisam ser carregados;
  • Otimizar arquivos HTML, “identando” as linhas de código e removendo comentários para facilitar a leitura de seu arquivo e diminuir seu tamanho;
  • Otimizar e/ou comprimir todas as imagens para diminuir seu tamanho e o tempo que leva para carregá-las.

5 motivos para melhorar a performance do seu site

E se você chegou até aqui e ainda está se perguntando: “Tá! Mas pra quê eu preciso de um site rápido? Como isso vai ajudar meu negócio?”, acalme-se a seguir te darei alguns bons motivos para ter um site com menos de 2 segundos de carregamento.

Há uma melhora significativa nas conversões do site. A maioria das compras online são feitas por impulso. Para um e-commerce é importante aproveitar este momento para aumentar as conversões em vendas, mas é impossível fazer isso tendo um site lento.

O gráfico abaixo é foi obtido a partir de uma pesquisa realizada pela equipe do Walmar durante a reestruturação de seu e-commerce, nesse processo eles analisaram o tempo de carregamento do site e qual o desempenho das conversões. Eles tiveram os seguintes resultados:

Pesquisa completa – Gráfico disponível no slide 37

Outra vantagem de ter um site rápido é a melhora no ranqueamento. O Google apoia páginas com carregamento rápido.

O Google gosta de sites rápido, pois assim o trabalho dos “Robots” que navegam os sites para indexá-los, também, fica mais rápido.

É possível aumentar sua receita tendo um site que carrega em menos de 2 segundos. De acordo com a mesma pesquisa da Walmart, citada anteriormente, no resultado final observaram que para cada 100 ms de melhoria, eles aumentaram a receita incremental em até 1%.

Espero ter te ajudado a entender a importância de ter um site rápido, de preferência que carregue em menos de 2 segundos.

Se você gostou desse conteúdo e acha que mais pessoas precisam saber como otimizar a velocidade de seus sites, compartilhe esse artigo com sua rede de contatos e agregue mais valor ao seu perfil.

Um grande abraço e até a próxima! 

Artigo produzido em parceria com Bruno Scoz da SECNET.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.