Acesso rápido

Como a Realidade Aumentada está revolucionando as vendas no varejo

por Renato Gangoni Terça-feira, 11 de setembro de 2018   Tempo de leitura: 7 minutos

A integração do mundo virtual com o real não é apenas tendência, mas um movimento natural no dia a dia das pessoas e no ambiente de negócios. Na por acaso, a Realidade Aumentada (AR) aparece como uma oportunidade para proporcionar uma experiência de compras diferenciada, estreitar laços entre consumidor e marca, gerar fidelização de clientes, antecipar decisões de consumo, agilizar os processos de compras, aumentar as vendas e trazer o consumidor digital para o ambiente físico.

Um artigo recente divulgado pela Harvard Business Review nos diz que mais de 30% dos executivos das áreas de Varejo e Tecnologia da Informação pretendem investir em ações de AR até 2020. Na prática, por meio de software ou de um aplicativo a tecnologia de Realidade Aumentada interpreta sinais vindos de um objeto real.

As previsões da International Data Corporation (IDC) são otimistas para quem adotar a AR em seus negócios. A entidade calcula que os varejistas que utilizarem AR nas empresas aumentarão os níveis de satisfação dos clientes em 20% e a produtividade dos colaboradores em 15%.

Se você ainda tem um pé atrás em relação à efetividade da Realidade Aumentada, basta pensar no seguinte episódio: surge um convite de última hora para um evento e você precisa encontrar uma roupa para ir, mas está sem tempo para experimentar diversas peças na hora da compra; e se existisse uma maneira de diminuir as horas gastas com essa tarefa de última hora? A AR permite, por exemplo, equipar a loja com um espelho interativo, em que você consegue testar os looks sem precisar realmente experimentar as roupas.

Costumo dizer que estamos em um momento no qual diferentes canais de consumo convergem com o objetivo de proporcionar uma experiência única ao consumidor. Ao considerarmos o fato de as pessoas estarem cada vez mais em busca de agilidade nas tarefas do dia a dia, fica mais fácil entender por quê as lojas físicas estão em pleno processo de transformação, incorporando recursos digitais e novas tecnologias aos seus processos.

Outro ponto importante é que a Realidade Aumentada também pode ser uma ótima aliada de quem busca incrementar a performance dos colaboradores. Por meio de aspectos virtuais é possível simular (e por consequência treinar) situações reais do cotidiano de uma loja, por exemplo. Os ambientes digitais permitem vivenciar situações diárias de um jeito seguro, controlado e pedagógico.

Outro ponto positivo é ter a oportunidade de conhecer os produtos e suas especificações técnicas de maneira ágil e fluida. Assim, sobra tempo para pensar na qualidade do atendimento ao cliente. Por fim, também há a chance de treinar um grande número de funcionários sem a necessidade de investir muito em tempo, deslocamento e outros recursos diversos. Ou seja, a AR é uma alternativa interessante de aprendizagem, motivação, engajamento e imersão na marca – o que contribui para fortalecer o diferencial competitivo no mercado.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.