Que mudanças no e-commerce devem ser causadas pelas inovações Fintech?

Por Thais Rodrigues Quarta-feira, 08 de março de 2017

A dinâmica de pagamentos globais evoluiu significativamente na última década. A rápida ascensão e evolução igualmente rápida do e-commerce e das transações móveis deu origem a uma onda de novos métodos de pagamento. As carteiras eletrônicas e as compras no aplicativo são bons exemplos.

Em muitos mercados desenvolvidos, métodos de pagamento mais antigos, como cheques e pagamento na entrega, estão sendo substituídos por alternativas que tornam as transações on-line e móveis cada vez mais fáceis o que estimula o consumidor a fazer compras on-line. De acordo com o eMarketer, até 2020 a parte digital das vendas globais do varejo vai sair de US$ 1,9 trilhão para US$ 4 trilhões!

Com o crescimento de plataformas de e-commerce internacional como Shopify e Magento, e plataformas de pagamento como o PayPal, G2A Pay e Stripe, as barreiras do comércio eletrônico estão se desmoronando, dando vida a novos negócios, abrindo novos fluxos de receita para as plataformas já estabelecidas e impulsionando os avanços tecnológicos em todo o mundo.

As principais empresas de tecnologia, como Facebook, Google, Apple e Microsoft, que estão envolvidas em negócios transfronteiriços e fornecendo serviços globais, têm a tarefa de implantar seus serviços em cima de infra-estruturas de pagamento antigas e fragmentadas.

Isso é particularmente desafiador nos mercados emergentes, pois cada país tem seu próprio quadro legal, emissores, adquirentes, processadores e gateways, resultando em métodos de pagamento que podem parecer muito semelhantes na superfície, mas são muito diferentes em realidade.

Além disso, os consumidores nos mercados emergentes ainda dependem de métodos de pagamento alternativos, como transferências bancárias, parcelas e métodos baseados em vouchers, envolvendo dinheiro. Suas preferências de pagamento variam de país para país.

As empresas que desejam expandir-se para mercados em rápido crescimento, como a América Latina, por exemplo, enfrentam o dilema de ou adicionar centenas de diferentes métodos de pagamento de uma forma eficaz e que se integre aos seus existentes sistemas e operações tecnológicas ou ficar satisfeitos com o alcance de apenas cerca de 20% dos consumidores que têm acesso a cartões de crédito internacionais. Problemas similares aparecem quando empresas brasileiras querem impulsionar vendas em outros países.

Enquanto a banca digital e a tecnologia evoluem para englobar pagamentos, as necessidades e desejos dos consumidores também estão evoluindo (embora com ritmos diferentes e com preferências diferentes, dependendo do país ou região). Comerciantes e prestadores de serviços irão aproveitar a ocasião para enfrentar esses desafios e ganhar uma posição global mais forte. Os governos também vão desempenhar o seu papel no acolhimento do e-commerce transfronteiriço e no incentivo à inovação dos pagamentos digitais.

Veremos um maior crescimento na disponibilidade de aplicações de pagamento das próprias marcas que vão unir transações com programas de fidelidade, como a da Starbucks. À medida que as maiores empresas de tecnologia do mundo trabalham para garantir a fidelidade dos clientes na área de pagamento, elas começarão integrando recursos nas interfaces de desktop e móveis.

O Google, a Apple e a Microsoft começarão a implementar pagamentos no navegador, enquanto o Facebook, juntamente com outras mídias sociais e entidades de mensagens sociais, provavelmente introduzirão plataformas de comércio e transferências de dinheiro transfronteiriças nos seus aplicativos.

Os próximos anos certamente serão excitantes para quem trabalha com fintech, pois estamos construindo juntos uma experiência de comércio verdadeiramente sem fronteiras.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars:

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.