Acesso rápido

Qual seu plano para sobreviver à crise de talentos de ERP?

por Eric Robinson Quarta-feira, 03 de julho de 2019   Tempo de leitura: 9 minutos

Todos os grandes fabricantes de ERP estão avançando para uma nova plataforma digital, com ampla repercussão para os clientes de longa data. Seja qual for a plataforma, todas pedem um conjunto diferente de habilidades para a sua implementação, administração e suporte. Mas com a previsão de que o suporte para diversas versões antigas de sistemas termine na próxima década, muitos clientes enfrentam um cronograma difícil e uma potencial crise de talentos de ERP.

Essa mudança não é totalmente sem precedentes. Alguns de nós já estivemos no mundo do ERP por tempo suficiente para lembrar a aceleração das implementações no final dos anos 1990, impulsionada por uma combinação do pânico do bug do milênio e a transição dos antigos sistemas de ‘tela verde’ para cliente-servidor e web.

A atual mudança para a próxima geração de plataformas digitais se parece um pouco com esse momento, quando era quase impossível encontrar pessoas com experiência na mais recente plataforma de ERP disponível no mercado. Aqueles com experiência em mainframe tiveram que aprender sobre as novas plataformas cliente-servidor e web, enquanto muitos recém-chegados foram recrutados.

A crise de talento de ERP

Os graduados dessa transição do bug do milênio são as autoridades grisalhas nas atuais plataformas de ERP. A expertise dessa faixa de colaboradores é inestimável, mas o problema é que muitas dessas pessoas, com 20 anos de experiência, estão agora pensando em se aposentar. Enquanto isso, novos talentos não são necessariamente atraídos pelo trabalho com ERP como antes.

Os fabricantes podem alegar que a próxima onda de inovação digital girará em torno de suas plataformas mais recentes, mas os melhores jovens talentos não estão necessariamente fluindo na direção do ERP. Há muitas oportunidades para trabalhar com aplicativos em nuvem e móveis ou para criar novos modelos de negócios digitais fora dos limites do ERP.

Uma crise de talentos já estava chegando e a indústria está percebendo que o impulso para a adoção de novas plataformas como o SAP S/4 HANA, o Oracle ERP Cloud e outras só vai torná-la um pouco mais intensa. Coincide com o aumento do interesse pelas estratégias de nuvem, inteligência artificial e transformação digital, todas com suas próprias demandas por talentos.

Como um analista do setor do Gartner escreve em seu relatório “Aposentadorias e digitalização estão criando uma lacuna de habilidades de ERP — você está preparado para preenchê-la?” (Julho de 2018):

“Um cliente do Gartner disse que sua empresa está em uma corrida para concluir sua iniciativa de modernização de ERP, antes que a equipe de suporte se aposente. Substituir as habilidades de ERP não é tão simples quanto há 10 anos, porque o grupo de candidatos externos com experiência em produtos de ERP está encolhendo…

A crescente demanda de projetos digitais de equipe e a necessidade de talentos digitais nas unidades de negócios estão piorando a escassez de habilidades ao criar uma nova concorrência pelos melhores recursos de TI.”

SaaS é uma opção?

Algumas organizações podem tentar reduzir os obstáculos adotando a opção Software as a Service, que transfere alguma responsabilidade técnica para o provedor de nuvem. Mas usar o SaaS significa aceitar um núcleo de ERP simplificado e reduzir muito as oportunidades de customização, pois os fabricantes levam aos usuários o que consideram “melhores práticas” — o que é bom se você concordar que essas melhores práticas são melhorias.

Essa opção é ainda menos agradável em muitos setores especializados, em que os fabricantes ainda não conseguiram replicar suas funções e modelos de dados específicos existentes na plataforma SaaS.

Embora adotar uma versão em nuvem do software reduza alguns obstáculos técnicos, isso pode aflorar outros. Para ter sucesso com essa estratégia, as organizações podem ter de desenvolver o conhecimento de TI híbrido necessário para compartilhar dados e processos entre sistemas locais e a nuvem pública ou, mais provavelmente, várias nuvens. Essas habilidades não são fáceis de encontrar também.

Mesmo se você contratar um grupo de consultores para ajudá-lo na implementação, você precisará ter pessoas no local para suporte, depois que eles forem embora. Todas essas pressões chegarão ao auge das plataformas para as quais o fabricante definiu uma data fixa para finalizar a manutenção das versões mais antigas, como o SAP ECC em 2025, ao mesmo tempo em que os clientes temem uma crise de habilidades para o S/4 HANA.

Mantenha seu próprio cronograma

Mas você não precisa passar por essa transição sozinho ou se deixar levar pela programação de alguém, além da sua. Toda uma indústria de suporte independente cresceu em torno do atendimento aos requisitos das organizações que decidiram que pagar pelo suporte por meio de um contrato de manutenção do fabricante de ERP não é de seu interesse.

Eu descobri, pela primeira vez, o apoio de serviços independentes de TI quando era CIO de uma empresa que não podia pagar por um contrato de manutenção de alto custo. Eu também não podia me dar ao luxo de garantir a estabilidade e a segurança de um sistema ERP confiável com muitas customizações e integrações.

Se você vir um caso de negócios para migrar para a plataforma mais recente do fabricante, o suporte de terceiros poderá ajudá-lo a reduzir seu custo total de suporte durante a transição. Por outro lado, se você não vê motivos para abandonar sua implementação de ERP atual, o suporte independente permite que você continue operando por muito tempo além do prazo final do fabricante. Isso possibilita modernizar seus sistemas de TI de outras maneiras, talvez se beneficiando de economias de escala, mudando seu ERP existente para a nuvem ou estendendo seus recursos com software adicional e serviços em nuvem.

A escolha de se atualizar e quão rapidamente é sua e de mais ninguém.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.