Publicidade Nativa: o futuro está no e-commerce

por Hélio Lemos Sexta-feira, 17 de março de 2017   Tempo de leitura: 4 minutos

É fácil apaixonar-se pela publicidade nativa. Afinal, ela dá ao e-commerce a oportunidade de criar anúncios não intrusivos, quase orgânicos que, não só levam em conta a experiência do consumidor, mas a coloca em primeiro lugar. O termo “nativo” transmite a ideia de algo natural. Portanto, é um tipo de publicidade que se propõe assumir o aspecto totalmente integrado ao site, como se já fosse parte do ambiente onde é exibido.

A verdade é que o usuário não quer mais ter que lidar com pop-ups inconvenientes enquanto compra um par de sapatos ou outro artigo qualquer e, por isso, pensar no valor movimentado nesse mercado não chega a ser chocante: a estimativa é que chegue a US$ 59,3 bilhões no mundo inteiro em 2018. Não à toa, já é mais do que comum grandes plataformas sociais como Facebook, Twitter, Instagram e Tumblr monetizarem anúncios nativos. O mesmo pode-se dizer dos portais de notícia. Então, o caminho para o e-commerce acabou se formando de forma natural.

No caso das lojas virtuais, ela se dá de forma bem simples e, como era de se esperar, discreta, mas eficiente. As vitrines patrocinadas nada mais do que transportam o conceito das prateleiras dos mercados para a internet, gerando espaços na própria loja para que determinadas marcas ganhem exposição. Ganham os varejistas, que geram receita por clique, ganham as marcas e ganham, é claro, os clientes.

Mas e se eu disser que dá para ser ainda melhor? Sim, porque existem mecanismos de native ads que podem até gerar receita para o varejista mas, ao mesmo tempo, tiram o cliente da loja. E se eu disser que dá pra se utilizar do mecanismo sem perder esses clientes? Que dá para ganhar pelo clique e, de quebra, pela venda em si?

A boa notícia é que é possível. Hoje já existem mecanismos que fazem a publicidade por meio de uma vitrine patrocinada que, ao mesmo tempo em que gera o custo por clique, ainda mantém o cliente dentro da sua loja. O mecanismo, além de aumentar as vendas e fazer com que todos saiam ganhando — marcas, varejistas e consumidores —, ainda gera dados importantes para a estratégia de vendas, pois está diretamente integrada ao carrinho da loja.

A publicidade nativa é o presente e o futuro no e-commerce. Além de monetizar todo o processo, pode ser o diferencial que você procura na sua loja. Então, você está esperando o quê?

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.