Precificação online: qual o valor da sua marca?

por Mariana Sampaio Segunda-feira, 16 de dezembro de 2019   Tempo de leitura: 4 minutos

Você já parou para pensar o que as marcas de grande sucesso têm em comum? Como determinadas empresas conseguem se manter como líderes de mercado por tanto tempo? 

Nos últimos anos, as relações de consumo têm mudado bastante. Acompanhar as alterações do mercado é o primeiro passo para que as marcas se mantenham competitivas. No entanto, isso ainda não é o suficiente para conquistar a preferência dos consumidores. 

As empresas que estão no topo das vendas apresentam algumas características em comum e fundamentais para o sucesso da marca. Elas não estão preocupadas apenas em oferecer bons produtos, vão além e estudam a fundo como as suas mercadorias podem gerar valor para os clientes.

Nesse sentido, a precificação tem um papel fundamental na personificação da marca e representa o início da consolidação do valor da empresa. 

Esse processo envolve um estudo de mercado com uma análise detalhada sobre o propósito da empresa, o desenvolvimento dos produtos, a definição dos consumidores da marca e a precificação das mercadoria.

Precificação de uma marca

Em seguida, a empresa ainda terá que garantir a distribuição dos produtos de maneira eficaz. Depois de estruturar todo o planejamento estratégico de precificação e vendas, as marcas vão ter que garantir que os seus varejistas e revendedores respeitem a margem de preços estipulada pela empresa. Esse é um grande desafio para marcas que atendem várias regiões do Brasil no ambiente físico e online.

Quando pensamos no mercado eletrônico, a violação dos preços dos produtos é algo cada vez mais recorrente e que acontece em cerca de 19% dos varejistas. Esse é um dado preocupante para o valor da marca e para o efeito dessa ação no mercado. 

Leia também: Tática de guerra movimentou grandes empresas do varejo na Black Friday

A violação de preço em uma loja acaba levando outros varejistas a agirem da mesma forma e um único produto fora da margem de preço estipulado pela marca pode provocar quedas irreversíveis no seu valor do produto. 

Para evitar que essas situações aconteçam, as indústrias passaram a investir em informação. Com os dados sobre disponibilidade de compra dos produtos nos e-commerces, a maneira como eles são apresentados no mercado e o preço destacado nas prateleiras, torna-se mais fácil a tomada de decisão das empresas.

Monitoramento de preços nos e-commerce

Atualmente, existem diversas ferramentas no mercado especificas para fazer o monitoramento eletrônico dos preços das marcas. O acompanhamento é realizado em tempo real por meio de inteligência artificial.

O uso desse tipo de serviço possibilita que as empresas saibam exatamente em quais lojas os seus produtos estão sendo vendidos abaixo do valor estipulado, identificando, por exemplo, o motivo da ruptura dos preços.

Outro benefício de fazer esse tipo de monitoramento é o de poder acompanhar os preços dos concorrentes da sua marca e como eles estão sendo vendidos.

Em posse desses dados, as marcas têm um diagnóstico contínuo da execução da empresa. Assim, podem traçar medidas operacionais para aumentar as vendas nos e-commerces, preservando o valor da marca no mercado.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.