Qual a linguagem ideal para o público-alvo do seu e-commerce?

por Galleger Ilhe Segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020   Tempo de leitura: 9 minutos

A linguagem de cada público influencia muito na maneira como você vai lidar com o consumidor. Ela reflete em todas as áreas de um negócio, se intensificando no universo online, onde a comunicação pode sofrer muitos ruídos. Atualmente, os consumidores não se satisfazem apenas com bons produtos e serviços oferecidos por um e-commerce, eles desafiam a capacidade virtual e necessitam de atenção e humanização.

Por isso, muito além de saber definir seu público-alvo, é essencial saber se comunicar com ele. Falar a língua do seu público-alvo faz com que o alcance do seu e-commerce seja muito maior e, assim, suas vendas alavanquem. E
fazer isso significa conhecer as particularidades da linguagem de cada público dentro do e-commerce.

A comunicação não é mais um atalho para a realização de compras, mas sim a ligação direta que conecta o consumidor à loja virtual. Você tem que estar disposto a conhecer o seu cliente e atendê-lo no momento em que ele deseja ser atendido. Marcas que sabem trabalhar esse relacionamento saem na frente e aumentam seu faturamento.

Deve-se ter em mente que os e-commerces já possuem um alvo de compradores mais segmentado. As compras realizadas em lojas virtuais tem alto crescimento anual. No entanto, quando determinamos o público-alvo do e-commerce como um todo podemos ver uma alta diversidade de idades e interesses.

Linguagem ideal

Conhecendo o seu público-alvo fica muito mais fácil de abordá-lo e realizar ações assertivas que podem cativá-los e fidelizá-los. A internet permite diversas formas de aproximação do consumidor. Por isso, é preciso ficar atento a qual linguagem é mais adequada para falar com o seu público-alvo, caso a comunicação for uma gafe, o consumidor não dá nem espaço para experimentar o seu produto/serviço.

Por exemplo, não é bacana adotar uma linguagem coloquial para atender um executivo, assim como falar com adolescente de uma maneira formal e muito culta gera estranhamento. É importante alinhar a linguagem utilizada no seu e-commerce com as redes sociais, o chatbox, o suporte, o atendimento, entre outros.

A comunicação na internet por si só já tem um direcionamento que permite e necessita de uma linguagem mais  informal do que os outros canais utilizados para a venda. Dessa forma, defina o intuito da sua comunicação para poder, assim, se aproximar dos clientes.

Muito se fala sobre definir o público-alvo, e, realmente, esse é o primeiro passo para se conectar com o seu consumidor. É indispensável definir a faixa etária, o gênero e quais as redes sociais mais utilizadas pela sua persona para começar a entender seu público.

No entanto, pouco se fala sobre o que devemos fazer após defini-lo, qual a maneira ideal de lidar com o consumidor da sua loja virtual? Qual deve ser a linguagem utilizada? Para solucionar isso, veja as especificidades de
algumas personas do público-alvo do e-commerce.

Perfil geral do consumidor e-commerce

Como dito no início, todos os perfis, que serão citados abaixo, advém de uma esfera maior: a internet (e-commerce), a qual dita muito sobre como deve ser a experiência do usuário e qual linguagem deve ser utilizada. O público na internet tende a exigir menos formalidade.

Portanto, pode passar a cordialidade para frente, porque, ainda que seu público-alvo seja empresários de alto nível, o seu e-commerce deve ter acessibilidade para receber uma mensagem. Seja através do e-commerce, das redes sociais ou do blog, a linguagem deve ser, coerentemente, a mais fácil possível.

Perfil do consumidor feminino

Nos últimos anos, vimos uma mudança significativa em como a imagem da mulher é projetada. Entre isso, os gostos e a linguagem devem trazer simplicidade agregada a um branding bem realizado. A verdade é que as pessoas têm cobrado, cada vez mais, um posicionamento das marcas que consomem.

Por isso, estude bem e planeje a linguagem assertiva que a sua marca vai trabalhar com este público-alvo. Ele tende a ser mais observador e detalhista.

Perfil do consumidor masculino

Este público tende a estabelecer valores estéticos que valorizam a construção de credibilidade do produto, questionando o objetivo da compra, como algo que deve ser eficaz e necessário à sua vida. Por isso, este público tende a procurar uma comunicação mais agressiva e criativa.

Perfil do consumidor infantil

Público muito forte porém indireto. Por isso, deve ser pensado como tal. As sutilezas, os pontos fracos e os pontos fortes devem ser muito bem utilizados aqui. Assim, invista nos benefícios do produto/serviço para captar seu cliente. O bem-estar em adquirir o artigo pode ser uma estratégia.

É evidente que o público infantil está muito presente no meio digital, mas deve-se ficar muito atento à publicidade,
devido às restrições na comunicação voltada à este público. A Associação Brasileira de Licenciamento (ABRAL), possui uma cartilha que orienta a publicidade infantil dentro da legislação brasileira.

Perfil do consumidor jovem

Os jovens são o futuro da nação. Já escutou essa também, não é mesmo? Isso acontece porque, atualmente, os jovens são vistos como inovadores e empreendedores. O que antes era visto como uma comunicação informal e ruim,
hoje é visto como uma das maiores promessas para “salvar a geração”.

E agora? Você deve achar uma maneira que “rola” interação, “sacou”? Obviamente que de uma maneira natural, pois o consumidor sabe identificar quando o atendimento é robotizado ou forçado. Por isso, traduza seus gostos através de uma linguagem mais livre, sempre mantendo a cabeça aberta para novas ideias.

Os jovens, normalmente, estão conectados com as tendências, então o seu e-commerce também deve estar.

Perfil do consumidor idoso

A internet funciona como meio de informação e atualização perante a família e o mundo. Por isso, cada vez mais, o meio digital está ganhando adeptos com mais de 65 anos. Eles são um ótimo perfil a ser explorado. No entanto, a linguagem, neste caso, deve ser muito específica.

A comunicação tem de ser a mais clara e objetiva possível. Ganhe sua confiança com um branding bem feito, apresentando os valores e a missão da empresa. E por último, e nem um pouco menos importante, o atendimento: dê a atenção que o seu consumidor quer receber. Saber trabalhar com isso pode agregar muitas vendas ao seu e-commerce.

Aperfeiçoamento

A linguagem adequada para o público-alvo do seu e-commerce deve ser estudada perante o estilo da sua marca e a partir do objetivo da comunicação a ser adotada em sua loja. Os citados acima são exemplos de como o público-alvo deve ser específico e bem trabalhado para ser assertivo na comunicação final com o consumidor. Afinal, cliente satisfeito é cliente fidelizado e a linguagem pode ser facilitador dessa missão.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.