Projeto mantido por:

Por que investir na segurança psicológica do seu time de e-commerce?

por Maria Lilian Sexta-feira, 18 de março de 2022   Tempo de leitura: 10 minutos

Cuidar da segurança psicológica é uma demanda que deveria ser priorizada em organizações dos mais diferentes segmentos.

No mundo do e-commerce, ela também se mostra extremamente relevante, proporcionando mais bem-estar e contribuindo de maneira direta para os resultados.

No artigo de hoje, vou te explicar as características e te mostrar porque você deve investir nesse conceito tão importante. Por esse motivo, não deixe de ler até o final!

O que é segurança psicológica?

A segurança psicológica é a crença de que o colaborador não será punido de maneira severa por compartilhar ideias, questionamentos, preocupações ou, até mesmo, por eventuais erros.

Esse conceito tem o poder de causar um impacto extremamente positivo em empresas de e-commerce, principalmente nos times que interagem de maneira constante, como no caso do departamento de marketing digital.

Trata-se de uma demanda que deve ser compartilhada por todos os membros de uma determinada equipe, permitindo que cada pessoa emita suas opiniões e visões profissionais, sem se sentirem envergonhados ou rejeitados.

Dessa forma, é possível criar um ambiente muito mais confortável, o que, por consequência, pode acabar repercutindo de maneira direta nos resultados da sua empresa.

Em outras palavras, se você está percebendo que sua equipe não se sente à vontade para falar sobre os pontos que estão, ou não estão, funcionando, tome cuidado!

Esse clima é um sinal de que sua empresa não está pronta para lidar com as falhas da maneira mais otimizada e dinâmica.

Além do mais, esse cenário pode sinalizar que seus funcionários não estão totalmente comprometidos com a empresa, seja por receio, insatisfação ou medo de expressar seus pontos de vista. Com isso, a organização acaba perdendo a oportunidade de alavancar os pontos fortes, e trabalhar os pontos de melhoria.

Inclusive, a Dra. Amy Edmondson, autora de The Fearless Organization, revelou que as pessoas devem ter permissão para expressar pensamentos, tirar dúvidas (mesmo que pareçam óbvias) e compartilhar os brainstorms em voz alta, por meio de uma cultura empresarial enraizada na comunicação plena e saudável.

Ou seja, a segurança psicológica tem o poder de impactar o seu e-commerce em diferentes frentes, mantendo seus funcionários mais saudáveis e motivados, estabelecendo uma visão ampla e atualizada da sua empresa e garantindo mais produtividade.

Os benefícios da segurança psicológica para o seu e-commerce

Para se ter uma ideia das vantagens desse conceito, uma pesquisa realizada pela PwC descobriu que a segurança psicológica incentiva o pensamento flexível e estimula as características do empreendedorismo entre os funcionários.

Além do mais, os professores do MIT Edgar Schein e Warren Bennis também afirmaram que esse aspecto é um componente vital para formar profissionais mais preparados para lidar com as metamorfoses e os desafios das organizações.

Outro estudo realizado pelo Google, que acompanhou mais de 180 times ao longo de dois anos, revelou que as equipes que apresentaram melhor desempenho tinham a segurança psicológica como uma característica em comum.

Com tudo isso em mente, é possível afirmar que, ao promover esse conceito para o seu time de e-commerce, você poderá desfrutar de benefícios como:

  • Melhora do engajamento e do bem-estar dos funcionários;
  • Compartilhamento mais intenso de conhecimento;
  • Aumento da capacidade para resolução de problemas;
  • Maior diversidade e inclusão no local de trabalho;
  • Menor rotatividade de colaboradores;
  • Maior desempenho entre as equipes;
  • Profissionais mais abertos para mudanças.

Seis maneiras de aplicar a segurança psicológica no seu e-commerce

1. Seja atencioso e autêntico com sua equipe

Se envolver com sua equipe de maneira autêntica e atenciosa é o primeiro passo para promover a segurança psicológica em sua empresa. Por esse motivo, não deixe de se mostrar presente no seu time, demonstrando confiança e estabelecendo uma comunicação ativa com todos os setores.

2. Permita que os colaboradores tomem decisões de maneira independente

Imagine a seguinte situação:

Você tem um e-commerce focado na venda de camisetas.

Em um determinado dia, sua loja recebe um pedido de cinco camisetas que, por algum motivo, não estão mais no estoque.

Essa compra acaba colocando o funcionário responsável pelo controle de vendas em uma situação imprevista.

Contudo, ele se lembra de que o inventário receberá uma nova carga dessas camisetas dentro de cinco dias.

A partir daí, o colaborador pode seguir por dois cenários diferentes:

  • Esperar o gestor chegar para tentar resolver a situação;
  • Tomar a iniciativa e entrar em contato direto com o cliente para oferecer a possibilidade de realizar a entrega com alguns dias de atraso.
  • A opção 1 coloca o funcionário em uma posição de receio para tomar uma decisão sem antes consultar o seu superior. Isso acaba estabelecendo um sentimento de medo, deixando as resoluções mais lentas e engessadas.

    Em compensação, a opção 2 dá mais autonomia para o colaborador, deixando-o confortável e confiante para resolver o problema com mais agilidade.

    3. Lidere com empatia, não com ego

    Empatia, autoconsciência, feedback direto e respeitoso e comunicação ativa são algumas das palavras-chave para manter os funcionários alinhados, confortáveis ​​e seguros.

    Por conta disso, é importantíssimo evitar comportamentos passivo-agressivos, pois isso gera uma intimidação que pode pesar o clima do ambiente e atrapalhar o desempenho. Nessas horas, se você quer que o time do seu e-commerce cresça, seja genuíno e solidário sempre!

    4. Esteja aberto ao feedback

    Toda liderança deve estar aberta a feedback. A comunicação saudável estabelecida entre uma equipe e seu líder ajuda a simplificar os processos, fornece uma visão mais clara dos objetivos, aumenta a produtividade e gera níveis altos de confiança mútua.

    5. Invista em um treinamento

    O investimento na educação é uma ótima forma de desenvolver a segurança psicológica no seu e-commerce.

    Por meio de um treinamento de liderança bem desenvolvido, por exemplo, seus funcionários poderão expressar seus pontos de vista em relação à empresa, compartilhando ideias e percepções que podem te ajudar a estabelecer um bom clima organizacional para o seu negócio.

    6. Construa uma cultura onde os erros são aceitáveis

    Uma das chaves para a segurança psicológica no e-commerce é criar uma cultura onde os erros são aceitáveis. Afinal, por meio deles, é possível conquistar muito aprendizado e crescimento.

    Claro que é preciso avaliar caso por caso. Além do mais, é necessário ter cuidado para que esse tipo de situação não se torne recorrente, porém, os erros mais simples não devem ser condenados, principalmente se eles forem cometidos por colaboradores que vestem a camisa da empresa.

    Conclusão

    Espero que tenha compreendido o significado e a importância da segurança psicológica para o seu time de e-commerce. Ao colocar esse conceito em prática, sua empresa poderá desfrutar de diversos benefícios, deixando seus funcionários muito mais engajados e produtivos.

    Gostou deste artigo? Então não deixe de continuar acompanhando as atualizações, em breve voltarei com um novo conteúdo exclusivo!

    Leia também: Resultados que só a diversidade trará para sua empresa

    Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
    Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
    Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

    Você recomendaria esse artigo para um amigo?

    Nunca

     

    Com certeza

    Deixe seu comentário

    0 comentários

    Comentários

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Comentando como Anônimo

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER