Por que o delivery cresceu tanto?

por Clóvis Souza Terça-feira, 06 de julho de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

A tecnologia está presente no mundo para ajudar as pessoas a ter uma vida com maior comodidade. Quando o e-commerce surgiu e ganhou força no começo dos anos 2000, o apelo para pessoas e empresas era essa facilidade da compra e o recebimento no conforto de casa, uma vantagem que antes apenas entrega de pizza proporcionava.

Agora, praticamente de tudo é entregue em casa. Há lojas de carro, por exemplo, que entregam em sua casa, depois do processo de compra ser efetuado. Como tudo é automático, o crédito é aprovado e creditado na conta do lojista, e, em pouco tempo, o carro é de quem o deseja. Uso o exemplo do carro por ser um produto de altíssimo valor.

Entregador de delivery com uma mochila vermelha entregando o alimento à uma mulher
No ano passado, os aplicativos de entrega cresceram muito, graças ao setor de alimentos.

Aumento dos apps de entregas

No ano passado, os aplicativos de entrega cresceram muito, graças ao setor de alimentos. Pessoas, trabalhando mais de casa, aumentaram o pedido em restaurantes e supermercados. Já acostumados com a pizza, ficou mais fácil se adaptarem, e outros produtos já entraram nessa comodidade. Quando surgiram lojas online de venda de sapatos, muitos acreditavam que não teria sucesso, pois imaginou-se que as pessoas não os comprariam sem experimentar antes. Ledo engano: mais de 100 mil pares de sapatos são vendidos diariamente na soma de todas as lojas do segmento.

As entregas cresceram muito com a venda de CDs, DVDs e livros. Hoje, CDs e DVDs foram praticamente substituídos por streaming, assim como os livros com versão em e-book. Porém, estes ainda não substituiriam as vendas de livros físicos, que ainda têm alta busca nas lojas online de livrarias e nos marketplaces, um segmento que cresce muito por agregar uma infinidade de produtos em um só lugar. Grandes marcas estão transformando suas lojas em marketplaces, pois é uma nova fonte de renda que o mercado não terá como fugir.

Tempo e tecnologia

Não apenas essa comodidade é a responsável pelo crescimento das entregas. Há dois outros fatores importantes para isso, que somados à comodidade se tornam essenciais para entender esse fenômeno: tempo e tecnologia.

Tempo é algo que cada vez temos menos. A vida, principalmente nas grandes metrópoles, está muito corrida. Temos as mesmas 24h de antes, porém o número de atividades não mais cabe nesse tempo. Parece que temos muito mais atividades do que há dez anos, portanto, quanto mais comodidade melhor. Muitos casais, por exemplo, chegam em casa e só aí vão pensar no que comer, ambos trabalham, ambos saem de casa cedo, ambos chegam tarde e cansados. A solução? O aplicativo para pedir algo para comer naquele momento.

Essa cena cotidiana para muitos casais traz à tona a tecnologia como o elo de tudo, afinal é o que permite a realização de tudo. O delivery cresceu graças aos aplicativos, que estão mais presentes na vida das pessoas devido aos smartphones. Tudo isso só é possível pela tecnologia que avança, e, com o 5G chegando, teremos uma internet não só muito mais veloz, como também serão abertas infinitas possibilidades de conexão entre máquinas.

Diante de tudo isso, o movimento do delivery tende a continuar crescendo. As novas gerações, mais dependentes da tecnologia, fortalecerão ainda mais esse segmento. Por isso mesmo cabe às empresas, seja vendendo flores, pneu, pão, televisão, smartphone ou copo de vidro, apostar nessa comodidade. Caso contrário, perderão vendas.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER