Redes sociais assertivas: cuidado com as mídias digitais da moda!

por Maria Lilian Segunda-feira, 26 de abril de 2021   Tempo de leitura: 10 minutos

Você provavelmente já ouviu alguns rumores sobre o Clubhouse, um novo aplicativo lançado em 2020.

A plataforma, baseada em áudio, é projetada para criar uma conexão em tempo real entre os usuários. Mas, por enquanto, a participação fica restrita às pessoas convidadas e só funciona no sistema iOS.

E com todo o alvoroço causado por mais uma novidade, muita gente entrou na onda, garantiu o seu convite exclusivo e marcou presença.

Muito provavelmente, assim como tantos outros gestores, você também quer participar das redes sociais certas para a sua empresa, e viu no Clubhouse uma ótima oportunidade.

No entanto, será que agora a sua organização precisa de mais um perfil, em mais em mais uma mídia digital?

Neste artigo eu trouxe algumas dicas para você escolher as redes sociais certas para a sua empresa
Assim, você pode entregar conteúdos de qualidade para o seu público e fazer a divulgação correta da sua marca. Confira!

A importância de escolher as redes sociais certas para a sua empresa

Como proprietário de uma empresa, você desempenha vários papéis e faz o que é necessário para tornar sua empresa o mais bem-sucedida possível.

Então, quando se trata de mídias sociais, você já sabe que pode atingir um grande grupo de pessoas e tem toda a intenção de aproveitar ao máximo as redes sociais gratuitas.

E esse é um dos principais motivos (e vantagens) pelos quais as empresas terceirizam essa função e passam a contratar uma agência de Marketing Digital.

Elas querem ser assertivas e por isso confiam a tarefa para profissionais, garantindo assim bons resultados a partir do Marketing Digital.

Cada plataforma atinge um público diferente, mas, em última análise, estabelecer suas metas e estratégias de marketing e seguir seu plano o ajudará a escolher qual plataforma ou plataformas valem o tempo e o esforço.

Como escolher redes sociais certas para a sua empresa

Depois de decidir investir em marketing de mídia social, seu próximo desafio principal é decidir em quais plataformas você deve se concentrar.

Ao considerar cada plataforma de mídia social, mantenha estas questões em mente:

  • Quem é o seu público-alvo e quais plataformas eles mais usam?
  • Que história você está tentando contar sobre sua empresa e seu produto ou serviço?
  • Que tipo de conteúdo você planeja produzir de forma consistente?
  • Como a mídia social oferecerá suporte ao seu site?

1 – Foque no seu público-alvo

Cada rede social atende a um tipo diferente de público, então preste atenção ao sexo e às faixas etárias daqueles que você está tentando atingir. Ou seja, foque na sua persona.

Se você está lutando para encontrar onde se encaixa, faça algumas pesquisas e veja quais plataformas seus concorrentes estão usando e avalie se eles estão usando-as bem. Uma excelente alternativa é utilizar o Mapa da Empatia para levantar boas informações.

Tem um plano

Depois de definir seu público ideal, é hora de criar uma estratégia. Escolha em quais plataformas você gostaria de se concentrar (recomendamos começar com no máximo duas).

Crie uma programação de postagem e uma diretriz de marca para que você possa ter certeza de que sua mensagem corresponde a como deseja que as pessoas vejam seu negócio.

3 – Conheça seus limites

É uma boa ideia reivindicar sua empresa em todas as plataformas de mídia social para proteger seu nome e marca, mas você não precisa estar ativo em todas elas.

Para manter todas as contas, seria necessário uma equipe interna (ou terceirizada) em mídia social para criar conteúdo, filmar vídeos e gerenciar suas páginas.

Agora, vamos revisar alguns dos atributos comuns das plataformas individuais para ajudá-lo a decidir quais canais podem ser adequados para sua empresa:

Facebook

O Facebook é a plataforma de mídia social mais popular em todo o mundo e um dos melhores sites de mídia social para comercializar qualquer negócio.

Nesta plataforma, você pode direcionar especificamente seu público por idade, emprego, interesses e outras características, tornando-se uma plataforma muito dinâmica para anunciar e construir consciência de marca.

Twitter

Mais conhecida por fornecer atualizações em tempo real, esta plataforma é usada principalmente por veículos de notícias, políticos e tópicos de tendência.

Projetada originalmente para pensamentos rápidos e concisos, esta mídia digital foi atualizada para permitir que os usuários compartilhem vídeos e fotos, mas, em última análise, as postagens de texto ainda são o estilo de postagem mais popular.

O Twitter usa o aplicativo de hashtags, que é uma forma de “marcar” termos para se tornarem pesquisáveis ​​na plataforma usando o sinal de libra “#” (semelhante ao Instagram), mas você está limitado a 280 caracteres.

Essa ferramenta é uma ótima maneira de obter as principais notícias e se manter atualizado sobre os tópicos em alta, permitindo que você, como proprietário de um e-commerce, mantenha postagens oportunas em seu calendário de conteúdo.

LinkedIn

O LinkedIn tem a distinção de ser a plataforma mais utilizada para públicos mais velhos. Possui os maiores usuários entre as idades de 30-49. O LinkedIn também é único porque tem um foco estreito.

As pessoas usam o LinkedIn para pesquisar empregos e se relacionar profissionalmente. Como resultado, a plataforma é útil para geração de leads B2B, networking geral, bem como recrutamento de funcionários.

O LinkedIn também usa SEO semelhante ao seu site e ao Facebook, por isso é importante manter suas descrições e informações o mais atualizadas possível.

Instagram

O Instagram fez grandes avanços no mundo da mídia social — não é de admirar, já que é propriedade do Facebook.

O Instagram é uma rede social com visual pesado que permite aos usuários publicar fotos e videoclipes curtos que agradam ao público.

De acordo com os estudos disponíveis, as pessoas se lembram de 80% do que veem e apenas 20% do que lêem.

Como proprietário de uma empresa, uma das melhores coisas sobre o Instagram é a capacidade de aumentar sua base de seguidores organicamente por meio do uso de narrativas, boas imagens e hashtags. A autenticidade percorre um longo caminho nesta plataforma.

Pinterest

O Pinterest permite que os usuários salvem “pins” de imagens de toda a web. Essas imagens podem levar a sites, blogs, vídeos, serviços e produtos.

Ele começou como um site para mulheres compartilharem receitas, decoração de casa, moda e ideias de planejamento de casamento, mas cresceu para incluir muitos outros tópicos também.

Ainda é predominantemente usado por mulheres, mas está crescendo lentamente em popularidade entre os homens.

YouTube

Embora o YouTube tenha 1 bilhão de usuários, seu alcance vai muito além disso. Você não precisa se inscrever para ser um usuário para visualizar o conteúdo no YouTube.

Como resultado, o YouTube se tornou uma das maiores plataformas de mecanismo de busca. Muitas dessas pesquisas são por “Como fazer” ?? vídeos. As empresas do setor de serviços que podem oferecer esse tipo de conteúdo funcionam bem nesta plataforma.

Conclusão

Espero que este texto tenha sido útil e te ajude a escolher as redes sociais certas para a sua empresa.
Lembre-se de que tudo se resume à sua personalidade e objetivos. É totalmente possível ter sucesso em uma plataforma inesperada, se você estiver atento aos gostos do seu público.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.