Por que você deve se inspirar na Magazine Luiza para o seu negócio

por Gustavo Perina Quinta-feira, 27 de maio de 2021   Tempo de leitura: 5 minutos

Ninguém decide “do nada” que vai abrir um negócio, não é verdade? Geralmente essa vontade nasce do desejo de oferecer uma ajuda, um produto, uma experiência melhor para alguém.

Para te inspirar nessa caminhada empreendedora, vou falar sobre um grande exemplo de empresa, de empreendedorismo e muito trabalho: o Magazine Luiza. A empresa de varejo começou com um negócio familiar em 1957, e hoje é uma das grandes empresas de varejo do Brasil e do mundo. A indústria de varejo tradicional considera a inovação e a digitalização de processos os seus principais motores de crescimento.

A dose de motivação que precisamos ter para abrir um negócio é saber qual é a transformação que você deseja causar no mundo. Aliás, foi pensando assim que o Magazine Luiza foi construída.

Com o passar dos anos, e a mudança de gestão, a empresa implantou grandes estratégias de vendas. Isso fez com que subisse o seu valor de mercado de R$ 3 bilhões, em 2011, à uma avaliação atual próxima dos R$ 95 milhões.

Quer saber quais foram essas decisões que transformaram esses números? Vou te mostrar as 4 estratégias que foram implantadas nos últimos anos e que deram muito certo no Magazine Luiza.

1 – Criação do seu próprio e-commerce

Depois de ter adquirido experiências com as lojas virtuais (implantadas em 1992), o Magazine Luiza começou a revolucionar o e-commerce brasileiro com a criação do seu site oficial, em 1999. Hoje, ele é um dos maiores do setor e conta com os mais modernos canais e ferramentas de interação com os clientes, em diversas redes sociais. Isso, sem falar que se tornou um dos maiores marketplaces do país.

2 – Loja virtual e parceiro Magalu

Em 2011, 0 Magazine Luiza trouxe ao mercado a primeira iniciativa de social commerce do Brasil, o Magazine Você. A partir daí, a forma de fazer negócios nas redes sociais mudou, além de oferecer a oportunidade de empreender sem a necessidade de um investimento financeiro.

No Magazine Você, o lojista monta uma vitrine e pode vender qualquer produto do Magazine Luiza para seus amigos e conhecidos.

Foi justamente o isolamento social que despertou o Magazine Luiza a executar o planejamento desse projeto. Afinal, o programa nasceu para trazer uma oportunidade de trabalho em tempo de pandemia — por isso mesmo ele foi lançado 5 meses antes da data prevista.

A forma de cadastro pode ser feita através do Microempreendedores Individuais (MEI), que faturam até R$ 81 mil por ano; e empresas inscritas no Simples, com faturamento anual de até R$ 5 milhões, e pessoas físicas.

3 – Criação do personagem virtual

A assistente virtual e mascote Lu foi criada com o intuito de transformar a experiência de compra dos clientes no e-commerce da Magalu. Antes dela, as pessoas tinham medo de finalizar as suas compras no site, pois precisavam passar dados pessoais e cartões de crédito ou débito.

Criada em 2003, a personagem é bastante divertida, criativa e bem-humorada. Tudo isso é pensado na humanização da marca — nem preciso dizer que a Lu ganhou rapidamente muitos fãs em suas redes sociais, tornando- se uma influenciadora digital.

Portanto, a “boneca virtual” nasceu com um coração e personalidade própria. Sim, ela escreve sobre seus sentimentos, emoções, dificuldade em suas redes… Até viagens e banho de sol estão em sua rotina, revelando o comportamento de uma pessoa real.

4 – App Magalu

Outra importante etapa da transformação Magalu foi a busca pelo desenvolvimento e aperfeiçoamento contínuo do seu aplicativo. Afinal, a rede varejista possui uma grande vantagem por mesclar os processos digitais de suas plataformas online com as suas lojas físicas. Consequentemente, isso dá o suporte necessário para o cliente fazer a sua compra — até pedir um táxi é possível na ferramenta.

A cada ano que passa o Magazine Luiza se inova e se transforma. Como já mencionei, seu objetivo é sempre o de oferecer a melhor experiência para o cliente. Não por menos a empresa continua sendo citada em diversos sites como um grande case de sucesso e de inspiração para pequenos varejistas.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.