Acesso rápido

O que eu preciso saber antes de trocar a plataforma de e-commerce?

por Galleger Ilhe Segunda-feira, 01 de outubro de 2018   Tempo de leitura: 5 minutos

Todo dono de e-commerce passa, em algum momento da vida, pela necessidade de mudar de plataforma da sua loja virtual. Se isso já aconteceu ou está acontecendo com você agora, saiba que este post irá te ajudar nessa fase tão delicada.

Antes de mais nada, é importante entendermos os fatores que levam o lojista a trocar de plataforma. Sendo assim, confira a seguir as principais situações que levam à troca de uma loja virtual (plataforma de e-commerce).

Principais problemas:

  • Baixa taxa de conversão em vendas;
  • Mensalidade abusiva que cobra percentual sobre a venda;
  • Instabilidade na plataforma da loja virtual;
  • Layout ou código muito engessado;
  • Integrações limitadas com outros sistemas;
  • Checkout extremamente complicado;
  • Falta de suporte técnico,
  • A loja virtual cresceu e precisa de serviços customizados.

Você se reconheceu em alguns dos itens acima? Então, prepare-se para as dicas! Sabemos que mudar de plataforma de e-commerce não é algo tão simples, pois é necessário um procedimento que envolve muita atenção, cuidado e conhecimento técnico para garantir a mais perfeita harmonia na sua nova plataforma. Por isso, confira os passos fundamentais para um processo de migração eficiente.

1. Escolha da nova plataforma e serviços

Defina um escopo detalhado para garantir a clareza do resultado final da nova loja virtual. Entende-se por “escopo” todas as funcionalidades a serem oferecidas, assim como as limitações, para nenhum imprevisto comprometer o seu e-commerce.

Alguns itens para se atentar antes de fechar contrato com uma empresa que oferece uma plataforma de e-commerce:

  • Comissionamento nas suas vendas: algumas empresas cobram taxa de comissionamento abusiva por venda realizada. Muito cuidado porque, caso contrário, você terá um sócio oculto na sua operação.
  • Terceirização do trabalho de agência: grande parte das empresas que desenvolvem plataformas acaba delegando para agências (terceiros) o trabalho de criação de layout do seu e-commerce. Atente-se ao jogo de empurra-empurra em casos de problemas que podem acontecer durante esta etapa. Ficar no meio de fogo cruzado não é bom para nenhum cliente, por isso, verifique as responsabilidades em caso de imprevistos.
  • Hospedagem da sua loja: entenda o tipo de hospedagem que será oferecida para a sua loja virtual. Certifique-se que a empresa tenha uma hospedagem dedicada, recomendada para e-commerce. Subir o seu site no modelo de hospedagem compartilhada é correr um risco desnecessário. Se o servidor ou o software em uma loja de terceiro apresentarem problemas, é você – e seu cliente – que poderá sofrer os danos.
  • Suporte técnico: verifique como será o atendimento do suporte técnico do serviço contratado. Uma boa prática do mercado é ligar aleatoriamente e conversar, de verdade, com clientes que estejam no portfólio da empresa que fornece a nova loja virtual. Esta etapa é fundamental para descobrir o que de fato funciona e o que deve ser o seu ponto de atenção.

2. Domínio

Para que a migração ocorra de modo eficaz, é preciso verificar se o registro da sua loja virtual, ou seja, o endereço, está perfeitamente em ordem para a migração ocorrer. Se a gestão do Domain Name System (DNS) – a armazenagem de domínios e seus endereços de IPs – não ocorre, o processo de migração se torna impossível. Você pode verificar o seu domínio através de ferramentas web.

3. Certificado de segurança

É importante verificar se o certificado de segurança (SSL) utilizado em sua plataforma atual irá funcionar na plataforma nova, pois é possível que o certificado utilizado não seja compatível com o softwares de servidor web, sendo o conhecimento técnico um item fundamental nesta etapa.

4. Redirecionamento 301

Se as URLs do seu e-commerce forem mudar com a migração de plataforma, é fundamental elaborar uma tarefa de redirecionamento 301 para cada uma das URLs que tiverem mudança. Deste modo, os principais buscadores, como Google, Yahoo e Bing, conseguem redirecionar adequadamente os futuros consumidores para as URLs corretas, evitando que seu consumidor acesse páginas que estão fora do ar (o famoso erro 404).

Assim, com o redirecionamento, mesmo acessando a URL antiga de uma página, a pessoa será encaminhada para a página e o endereço novos. Por exemplo, se a sua URL da página “Camisa Azul” for atualmente a www.sualoja.com.br/camisa-azul (URL antiga) e, após a migração de sistema, ela passar a ser www.sualoja.com.br/camisas/nova-camisa-azul (URL nova), neste caso, a sua empresa precisará ensinar os buscadores a interpretar que a URL antiga mudou permanentemente para a nova.

5. Migração de dados dos clientes

Antes de trocar de plataforma, questione com a equipe técnica como será feita a migração de dados dos produtos, clientes e pedidos. É fundamental que nesse processo nada ocorra de errado e os dados não sejam perdidos, pois eles precisam ser muito bem preservados para não comprometer a credibilidade do e-commerce.

6. Backup

Lojista, lembre-se de fazer o backup de toda a plataforma antes de migrar para uma nova, além de manter os dados por um tempo mesmo após a migração. Imprevistos acontecem, e estar preparado para esse tipo de situação é importante para evitar dores de cabeça maiores e, principalmente, impedir que o desempenho da loja virtual seja prejudicado.

7. Teste

Antes de fazer a migração, realize testes em toda a plataforma, para verificar se tudo está funcionando corretamente. Não negligencie esta operação. Portanto, não se esqueça de realizar a migração em um período com menor quantidade de pedidos para não atrapalhar as compras dos consumidores.

Gostou do texto? Deixe a sua opinião nos comentários!

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.