Projeto mantido por:

Prevenção de perdas logísticas: o que é e como evitar custos desnecessários no seu e-commerce

por Thiago Rocha Soares Quarta-feira, 16 de março de 2022   Tempo de leitura: 10 minutos

Nem sempre, vender mais significa aumentar os ganhos de um negócio. Problemas como má gestão de estoque, atrasos e até furtos podem reduzir significativamente os lucros de qualquer loja virtual. A melhor forma de eliminar esses transtornos é atuar de forma estratégica na prevenção de perdas logísticas.

Chamamos de prevenção de perdas na logística o conjunto de ações que tem como objetivo evitar prejuízos gerados durante processos operacionais. Ou seja, criar procedimentos que antecipem contratempos durante a operação, podendo se converter em maior margem de lucro no balanço da sua loja virtual.

A seguir, vamos te contar os cinco principais tipos de perdas logísticas que podem ocorrer no seu e-commerce e de que forma evitá-las. Confira!

Má gestão do estoque

Um dos problemas logísticos que mais geram prejuízo para quem vende pela Internet é a ineficiência na gestão do estoque. Nesse caso específico, ter produtos de mais ou de menos impacta negativamente nos resultados.

Para atuar em cima dessa perda logística, é preciso entender profundamente o ciclo completo do giro de estoque do seu e-commerce. Afinal de contas, ter produtos encalhados no depósito da sua loja é o mesmo que ter dinheiro parado, já que o valor investido na produção ou aquisição dessas mercadorias não está retornando para a empresa.

Uma boa forma de eliminar esse problema de vez é através do investimento em tecnologia, utilizando softwares que controlam o que entra e sai do estoque. As vantagens na contratação de um sistema de gestão integrado são bem interessantes: você não correrá mais o risco de vender produtos fora da validade, anunciar itens indisponíveis ou ainda comprar muitos itens a ponto de encalhar o estoque.

Avaria de produtos

A avaria de produtos é outro fator que, quando não evitado, atinge diretamente os ganhos de lojas virtuais de todo tipo. Os motivos que podem acarretar esses problemas são os mais variados, sendo os mais comuns:

  • Armazenamento incorreto;
  • Variações climáticas;
  • Remessa enviadas em embalagens de baixa qualidade;
  • Imperícia ao manusear as embalagens;
  • Danos durante o transporte.

As principais ações para reduzir o impacto desse tipo de ofensor logístico é o investimento na infraestrutura do estoque, treinamento de pessoal e, principalmente, uso de embalagens de qualidade.

Ao fazer os seus envios, dê preferência por caixas de papelão com tamanho e formato indicado para o tipo de produto que sua loja vende. E, claro, é necessário dar atenção especial ao material de preenchimento do pacote, sendo o plástico bolha e as placas de isopor os mais indicados.

Vale ressaltar que as transportadoras podem recusar o pagamento da indenização por avaria caso seja constatado que o pacote foi embalado de forma inadequada.

Atraso na entrega

Cancelamento de pedidos, perda de confiança e propaganda negativa do negócio são apenas alguns dos impactos que o atraso no prazo de entrega pode gerar para um e-commerce.

O primeiro passo para evitar esse problema é trabalhar com múltiplas transportadoras parceiras, principalmente em períodos de alta demanda.

Claro que, frequentemente, problemas operacionais nessa etapa do pedido fogem do controle do lojista. Porém, a chave para reverter uma experiência de compra negativa nesse momento é mostrar o valor do atendimento do seu negócio.

Por isso, entre em contato com o cliente comunicando o atraso assim que tomar conhecimento do problema e ofereça as opções legais que melhor atendam ao comprador. Lembrando que, segundo o Código de Defesa do Consumidor, em caso de atraso na entrega, o cliente possui as opções de exigir o recebimento do produto, escolher outro produto de valor equivalente ou solicitar o ressarcimento integral da quantia paga.

Acidentes, roubos e furtos de cargas

De acordo com o último relatório divulgado pela Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC&Logística), foi registrado um total de 14.159 roubos de cargas no país durante o período estudado, o que resultou em um prejuízo de R$ 1,2 bilhão de reais para o e-commerce nacional.

Sem dúvidas, o combate a sinistros como os furtos é um dos maiores desafios logísticos relacionados ao transporte de carga no país. Logo, para garantir ao máximo a segurança das cargas enviadas pela sua loja virtual, é necessário atenção e cuidado ao escolher a transportadora que será responsável pelos envios.

Nesse momento, é muito importante escolher empresas que ofereçam boa reputação, além de sistemas de segurança e monitoramento de frotas, principalmente para cargas que contenham produtos de maior valor agregado, como eletrônicos.

Outra dica importante é que os casos de sinistros podem ocorrer também devido a acidentes. Sendo assim, confira se a transportadora escolhida para o serviço possui uma frota de caminhões nova, profissionais capacitados e revisão constante dos veículos.

Erro no envio de pedido

Pedidos enviados de forma incorreta para o cliente são mais um fator de prejuízo causado por razões logísticas. Além de oferecer uma experiência de compra péssima, os custos pela coleta do pacote e o reenvio do produto correto ficam por conta do lojista, sem contar que são altas as chances de cancelamento do pedido, caso o atendimento não seja bem conduzido.

Os motivos mais comuns para o envio de um pedido diferente do esperado pelo comprador são o erro de cadastro de produtos no site da loja e as falhas no procedimento de coleta e empacotamento de pedidos.

Algumas formas de evitar esse tipo de perda são revisando constantemente as descrições dos produtos no site e a criação de um processo de preparação de pedidos eficiente, que passe por desde a organização dos produtos dentro do estoque até procedimentos padronizados para a coleta, empacotamento e despacho de pacotes pelos funcionários.

Outra dica importante nesse tipo de atendimento é que as orientações para a solução do problema sejam enviadas o mais rápido possível para o comprador. Peça desculpas pelo erro, considere oferecer um desconto na próxima compra desse cliente e realize o envio do produto correto o quanto antes.

Viu como se atentar para a prevenção de perdas geradas durante a operação pode ser um boa pedida?! Seguindo essas dicas simples, é possível evitar desperdício de dinheiro que tenha origem em processos ineficientes e, ao mesmo tempo, ainda aumentar a margem de lucro do seu negócio.

Leia também: Como relacionar a logística no e-commerce com a reputação dos marketplaces?

 

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER