Projeto mantido por:

Segurança no fim do projeto? Cuidado

por Anderson Cruz Quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Segurança em um e-commerce é fundamental. Mas, ainda é grande o número de lojas virtuais considerando esse elemento somente ao final do projeto. Cuidado com esse tipo de escolha. Segurança no e-commerce caminha lado a lado com credibilidade, e sem ela você não atrairá seu cliente.

Segurança no e-commerce

No e-commerce infelizmente não é possível tocar, experimentar o produto ou mesmo ter certeza da entrega. Isso, por si só, já gera um desconforto no consumidor. Mas, o cenário ainda pode se agravar quando esse mesmo consumidor não tem garantias que seus dados serão preservados.

Na verdade, embora o e-commerce tenha movimentado mais de R$28 bi em 2013, somente no Brasil, ele ainda provoca medo em um número significativo de consumidores. Afinal, como o pagamento é realizado com cartão de crédito/débito, a necessidade de inserção de dados pessoais se faz presente. E é aí que o site deve proteger essas informações.

Outra forma de pagamento no e-commerce é o boleto bancário. Essa modalidade foi vítima de ataques recentes e mal intencionados, nos quais se alterava o código, para o pagamento ser enviado a outra conta. Portanto, se o cliente não se sentir seguro, ele não vai confiar suas informações a esse site. Segurança passa a ser um dos principias fatores de conversão de vendas.

Varejistas não se atentam com a importância da segurança no início do projeto

Embora a lógica pareça bem clara, não é exatamente desta forma que acontece. Constantemente a Site Blindado recebe contatos de pessoas que deixaram a segurança para o final do projeto. E, deixando a busca pelos recursos de proteção em segundo plano, quando o e-commerce já está no ar, sabe-se de casos graves, nos quais, os clientes sofrem de antemão algum tipo de problema.

Segurança é prioridade. Se ocorrer de seu site não ter investido no começo, vale citar o ditado “antes tarde do que nunca”. Afinal se isso aconteceu pode ser por dois motivos: o consumidor de alguma forma cobrou ou o lojista entendeu que, segurança é realmente importante para seu negócio.

Mas se você está no processo de desenvolvimento do e-commerce é aconselhável que a segurança seja tratada com a devida consideração, evitando problemas futuros. Listamos alguns para você compreender ainda mais essa necessidade:

• Muitas vezes sua necessidade de segurança exigirá um investimento que as “sobras” do final de um projeto não sejam capazes de suprir.

• O “jeitinho” fará com que você tenha que adaptar a segurança. Imagine uma agência bancária que faz grandes movimentações financeiras, recebendo os mais diferentes perfis de públicos, improvisar na segurança? Quais os riscos que seus clientes e a própria agência podem acarretar? É a mesma situação em sua loja virtual.

• Quando se deixa a segurança para o final do projeto, corre-se o risco de ter de voltar ao início, realocando o capital para investimento.

• Em alguns casos, o cliente deixa para investir em segurança após sofrer algum tipo de ataque. Quando não se investe no momento certo, corre-se o risco de ser atacado. E um ataque para um e-commerce pode fazer com a imagem seja manchada por tempo indeterminado.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER