Acesso rápido

SEO para pequenos empreendedores

por Mikael Araújo Quinta-feira, 14 de junho de 2018   Tempo de leitura: 22 minutos

Com a perspectiva de dobrar sua participação no varejo restrito brasileiro até 2021, o e-commerce se faz cada vez mais presente na mente das pessoas no Brasil. Uma pesquisa realizada pela Forrester encomendada pelo Google com o objetivo de analisar o comércio eletrônico no país reflete um crescimento médio do setor de 12,4% ao ano.

Como proprietário de um negócio, o investimento nas estratégias corretas para a obtenção de leads para o sucesso do empreendimento é fundamental. Além de anúncios digitais, boca-a-boca, mídias sociais e press releases, a otimização para mecanismos de busca (SEO) ainda é uma escolha fundamental. Ela pode ser o diferencial entre um negócio conhecido e bem sucedido e algum que apenas está sobrevivendo.

Mas o que é SEO?

O SEO é uma habilidade vital no cenário moderno de negócios. Contratar gerentes de SEO ou obter consultorias de marketing digital pode ser algo caro caso você ainda seja um MEI ou um micro empreendedor. Mas mesmo que você já tenha algum background tecnológico, exemplificamos algumas ferramentas e direcionamentos que poderão impactar o SEO do seu negócio para melhor.

O SEO (do inglês, Search Engine Optimization) caracteriza-se por um conjunto de ações, técnicas e estratégias de Marketing Digital que possuem como objetivo o aumento do tráfego e do desempenho de um website por meio de resultados orgânicos (não pagos) em ferramentas ou mecanismos de busca (Google, Bing, DuckDuck Go e YouTube).

Conhecer SEO, mesmo que apenas de forma básica é uma habilidade vital no moderno e competitivo cenário de negócios em que vivemos. A contratação de especialistas, consultores e gerentes de SEO pode ser um processo de marketing digital caro para o empreendedor iniciante. Mas mesmo para aqueles que já possuem um background tecnológico, algumas ferramentas e fontes de informação poderão impactar a maneira como você entende e aplica o SEO. O entendimento e a aplicação dos conceitos corretos pode fazer a diferença em seu negócio para melhor.

Abaixo separamos um roteiro para você que ainda está iniciando no SEO para guiá-lo na implantação ou na contratação de um profissional especializado no assunto.

Setup inicial

Para ter certeza de que os mecanismos de busca poderão detectar e entender o seu website. você deverá registrar-se nas ferramentas oferecidas pelos mecanismos de busca. Estas ferramentas geralmente fornecem dados de diagnóstico básicos. Você poderá fazer mão destes relatórios.

1. Registro no Google Search Console

O Google Search Console (anteriormente chamado de webmaster tools) é um serviço gratuito que ajuda você a monitorar a saúde de seu website. Através desta ferramenta, o mecanismo de busca será capaz de rastrear todas as páginas de seu website e indexá-las. O Search Console também fornece recomendações para melhorias básicas relacionadas ao seu website.

2. Registro no Bing Webmaster tools

O Bing também possui sua ferramenta para webmasters. Ela funciona como uma cópia da ferramenta proposta pelo seu rival Google, mas isto não diminui o seu valor. Também fornece valiosos diagnósticos para SEO.

3. Google Meu Negócio

Um empreendimento pode aumentar as suas chances de conversão ao aparecer no pacote local do Google, no localizador local, no Google Maps e nas classificações orgânicas em geral. Os negócios locais qualificados podem solicitar uma listagem gratuita no Google e incluir informações sobre a empresa, como: endereço, número de telefone, horário de funcionamento, imagens internas e externas, entre outros.

Caso você ainda não tenha reivindicado sua listagem, é possível solicitar no Google Meu Negócio.

Dica: invista um esforço real nesta etapa. Contribua com boas imagens e escolha as categorias corretas para o seu negócio. Este será um dos principais meios por onde os usuários irão perceber o seu negócio através do Google.

4. Conduza uma busca por palavras-chave

Entender os principais termos de busca utilizados pelos potenciais clientes é a chave para uma otimização correta de qualquer website. Para muitos negócios, isto pode ser simples – encanador, eletricista, etc. Porém, clientes de e-commerce geralmente realizam uma busca mais detalhada e você deve pensar em como contextualizar suas categorias e seus produtos. Normalmente, mesmo uma busca simples por palavras-chave irá fornecer um guia sobre como estruturar e otimizar o seu website.

Existem muitas ferramentas disponíveis. Abaixo segue uma pequena lista de ferramentas gratuitas e pagas para que você seja capaz de construir a sua própria lista de palavras-chave.

Algumas ferramentas que podem ser úteis são:

– Google Keyword Planner (parte do Google AdWords)

https://moz.com/explorer/

https://ubersuggest.io/

http://keywordtool.io/

Dica: Além das ferramentas acima, o Google também fornece uma lista de suas próprias sugestões no fim da página de cada resultado de busca.

5. Organize suas palavras-chave em grupos lógicos

É supostamente improvável que a página inicial de seu website possa classificar todas as palavras-chave desejadas e escolhidas por você. Ainda que fosse possível, apenas uma página não poderia ser relevante para todos estes termos e ainda oferecer ao usuário exatamente aquilo que ele busca.

Faça a organização de suas palavras-chave em grupos lógicos. Isso o ajudará a saber de que páginas você precisa e quais termos você precisa otimizar em cada página.

Exemplo:

Encanador

Encanamento

Empresa de encanamento

 

Encanador 24 horas

Encanador 24/7

Encanador para emergências

 

Encanamento do banheiro

Encanador de banheiro

Empresa para encanamento de banheiro

Obtenha o quadro geral. Organize sua palavras-chave em grupos e tenha a certeza e a sensibilidade para incluir as palavras-chave nas páginas corretas. Lembre-se, seu objetivo é o de ajudar o mecanismo de busca e o usuário a entender o que você faz. Então, não precisa exagerar.

Website SEO

Uma vez que você já tenha as suas palavras-chave agrupadas, você pode agora revisar e otimizar o seu website. Caso não consiga realizar estas alterações sozinho, você pode contratar um webmaster ou especialista em SEO para ter a oportunidade de melhorar os seus rankings. Este roteiro ajudará você a conferir os serviços prestados por estes profissionais.

6. Páginas do website

Com suas palavras-chave agrupadas, você já possui todas as páginas do seu website?

Utilizando-se do exemplo de um encanador oferecendo conserto de encanação de banheiro, cozinha e serviços de emergência, nós necessitaremos de páginas para estas áreas:

www.minhapagina.com

www.minhapagina.com/encanador-emergencia/

www.minhapagina.com/encanador-banheiro/

www.minhapagina.com/encanador-cozinha

Dica: Possuir uma página relevante para cada um destes termos provavelmente irá melhorar os resultados para as palavras-chave/serviço e direcionar o tráfego de busca.

7. A estrutura do website

Construir as páginas que você já possui em seu site é como você as estrutura. Uma boa estrutura pode ajudar os mecanismos de pesquisa a entender seu site. Uma boa analogia é pensar o seu website como a estrutura de um armário de arquivos. Temos o armário (site), temos as diferentes gavetas (seções), pastas (subseções) e  os documentos individuais (páginas).

Então, onde sua empresa pode ter serviços, produtos e locais, podemos organizar esses documentos dentro da estrutura geral do site.

Encanador

– Cidades: Fortaleza>Aldeota>Maracanaú

– Serviços: cozinha>banheiro>emergência

– Contato.

A partir disso, você pode começar a criar as URLs de forma mais organizada e descritiva:

www.minhapagina.com

www.minhapagina.com/servicos

www.minhapagina.com/servicos/encanador/

www.minhapagina.com/servicos/encanador/encanador-emergencia

www.minhapagina.com/servicos/encanador/encanamento-banheiro

 

www.minhapagina.com/servicos/eletricista/

www.minhapagina.com/servicos/eletricista/fiacao/

www.minhapagina.com/servicos/electrical/iluminacao

 

www.minhapagina.com/produtos/

www.minhapagina.com/produtos/sapatos/

www.minhapagina.com/produtos/vestidos/

 

www.minhapagina.com/cidades/

www.minhapagina.com/cidades/fortaleza/

www.minhapagina.com/cidades/maracanau/

Isso parece complicado, mas na verdade estamos apenas nos organizando. Um mecanismo de pesquisa é um sistema de aprendizado de máquina, portanto, a organização ajudará o sistema a entender seu site e o que você faz.

8. Rastreie o seu site manualmente

Você pode obter uma visão geral do seu site usando um software de rastreamento como o Screaming Frog. A versão gratuita irá rastrear até 500 páginas, o que é suficiente para a maioria dos sites de pequenas empresas e e-commerces com poucos produtos. Se você tiver mais de 500 páginas, terá de obter uma licença.

O software examinará o seu site e fornecerá detalhes página por página. Você poderá, então, revisar os principais elementos de SEO na página e garantir que tudo esteja alinhado, guia por guia:

  • URLs;
  • títulos das páginas;
  • meta descrições;
  • tags de cabeçalho (H1, H2).

Trabalhe com essas quatro guias principais para garantir que suas URLs, títulos de páginas, meta descrições e tags H1 sejam otimizados de maneira sensata.

Dica de SEO: você pode exportar todos os dados de rastreamento (ou guias individuais) para uma planilha e trabalhar para melhorar os títulos das suas páginas e as meta descrições lá. Estes podem então ser aplicados ao seu site através do seu sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS).

9. Verifique o conteúdo indexado

O Screaming Frog lhe dará uma idéia do número de páginas HTML em seu site. Você deve ter uma ideia aproximada, mas isso confirmará. Você pode verificar quantas páginas foram indexadas no Google Search Console.

Você também pode obter uma contagem rápida do índice por meio da tag site: seuwebsite

Caso você tenha 10 páginas em seu website, então você deverá visualizar 10 páginas indexadas. Caso você perceba que há poucas páginas indexadas ou páginas demais, é provável que algum problema técnico esteja acontecendo. Investigue isso no Google Search Console.

10. Crie conteúdo para pessoas, não para mecanismos busca

Os mecanismos de busca não compram seus produtos, serviços ou leem seus textos. Pessoas sim. No entanto, com muita frequência, vemos conteúdos e sites demasiadamente otimizados para os robôs de busca em detrimento do público.

Dito isto, sempre busque escrever conteúdos para pessoas reais com necessidades reais. Pense em palavras-chave que as pessoas buscam e trabalhe com elas sempre que possível. Ponha sempre as pessoas em primeiro lugar.

Uma das maneiras mais fácil de fazer isso é visitar e ler o seu próprio website. Faça isso utilizando as versões desktop e mobile. Faça como se o estivesse vendo pela primeira vez. Este processo por si só pode levar a grandes melhorias. Incrementar o engajamento de seu site pode melhorar os seus resultados de SEO, por isso, certifique-se de que o seu conteúdo seja o melhor possível.

11. Otimize sua navegação

Um dos muitos sinais que o Google usa para entender seu website é a navegação interna. A navegação do seu site deve ajudar o mecanismo de pesquisa a entender o contexto de uma determinada página. De forma ideal, a navegação alinha-se com a estrutura do site.

Considere um site com três serviços:

Home

Serviços: encanamento / elétrico / construção

Contato

Simplificamos o modelo para que fique mais didático. O menu possivelmente utilizaria uma nova camada drop-down para o elemento de serviços. Assim, o usuário ao passar o mouse poderia visualizar os 3 serviços oferecidos (encanamento, elétrico e construção).

12. Otimize para cliques

Suas listagens de mecanismos de busca são muito mais anúncios para o seu negócio. Portanto, é importante garantir que a cópia seja atraente e convença os usuários a dar o próximo passo e clicar em seu site. Coloque o seu marketing de frente e escreva os títulos das suas páginas e descrições meta como se estivesse escrevendo anúncios e veja suas taxas de cliques (e classificações) melhorarem.

As listagens nos resultados das buscas são como anúncios para o seu negócio. Por isso, é de suma importância garantir que as meta descrições e os títulos sejam atraentes e convençam os usuários a realizarem o próximo passo e clicar no seu site.

Para começar a listagem:

  • rastreie seu site Screaming Frog;
  • revise todos os títulos de suas páginas;
  • revise todas as suas meta descrições;
  • reescreva-os para otimizar as taxas de cliques.

Dica de SEO: muitas vezes há uma tentação de otimizar títulos de páginas e ignorar as meta descrições, mas elas são cruciais para direcionar os usuários ao seu site. Otimize-as de maneira sensata e concentre-se em aumentar os cliques para direcionar usuários dos resultados de pesquisa para seu site.

13. Otimize suas imagens

As imagens geralmente são um elemento negligenciado na otimização de mecanismos de pesquisa. Para algumas empresas, a pesquisa por imagens ou os resultados de imagens misturados aos resultados padrão do mecanismo de pesquisa oferecem uma oportunidade de gerar reconhecimento e tráfego. Mas mesmo para empresas em que a pesquisa de imagens não é tão relevante, as imagens oferecem uma maneira de fornecer contexto adicional ao conteúdo.

A otimização de imagem é algo bem simples:

  • otimizar nomes de imagens;
  • adicionar texto alternativo (alt text) sensato para todas as imagens;
  • adicione sua marca em suas imagens, caso elas apareçam nos resultados de imagem;
  • considere o contexto e onde a imagem aparece na página.

Para uma página onde você promova serviços de encanador emergencial e cuja imagem seja a de um encanador trabalhando em uma casa tarde da noite, considere realizar as alterações abaixo:

Página: encanador-emergencia

Nome da imagem: encanador-emergencia.jpg

Alt text: encanador de emergência chamado às 3:00 para consertar um cano estourado

SEO Local

SEO para empresas locais é uma subcategoria inteira conhecida como SEO Local. Embora existam muitas semelhanças com SEO tradicional, existem algumas táticas específicas exigidas para empresas locais.

14. Listagens de empresas (diretórios de empresas)

Na terminologia de SEO Local, as listagens de empresas são conhecidas como diretórios ou listagens. Uma listagem é simplesmente uma menção do seu negócio em um site relevante. Um diretório é um website capaz de promover um negócio local. Por exemplo: apontador.com, brasilex, yelp.com.br, etc. Às vezes, essa menção incluirá um link. Às vezes não.

O truque aqui é identificar os sites onde sua empresa deve ser listada. Então, no Brasil, como já dito acima, estamos falando sobre os principais diretórios de negócios como Apontador.com, Yelp, Telelistas.com, etc. Também estamos falando de sites relevantes para a localização ou sua área de negócios. Se você possui uma loja e existe um diretório de comércios em sua cidade, então você pode querer ser listado. Se você está em Fortaleza e possui um negócio nesta cidade, você deve procurar ter sua empresa listada localmente.

O interessante aqui é montar uma lista destes diretórios e ter a certeza de que as informações fornecidas por você, como endereço, telefones, nome da empresa e e-mail (se for o caso) e categorias sejam sempre as mesmas. As descrições apresentadas em cada uma destas plataformas podem ser diferentes, mas todas devem apresentar o mesmo contexto.

Otimização e monitoramento de desempenho

Sites com bom conteúdo deixam os usuários felizes. Mas se eles forem rápidos, seus usuários terão uma experiência incrível. O Google adora seus usuários de mecanismo de busca felizes. Há uma gama de ferramentas para monitorar o desempenho de sites.

15. Velocidade de página e teste de compatibilidade com dispositivos móveis

O Google tem uma ferramenta (Google TestMySite) que testa a velocidade de sua página, o quanto seu site é compatível com dispositivos móveis e ainda fornece um relatório detalhado que você pode usar para otimizar seu site (para velocidade e facilidade de uso). Usabilidade é um fator de classificação importante e o relatório fornecido tem o crivo do maior mecanismo de busca do mundo.

Agora vivemos em um primeiro mundo móvel de vários dispositivos. A maioria das pequenas empresas verá o primeiro contato de clientes potenciais em telefones celulares. Certifique-se de que seu site é desenvolvido com os dispositivos móveis (celulares e tablets) em mente.

16. Monitore o desempenho do seu site

A velocidade da página depende de muitos fatores-chave: a maneira como o site é construído, otimizado para desempenho e a sua hospedagem. Portanto, testar a velocidade é algo que deve ser feito continuamente para garantir que seu site esteja sempre disponível e com um tempo de carregamento aceitável. Uma estatística recente dos detalhes da pesquisa do Google indica que, para cada segundo adicional que uma página leva para ser carregada, as conversões podem cair em 20%. Portanto, assegure-se de que seu site esteja funcionando 24 horas por dia, sete dias por semana.

Para avaliar a velocidade de seu site:

  • analise a velocidade do site no Google Analytics em: comportamento > velocidade da página;
  • monitore as mensagens do tempo de espera;
  • monitore mensagens do tempo de espera e disponibilidade do console de pesquisa;
  • utilize as ferramentas de teste de velocidade da página: Google Page Speed Insights;
  • considere o uso de uma ferramenta de testes de terceiros, como https://gtmetrix.com.

Link Building e Autoridade

As visibilidades dos mecanismos de busca ainda são fortemente dependentes da obtenção de um perfil de links fortes. Isso se torna mais um fator em mercados mais lucrativos e competitivos. Uma pesquisa recente realizada pelo website Ahrefs demonstra uma correlação forte entre sites que não possuem links e sua falta de visibilidade dentro das buscas.

17. Estratégia de Construção de Link para Pequenas Empresas

Geralmente, o desenvolvimento de links deve ser o último trabalho, pois você deve tentar extrair o máximo de desempenho de todas as outras estratégias de otimização. Assim, antes de mergulhar no linkbuilding, de criar o melhor conteúdo e de ter o seu SEO local ajustado, verifique se o site está bem otimizado.

Então, quando se trata de construir links que irão melhorar o seu SEO, você vai querer se concentrar em dois fatores principais:

Press Releases – ferramentas digitais como o AjudeUmReporter permitirão que você ajude os jornalistas que procuram informações de especialistas para seus artigos. Normalmente, a entrada fornecida aqui fornecerá um backlink para o seu site.

Posts de Convidados (guest post) – muitos sites permitem que você faça uma postagem de convidado que seja relevante para seu público. Isso pode gerar melhor exposição e credibilidade junto com um backlink.

Você pode melhorar ainda mais essa estratégia criando conteúdo útil em seu site e vinculando a esse conteúdo em suas contribuições para press releases e guest posts. Isso permite que você use um texto âncora relevante para apontar para artigos no seu site. Esses artigos devem ser expandidos em um ponto no artigo de vinculação e devem agregar valor à página de vinculação.

Por exemplo, você pode ter um artigo sobre: 5 serviços de encanamento que você mesmo pode fazer. Você pode então vincular a isso com termos como “serviços de encanamento DIY”, “serviços de encanamento que você pode fazer sozinho”. Isso permite que você obtenha um link para sua página inicial e um link para um conteúdo relevante em seu website e, normalmente, isto irá aprimorar ainda mais seus resultados.

Apenas uma ressalva: busque obter backlinks de websites saudáveis e relevantes ao conteúdo de seus usuários.

Análises, medições e taxas de conversão

Obtendo seu SEO discado para o seu site Small Business irá melhorar o tráfego. Ainda temos que entender esses usuários para realmente maximizar os resultados. É aqui que o Analytics e a otimização da taxa de conversão entram em ação.

A obtenção da otimização de um SEO dedicado para o seu website possibilitará uma melhoria considerável em seu tráfego. Porém, o entendimento dos hábitos de navegação de seus usuários podem fornecer insights valiosos tanto para a otimização de seu conteúdo como para a usabilidade de seu website.

18. Instalação o Gerenciador de tags do Google (GTM)

O Gerenciador de tags do Google é a maneira moderna de gerenciar as tags para seu website. Isso pode simplificar a implantação e o gerenciamento de todas as tags necessárias para o marketing digital (tags de análise, Facebook, Instagram, Pinterest, etc.), mas também pode acelerar o seu site.

Site rápido = usuários felizes = motor de busca feliz.

Dica de SEO: use o Gerenciador de tags do Google para simplificar a adição de tags ao seu website e melhorar os tempos de carregamento das páginas e, consequentemente, seu desempenho.

19. Instalar o Google Analytics

Com o Gerenciador de tags do Google (GTM) instalado, você desejará instalar o Google Analytics (ou mover sua instalação do GA para o Gerenciador de tags).

Dica de SEO: instale o Google Analytics no Gerenciador de tags do Google para obter dados de análise rápidos e flexíveis.

Considerações finais

A otimização de um website é o resultado de se ter fatores técnicos, contextuais e de usabilidade alinhados e trabalhando em conjunto. Palavras-chaves, URL, nomes de páginas, meta tags, navegação, otimização de página, etc.

Se todos estes fatores estiverem alinhados, você estará ajudando os mecanismos de busca a entenderem o que você faz e onde você faz.

Entenda que um mecanismo de busca é apenas uma ferramenta que conecta perguntas com as melhores respostas. Para que os resultados sejam mais precisos, o mecanismo de busca precisa estar completamente confiante no que você faz, onde você faz e se os usuários estão gostando de você.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.