Acesso rápido

Prepare o seu e-commerce para a Black Friday deste ano

por Galleger Ilhe Terça-feira, 23 de outubro de 2018   Tempo de leitura: 6 minutos

Uma das datas mais importantes do ano para o varejo brasileiro, sem sombra de dúvida, é a Black Friday. Ela se consagrou como o dia de descontos realizado toda última sexta-feira de novembro. Neste ano, é no dia 23 que ela acontece. E esse movimento de vendas chama a atenção não somente de lojistas que vêem na data uma boa oportunidade aumentar suas vendas, mas também dos consumidores. Afinal,  eles estão em busca de boas ofertas antes do Natal.

Para se ter uma noção, no ano passado durante a data e a véspera, as vendas online registraram R$ 2,1 bilhões e um total de 3,76 milhões de pedidos, segundo dados da Ebit, empresa que mede a reputação de lojas virtuais e gera dados para o mercado online. Segundo a mesma empresa, a expectativa para 2018 é de aumento no faturamento e no ticket médio que no ano passado foi de R$ 562.

No entanto, para que o desempenho da loja virtual seja impecável, ressaltamos que estar preparado é fundamental. Portanto, para que nenhum imprevisto interrompa o sucesso das vendas, você e a sua equipe precisam colocar em prática algumas ações essenciais para o e-commerce se destacar na Black Friday.

A primeira atitude a ser tomada é a de realizar um bom planejamento de vendas. Isso consiste em levar em consideração todos os cenários de compra do consumidor para evitar sustos com cenários não pensados. Quando a sua empresa planeja o estudo de cenários otimistas, realistas e pessimistas, o e-commerce está evitando possíveis problemas de operação e insatisfação dos consumidores. Portanto, estar preparado é importante, mas estar preparado com um plano de ação para mitigar o problema é vital.

Principais pontos que precisam ser planejados

  • Organização do estoque: deve estar preparado para o aumento das vendas na data, sempre com fluxo positivo. Isso é importante para que o consumidor não tenha problema com produtos fora do estoque no momento da compra.
  • Promoções a serem oferecidas: definição de quais serão os benefícios, os produtos que entrarão em promoção e seus descontos nos valores. Lembre-se que os descontos devem ser atrativos e dentro do orçamento da sua empresa para não haver prejuízos.
  • Política de troca e devolução: essas informações devem estar muito bem visíveis no e-commerce. Afinal, o consumidor possui como direito sete dias para arrependimento, segundo a Lei do E-commerce.
  • Pagamentos: o consumidor não quer escolher o produto e ter problemas na hora de realizar o pagamento. Isso deve ser verificado antes da data. Além do mais, é importante disponibilizar todas as possíveis formas de pagamento para que o consumidor possa escolher a que se adéqua melhor à sua realidade. Segundo o E-commerce Radar, no primeiro semestre de 2018, o pagamento à vista representou 74% das vendas. No entanto, a aprovação de pagamento parcelado foi maior.

Após realizar um bom planejamento das vendas, é preciso dar atenção especial também à logística do e-commerce. Com o aumento do fluxo de compras que ocorre na data, é importante que esse ponto esteja bem resolvido e você esteja preparado. Só assim será possível acompanhar perfeitamente os pedidos realizados, os prazos de entregas estipulados, os pagamentos que foram efetuados e o frete, por exemplo.

Com a chegada da Black Friday ainda é comum as pessoas sentirem dificuldade ou possuírem dúvidas durante o processo de compra. Para essas situações, o atendimento deve estar preparado. Aliás, o atendimento deve ser de qualidade e sempre atencioso para dar o devido suporte a qualquer problema ou dúvida que apareça durante o processo de compra. Desta forma, é importante deixar uma equipe pronta para atender qualquer situação, assim como nos dias pós-Black Friday.

Por último, jamais se esqueça da usabilidade da sua loja virtual. Pense na fantástica experiência de compra que precisa oferecer ao consumidor. O trabalho da sua loja é pensar sempre em facilitar a vida dos compradores. Afinal, ninguém quer ter dificuldade de comprar algo na página do produto ou quando se está no carrinho, não é mesmo?

Portanto, é fundamental que o visitante do site saiba o que fazer no seu e-commerce, até chegar ao fechamento do pedido. Para isso, é importante que tudo na loja virtual esteja disposto de forma intuitiva. Os botões devem estar em destaques, assim como os ícones devem contribuir na identificação. Checkout simples, produtos relacionados, mecanismo de busca com utilização fácil, boas informações e carregamentos ágeis também são imprescindíveis.

E não termina por aí a listagem de atividades. Lembre-se de verificar se a versão mobile do seu e-commerce está funcionando corretamente. A usabilidade neste dispositivo deve ser eficiente. Afinal, de acordo com dados do primeiro semestre de 2018 do E-commerce Radar, a quantidade de compras realizadas em dispositivos móveis cresceu de 11% para 34% entre 2017 e 2018, no mesmo período.

Para que a sua loja esteja bem preparada, estas são algumas atitudes fundamentais que precisam ser tomadas. Agilize-se para que nada fuja do controle e comprometa as vendas nessa data tão promissora para o mercado online. Se atentando a esses pontos, as chances de seu e-commerce ter sucesso na Black Friday são muito maiores.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.