Envio de produtos frágeis: como garantir a entrega com segurança

por Paulo Henrique Dias Quinta-feira, 11 de março de 2021   Tempo de leitura: 7 minutos

Nem o empreendedor e nem o consumidor querem passar pelo estresse de perceber que um produto sofreu avaria durante o processo logístico de entrega. Além da frustração, isso acarretaria em prejuízo para a reputação do negócio, gastos com logística reversa e, é claro, com a troca do produto. É claro que o cuidado que a transportadora de produtos frágeis deve tomar durante o processo de envio é parte importante para garantir que a entrega será feita em perfeitas condições. Mas de pouco adianta esse cuidado se o objeto não tiver sido embalado corretamente.

A seguir vão algumas dicas de como embalar e enviar objetos frágeis de modo a tentar evitar que a encomenda sofra avarias durante o processo de envio.

Direcionar a embalagem correta para cada situação é o ideal

Existem vários tipos de embalagem e é importante analisar qual deles melhor comporta o produto frágil de modo a protegê-lo. Aqui vão algumas dicas de como embalar objetos frágeis e deixá-los seguros para a postagem.

  • Caixas de papelão

    São as opções mais populares. Embora sejam úteis e baratas, deve-se redobrar a atenção ao usar esse tipo de embalagem para enviar objetos frágeis. Recomenda-se que o produto seja embalado em plástico bolha ou jornal antes de ser colocado na caixa. Ainda é prudente preencher os espaços vazios com isopor, papel ou outro material que limite o movimento do objeto dentro da caixa.

  • Caixas de madeira

    Também são muito usadas, especialmente para transportar placas de vidro, espelhos e outros produtos frágeis parecidos. Geralmente as caixas de madeira são construídas em volta do material frágil de modo a não permitir que ele se movimente. Ainda assim, convém envolver o objeto em plástico bolha antes de condicioná-lo na caixa de madeira.

  • Cilindros

    Conhecido como tubo-correio, esse tipo de embalagem é interessante para transportar objetos frágeis de formato cilíndrico ou que sejam compridos. Para reforçar a segurança, uma dica é acondicionar os produtos frágeis no tubo-correio e em seguida guardá-los em uma caixa.

  • Envelopes com plástico bolha

    São usados para envio de objetos pequenos e frágeis, como acessórios eletrônicos, bijuterias, etc.

Atenção aos protocolos da transportadora escolhida

Ao pesquisar uma transportadora que faça envio de produto frágil, você deve analisar com atenção se a mesma estipula normas ou faz recomendações referentes ao envio desse tipo de material.

Cada transportadora possui protocolos referentes à embalagem, que variam de acordo com o tipo de objeto frágil. Esses protocolos devem ser seguidos tanto para garantir a segurança do envio quanto para acionar o seguro em caso de avaria.

Olho no acondicionamento correto dos produtos

Barato e muito útil, o plástico-bolha é o melhor amigo de quem precisa transportar objeto frágil. Envolver o objeto antes de colocá-lo na embalagem escolhida pode fazer toda a diferença na proteção do mesmo.

Outra dica é usar fita adesiva para fixar a proteção de plástico-bolha ao produto frágil. Dessa maneira o plástico não vai se soltar durante o transporte.

No caso de objetos pequenos, uma opção é a utilização de envelopes revestidos internamente com plástico-bolha. Eles possuem lacre que impossibilita a violação sem que isso seja facilmente percebido.

Os envelopes com plástico-bolha são bastante usados para envio de pequenos acessórios eletrônicos, fones de ouvido, bijuterias, joias, etc.

Outra dica barata é reforçar a proteção dos produtos frágeis preenchendo seu interior com jornal. Essa dica é especialmente útil para canecas, copos de vidro, jarras, vasos e objetos do tipo.

Já ouviu falar em Bio Pack? Ele é uma alternativa ecologicamente correta ao plástico-bolha. É uma espuma feita de milho que pode ser usada para preencher as caixas dos produtos e protegê-los durante o transporte. Sendo 100% biodegradável, essa espuma protege os produtos frágeis com a mesma eficácia, tendo a vantagem de não agredir o meio ambiente.

Sinalização da embalagem

Não existe um padrão quanto a como você deve sinalizar na embalagem que trata-se de um produto frágil. Existem etiquetas e fitas adesivas no mercado que facilitam esse trabalho, bastando colá-las em local visível. Escrever ‘cuidado frágil’ com canetão e letras grandes também pode ser o suficiente.

O mais importante é que fique visível para o transportador que se trata de um objeto frágil e que requer atenção no manuseio.

Seguindo as dicas acima, as chances de um produto frágil sofrer avarias durante o transporte até o destinatário são muito menores. Isso beneficia tanto o cliente quanto o lojista, evitando frustrações, gastos extras e risco à reputação do negócio.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.